Chinês: estrangeiras, lesões e retorno de Yimei Wang roubam a cena na estreia

Começou no último sábado (02) a Superliga Chinesa de Voleibol Feminino, que promete ser a mais forte de todos os tempos. Com 14 equipes divididas em 4 grupos, 12 já estrearam (campeão e vice ainda não!) e todos os favoritos venceram.

Mas nenhum jogo chamou mais atenção do que a partida entre Liaoning e Yunnan, único resultado diferente de um 3 a 0. A presidente do clube entrou em quadra e foi a segunda maior pontuadora da partida. Mas eu não falo de qualquer presidente, mas de um símbolo do voleibol chinês, idolatrada no país até hoje: a ponteira Yimei Wang.

IDOLATRADA: Yimei Wang voltou às quadras na abertura do Chinês (Foto: Osports)


Sofrendo com graves lesões no joelho, Wang ficou de fora das quadras na última temporada e neste ano assumiu a direção do Liaoning. Mas quem pensou que ela ficaria apenas na administração, se enganou. Aliás, na presidência ao lado de um ex-técnico, Wang confirmou duas estrangeiras de alto nível para o Liaoning: a azeri Natalya Mammadova e a americana Sonja Newcombe.

O Liaoning venceu por 3 sets a 1 (22-25,25-15,25-12,25-13), com 22 pontos de Mammadova, seguida de Wang com 18 e Newcombe com 12. Jogando na ponta, Wang teve 61% de sucesso nos ataques e 67% de aproveitamento no passe. Newcombe e a líbero Meizi Gong jogam praticamente em linha de duas passadoras.

Sonja Newcombe e Natalya Mammadova são as novidades (novidades mesmo rs) do Liaoning para a temporada (Foto: reprodução/Instagram)

Grande estreia, mas amargada

Foi assim para o Shanghai, poderoso e um dos favoritos. Comandado por Louisa Lippmann com 19 pontos e Jordan Larson com 15, o time atropelou o Hebei por 3 a 0 (25-14,25-11,25-12). A má notícia é que a principal jogadora chinesa da equipe, a ponteira Yichan Zhang (que frequenta as convocações de Lang Ping para a seleção B) sofreu uma lesão no tornozelo e deixou a partida carregada.

Shanghai de Larson e Lippmann venceu na estreia, mas perdeu Zhang YC por lesão (Foto: reprodução/Instagram)

Kosheleva de oposta

Mas quem esperava uma grande estreia de Tatiana Kosheleva no Guangdong, se decepcionou. A russa começou com apenas 8 pontos na vitória por 3 a 0 (25-15,25-18,25-18) contra o frágil Henan. A ponteira Yao Li e a búlgara Dobriana Rabadzhieva fizeram 16 e 15 respectivamente.

Substituindo a brasileira Tandara, Tatiana Kosheleva não estreou bem no Chinês; mas seu time venceu com facilidade (Foto: Osports)

Pratas da casa

O Zhejiang investiu para bater de frente com alguns times, mas sofreu um golpe duro. Parece até repetição, mas assim como o Shanghai, a equipe perdeu sua principal jogadora chinesa que faz parte da convocação da seleção B de Lang Ping, no caso Jing Li. Até a lesão foi parecida, uma torção no tornozelo. Assim, o time não resistiu ao Shandong, que venceu por 3 a 0 (25-22,25-22,25-20) com 18 pontos da também selecionável Qingqing Du.

A dobradinha olímpica também se deu bem no primeiro jogo: o Jiangsu bateu o Sichuan por 3 a 0 (25-16,25-19,25-18), com Changning Zhang e Xiangyu Gong marcando 16 pontos cada. 

Por fim, o Bayi, mesmo sem contar com a central Xinyue Yuan bateu o Fujian também por 3 a 0 (25-18,25-17,25-19), comandado pela ponteira Yanhan Liu, dona de 18 pontos. Bacana dizer que o time também teve Junjing Yang em quadra, central que luta há anos com lesões.

O atual campeão Beijing e o favorito ao título Tianjin estrearão amanhã (05).

Um dos campeões da história da China, Jiangsu também abriu o torneio com vitória (Foto: IC Photo)

Comentários

  1. No último paragrafo vc colocou Liaonning. É Tianjin

    ResponderExcluir
  2. No caso, que ainda falta estrear seria o Tianjin Bohai, já que o Liaoning é o primeiro citado na matéria.

    ResponderExcluir
  3. É o ônus de ter que decorar esses 14 nomes x_x
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  4. Kosheleva só serve para ser reserva da Goncharova na seleção russa e olhe lá. De ponteira não dá mais há anos.

    ResponderExcluir
  5. Excelente matéria, mas eu achei meio forçada a parte que diz que Newcombe e Mammadova são contratações de alto nível. A última até dá um caldo, mas a americana é bem mediana. Pronto, falei!

    ResponderExcluir
  6. A libero do Guangdong é a reserva da seleção a Lin???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela foto parece ser, mas não tenho certeza.

      Excluir
    2. Sim, é a Lin. Para esta temporada o Guangdong reforçou além das estrangeiras a líbero Lin e a central Zheng ambas do Fujian.

      Excluir
  7. Bebezão e Newcombe no mesmo time e ainda com Mammadova? Tem minha torcida

    ResponderExcluir
  8. Engole essa Ding Xia kkkkkkk, Wang Diva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Ding é babadoooo kkkkkkk amo os gritos e afrontes que ela dá na rede

      Excluir
    3. Ding Xia é tudo de bom, debochada, briguenta e afrontosa, ela é das minhas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  9. Flopiana Tocoleva kkkkkkkkkk,

    ResponderExcluir
  10. Se alguém tiver os links dos jogos da liga chinesa passa aqui por favor !

    ResponderExcluir
  11. A libero wang joga em que time ??

    ResponderExcluir
  12. Sabe aquela jogadora que você não escuta mais falar sobre ela? Com certeza ela está jogando na China. Kkkk
    Acho que entendi o porquê a minha Larson foi parar lá $$$

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)