Liga das Nações de Vôlei 2019: Elencos da 4ª Semana

Confira os elencos da quarta semana da Liga das Nações de Vôlei:

Líder da VNL, Turquia pega três rivais do G5 nesta semana e não deve contar com Hande Baladin, um de seus destaques ofensivos (Foto: FIVB)

Grupo 13 - Perugia, Itália

Itália
L: Alessia Orro e Ofelia Malinov
O: Paola Egonu e Indre Sorokaite
P: Lucia Bosetti, Elena Pietrini, Miriam Sylla e Caterina Bosetti
C: Sara Alberti, Cristina Chirichella, Anna Danesi e Sarah Fahr
Lb: Monica De Gennaro e Beatrice Parrocchiale

Trocas:
Francesca Villani (P) por Caterina Bosetti (P)

Resultado de imagem para caterina bosetti
Caterina Bosetti volta para mais uma semana da VNL (Foto: reprodução)

Rússia
L: Evgeniya Startseva, Tatiana Romanova e Polina Matveeva
O: Anna Kotikova e Mariia Khaletskaya
P: Irina Voronkova, Ksenia Ilchenko, Margarita Kurilo, Tatiana Iurinskaia e Maria Vorobyeva
C: Ekaterina Orlova, Angelina Lazarenko e Olga Zubareva
Lb: Alla Galkina e Daria Chikrizova

Trocas:
Daria Ryseva (L) por Polina Matveeva (L)
Margarita Kurilo (P) por Evgeniya Startseva (L)
Victoriia Russu (P) por Maria Vorobyeva (P)
Ekaterina Efimova (C) por Olga Zubareva (C)
Kristina Kurnosova (Lb) por Alla Galkina (Lb)

Imagem relacionada
Evgeniya Startseva estreia na competição (Foto: reprodução)

Coreia do Sul
Elenco não encontrado.

Bulgária
Elenco não encontrado.

Grupo 14 - Stuttgart, Alemanha

Alemanha
L: Denise Hanke e Piia Kastner
O: Louisa Lippmann e Kimberly Drewniok
P: Hanna Orthmann, Jennifer Geerties, Lena Stigrot e Jana Poll
C: Marie Schölzel, Lisa Gründing, Leoni Schwertmann e Natalie Wilczek
Lb: Lenka Dürr e Lohmann

Troca:
Nele Barber (P) por Jana Franziska-Poll (P)

Resultado de imagem para jana franziska poll
Retorno de Jana Poll é reforço para o time alemão (Foto: FIVB)

Holanda
Elenco não encontrado.

Bélgica
Elenco não encontrado.

República Dominicana
Elenco não encontrado.

Grupo 15 - Tóquio, Japão

Japão
L: Miya Sato e Haruka Miyashita
O: Yuri Nabeya e Risa Shinnabe
P: Sarina Koga, Yuki Ishii, Ai Kurogo e Miwako Osanai
C: Nana Iwasaka, Mai Okumura, Aya Watanabe e Aika Akutagawa
Lb: Mako Kobata e Akane Yamagishi

Trocas:
Namani Seki (L) por Haruka Miyashita (L)

Resultado de imagem para haruka miyashita
Mais uma vez Haruka Miyashita retorna ao Japão (Foto: FIVB)

Tailândia
L: Nootsara Tomkom e Kullapa Piampongsan
O: Malika Kanthong e Wilavan Apinyapong
P: Onuma Sittirak, Ajcharaporn Kongyot, Chatchu-On Moksri e Jutarat Montripila
C: Pleumjit Thinkaow, Amporn Hyapha, Tichakorn Boonlert e Watchareeya Nuamjam
Lb: Piyanut Pannoy e Supattra Pairoj

Sem alterações.

Resultado de imagem para onuma sittirak
Sem descanso para suas estrelas, Onuma Sittirak é um dos destaques da Tailândia repetindo a escalação (Foto: FIVB)

Brasil
L: Macris Carneiro e Roberta Ratzke
O: Paula Borgo e Lorenne Teixeira
P: Natalia Pereira, Gabriela Guimarães, Amanda Francisco e Júlia Bergman
C: Ana Beatriz Correa, Mayany Silva, Milka Medeiros e Mara Leão
Lb: Leia Silva e Natália Araújo

Trocas:
Tainara Santos (P) por Julia Bergmann (P)
Lara Nobre (C) por Milka Medeiros (C)

Resultado de imagem para julia bergmann
Júlia Bergmann ganha mais uma chance no time principal do Brasil (Foto: CBV)

Sérvia
L: Aleksandra Ćirović e Mila Đjorđjević
O: Milica Kubura
P: Katarina Lazovic, Sara Lozo, Katarina Jović e Ana Pejićić
C: Maja Aleksić, Maja Savić e Jovana Kocić
Lb: Marija Popović e Aleksandra Tadić

Trocas:
Sladjana Mirkovic (L) por Mila Djordjevic (L)
Emilija Antanasijevic (L) por Alesksandra Cirovic (L)
Bianka Busa (P) por Ana Pejicic (P)
Jovana Blagojevic (P) por Katarina Jovic (P)
Teodora Pusic (Lb) por Marija Popovic (Lb)
Bojana Gocanin (Lb) por Aleksandra Tadic (Lb)
Mina Popovic (C) deixa a equipe.
Ana Bjelica (O) deixa a equipe.

Imagem relacionada
Sem chances no torneio, Sérvia evoca time jovem, com nomes como Marija Popovic, líbero do universitário americano (Foto: reprodução)

Grupo 16 - Jiangmen, China

China
L: Xia Ding, Di Yao e Linyu Diao
O: Xiangyu Gong e Chunlei Zeng
P: Ting Zhu, Changning Zhang, Xiaotong Liu e Yingying Li
C: Xinyue Yuan, Hanyu Yang, Mingyuan Hu e Ni Yan
Lb: Li Lin

Trocas:
Mengjie Wang (Lb) por Linyu Diao (L)

Resultado de imagem para linyu diao
China vem com três levantadoras, Linyu Diao é a novidade da semana (Foto: FIVB)

Estados Unidos
L: Lauren Carlini e Carli Lloyd
O: Annie Drews, Karsta Lowe e Jordan Thompson
P: Michelle Bartsch, Jordan Larson e Kelsey Robinson
C: Tetori Dixon, Lauren Gibbemeyer, Chiaka Ogbogu e Haleigh Washington
Lb: Megan Courtney e Mary Lake

Trocas:
Jordyn Poulter (L) por Lauren Carlini (L)
Mikaela Foecke (P) por Michelle Bartsch (P)
Madison Kingdon (P) por Karsta Lowe (O)
Danna Rettke (C) por Haleigh Washington (C)

Resultado de imagem para michelle bartsch
MVP da VNL 2018, Michelle Bartsch estreia nesta semana na competição (Foto: FIVB) 

Polônia
L: Joanna Wolosz e Julia Nowicka
O: Malwina Smarzek
P: Martina Grajber, Natalia Mędrzyk, Magdalena Stysiak, Olivia Różański e Zuzana Gorecka
C: Agnieska Kąkolewska, Suzanna Efimienko, Klaudia Alagierska e Kamila Witkowska
Lb: Maria Stenzel e Monika Jagla

Trocas:
Marlena Pleśnierowicz (L) por Joanna Wolosz (L)
Monika Bociek (O) por Zuzanna Gorecka (P)
Maria Stenzel (Lb) retorna ao time.

Imagem relacionada
ASIA IS BACK: Joanna Wolosz sofre com lesão na coxa, mas integra Polônia na quarta semana (Foto: FIVB)

Turquia
L: Cansu Özbay e Buse Unal
O: Ebrar Karakurt e Gozde Yilmaz
P: Şeyma Ercan, Meliha İsmailoğlu e Fatma Yıldırım
C: Yasemin Güveli, Zehra Güneş, Aslı Kalaç e Kübra Akman
Lb: Simge Aköz e Aylin Sarioglu

Trocas:
Ezgi Dilik (L) por Buse Onal (L)
Hande Baladin (P) deixa o time.
Imagem relacionada
Jovem levantadora, Buse Unal é a aposta da Turquia para a semana (Foto: reprodução)

Comentários

  1. Não dá pra perder pro time C da Sérvia e da Tailândia que está sem um padrão de jogo. O desafio mesmo o Japão. Dá pra ganhar, mas tem que ser paciente. Relação block/defesa precisa funcionar muito bem.

    Como a China já está classificada para a fase final de qualquer jeito, espero que ganhe todos os jogos dessa semana para embaralhar o topo da tabela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desafio mesmo será*...

      Excluir
    2. Discordo de vc quanto à Tailândia, é sempre perigosa para o Brasil. É a mesma base há 30 anos e quando Sittirak engrena esse bracinho...

      O Japão é o maior problema, teste bom pra Macris. Seleção praticamente titular, mas tenho a sensação de estar enfraquecida nos últimos anos.

      Excluir
    3. É claro que a Tailândia é um adversário perigoso. Mas eu notei que desde Montreux o desempenho da equipe está sendo uma montanha-russa. Alguns jogos bons, outros péssimos.

      E eu já acho que a seleção atual do Japão está melhor que a da Rio 2016, por exemplo.

      Excluir
  2. A última rodada nos presenteou com um jogo maravilhoso entre China e Itália, isso sim é um grande jogo, o resto é bobagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha bem o grupo dessa semana em Jiangmen e para de falar besteira.

      Excluir
  3. Ai manas, a China tá com o cão!!!
    Time principal é tiro porrada e bomba. Meteram a derrota nas arrogantes italianaitalianoas. Amei amei amei.
    USA não quer brincadeira não. Só falta chamarem a Hill. Depois daquela derrota horrenda pras tupiniquins hahahahaha
    Torcendo muito pras chinesas ganharem as quatro coroas esse ano: vnl, asiático, pré-olímpico e copa do mundo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. soltou tanto a franga que foi parar no Japão junto com a seleção

      Excluir
  4. Polônia nessa fase só enfrenta pedreira. Dependendo do resultado, deve cair para 6 ou 7 colocado. Está com 2 derrotas, enfrenta Usa, Turquia e China. Brasil se fizer o dever de casa, vai pro topo da classificação, podendo ficar em 2 ou 3 lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, precisamos fazer o dever de casa em Tóquio para não chegarmos com a faca no pescoço semana que vem em Ankara.

      Excluir
  5. Não entendo Karch, convoca a Lowe que só joga bem contra times fracos e não chama a Rivers que está inscrita.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rivers não foi inscrita na VNL. Ela estava naquela pré-lista de 30 atletas, mas foi cortada posteriormente.

      https://www.volleyball.world/en/vnl/women/teams/usa-usa/players

      Excluir
    2. Muito obrigado, mas pelo menos a Cuttino então .... Lowe só joga bem com times fracos....

      Excluir
    3. Lowe foi pior do que o normal hoje contra a Turquia kkk. E eu não sei pq a Cuttino não foi testada ainda. Ela teve um om desempenho no Casal.

      Excluir
    4. Ela teve um bom*...

      Excluir
  6. Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. Hater ridícula, respeita minha dor 😥

      Excluir
    3. Dor pq não foi liberado ainda o roster da semana? KKKKKKKK Utilizando uma expressão que vc já postou aqui, TODOS JÁ SABEM que as titulares voltam apenas no Pré-Olímpico. Aceita que dói menos. E esse planejamento do Morrison é sensato, já que decidir a primeira oportunidade de conseguir a vaga para Tóquio 2020 na Itália contra a Itália vai ser bem difícil para a Holanda.

      Excluir
    4. Ainda mais com as titulares de férias, a Itália já está bombando com time titular, eu acho que pelo menos nessas últimas duas semanas ele poderia convocar as titulares, certo que não sei se o pré olímpico é antes ou depois do europeu, porque se for depois ele poderia chama-las só no europeu mesmo.

      Excluir
    5. O Pré-Olímpico acontece entre os dias 2 e 4 de agosto. O Europeu começa 3 semanas depois entre 23 de agosto e 8 de setembro.

      Achei o roster da Holanda nessa semana e várias titulares voltam:

      https://www.volleybal.nl/nieuws/topspeelsters-keren-terug-in-selectie-oranje-voor-4e-week-vnl

      Dijkema/Bongaerts
      Plak/Grothues/Buijs/M.Jasper/Daalderop
      Belien/Lohuis/Koolhaas/Timmerman
      Sloetjes
      Knip/Schoot

      Excluir
    6. É sério, tá ali o link pra conferir kkk

      Excluir
  7. Poupar é bom porém esconder o jogo é péssimo, A Rússia de Pequim por exemplo não fez se quer um jogo pós pré olímpico se fudeu depois

    ResponderExcluir
  8. A China nunca escondeu jogo,em 2016 elas usaram tudo que tinha nas classificatórias e mostraram força aí na fase final elas pouparam pq já estavam com ritmo de jogo

    ResponderExcluir
  9. É interessante poupar sim, mais esconder o jogo totalmente talvez não seja interessante

    ResponderExcluir
  10. Turquia comeu o cool das americanas. Também né, colocar Larson e Robinson nas pontas não da, quem vai virar a bola? Quem vive de pincelada é pintor...
    Fora a Líbero que tem curioso nome de "Lake", uma água mesmo... Kkkķkkk
    Kiraly se mostra um técnico medíocre. Esquece essas líberos, coloca Robinson de líbero e ponto final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm não acho que valha a pena insistir na Larson. O ataque dela está péssimo e a recepção just ok.

      A líbero Mary Lake consegue ser pior do que a Justine Wong-Orantes KKK. Como a Courtney é mediana, suspeito que o Kiraly vai apelar com a Robinson de líbero em Tóquio 2020.

      Hoje o Karch demorou muito pra mexer. Era pra começar com as mudanças já no 2º set e não só no 3º.

      Excluir
  11. Chicleteiras jogando sem opostas, levar uma rolada das turcas é constrangedor. Hooker e Fawcett vingadas. Paneleiro americano consegue ser pior que o paneleiro brasileiro. #karmaisabitch

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lowe estave no ápice da ruindade hoje, o que não é difícil pra pipoqueira-atacante-de-pipes-na-rede rsss. Espero que o calendário se confirme e a Tandara volte mesmo semana que vem em Ankara. Precisaremos muito dela, em especial contra Itália e Turquia. E dá uma briga boa entre quem é o mais teimoso entre o ZRG e o KK.

      Excluir
  12. Que 3 a 1 importante contra o Japão!!! Não dá pra deitar contra as tailandesas amanhã, hein? Elas defendem menos do que a japonesas e são mais baixas. Bora Brasil! \o\ \o/ /o/

    ResponderExcluir
  13. Macris reinou hoje nas bolas de segunda! Foram essenciais esses pontos da fada vegana do levatamento <3

    ResponderExcluir
  14. Seleção americana não põe medo em ninguém: centrais fuleiras(só a Foluke salva, e olhe lá). Larson decadente, Robinson consegue se igualar à Amanda). Bartsch é passável. Agora, impressiona são as xingilings(quando elas estão com o cão, são traiçoeiras e imbatíveis). O jogo delas contra a Egonu-volei-club, quer dizer Itália, foi uma loucura. Fiquei passada com os afrontes da Paola(arrogante ao extremo).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dixon e Gibbemeyer são MUITO medianas e estão perdendo espaço pras novatas que chegaram esse ano no time principal.

      Larson decadente = FATO.

      O único time que eu quero bem longe da chave do Brasil nos playoffs de Tóquio 2020 é a China. Esse time é como uma hidra: você corta uma cabeça e podem ressucitar duas no lugar.

      O tombo da Egonu vem a cavalo, é só aguardar.

      Excluir
    2. Qual o problema de vcs com a Egonu? a menina é boa pra caramba.... deixa ela ser diva, ela pode !

      Excluir
    3. Ela é ótima e está ficando cada vez mais arrogante. É isso o que várias pessoas estão notando.

      Excluir
    4. Mas no jogo a Yuan, Zhu , Li e etc provocaram também, não sei quem começou os afrontes, mas foi quente o jogo, achei que poderia dar discussão.

      Excluir
    5. Egonu está se passando em quase TODOS os jogos e não é de hoje.

      Excluir
    6. Verdade! Sou fã dela, mas as vezes ela comete alguns excessos. Talvez seja a imaturidade. Apesar que Bosko é nova também e quase sempre tem um postura exemplar, Zhu idem. Mas, o legal do vôlei é quebrar saltos. O conterrâneo dela, Zaytsev, estava todo exibido no mundial ano passado o fim.... kkkkkk Todo mundo sabe

      Excluir
    7. Exato. E o Zaytsev é um pipoqueiro. Muita marra e pouca decisão. Só o Lanza pipoca mais do que ele rsssss. Acredito que o principal adversário para o Brasil manter o título olímpico ano que vem será a Polônia. Seria bom se os franceses ganhassem o grupo do Pré-Olímpico, forçando assim os poloneses a jogarem o Classificatório Europeu.

      Excluir
    8. Eu tenho medo dos americanos. Porque eles têm uma psicose de sempre estudar a equipe brasileira e fazer todo um trabalho baseado nisso. Mas, atualmente é outro time cheio de pipoqueiros. Russel o que tem de talentoso, tem de desequilibrado e imbecil. E ainda sobre Egonu, aguardo ansiosamente as olimpíadas para ver se a Itália vai manter a tradição de floppar na competição. Rsrsrsrs

      Excluir
    9. Russell é um cretino desgraçado.

      "E ainda sobre Egonu, aguardo ansiosamente as olimpíadas para ver se a Itália vai manter a tradição de flopar na competição."

      Idem! E ainda tem outra: imagina se a Holanda ganha o grupo no Pré-Olímpico e força a Itália a jogar o Classificatório Europeu? Essa última competição é super imprevisível. Uma prova é o caso do time masculino da Sérvia em relação à última Olimpíada. A equipe ganhou a Liga Mundial em julho de 2016, mas não passou da fase de grupos do Classificatório Europeu em janeiro do mesmo ano. Resultado: ficou de fora da Rio 2016.

      Excluir
    10. Exato. Lista de MVPs (Most Valuable Popcorns): Zaytsev, Lanza, Russell (entregou a final pros italianos no tiebreak na Rio 2016 e pros poloneses também no tiebreak em 2018, chacota mundial kkkkkk), Ngapeth (adora tomar toco atrás de toco e ganhar Liga Mundial não é parâmetro pra porra nenhuma), Atanasjeflop (é tão pé frio que na única Liga Mundial conquistada pela Sérvia estava fora por lesão, Kkkkkkk), Erronu (faz um caminhão de pontos, mas na hora H ou toma toco ou sai um mata pombo), Flopmary (não precisa comentar) e Popcorn Lowe, fada das pipes na rede. #deboche
      Menção honrosa: Tandara (o mesmo motivo da Egonu), Natalia (deusa chinesa), Bruno, Christenson (pé frio pagarai) e etc.

      Excluir
    11. Lava a sua boca antes de falar do Russel!!! Cretino desgraçado é o "Bruninho" senador e dono do time e vários outros da seleção brasileira masculina prepotente. O povinho que se acha e joga numa arrogância tamanha. Repara a cara do Wallace na seleção quando tá jogando, cara azeda, parece que tá morrendo!!. Marrento que só vendo. Sem contar na cara amarrotada e prequiçosa do Lucão, o bicho lerdo. Pena que não vai deixar de ser titular porque tem vaga cativa. Flávio e Isaac deveriam ser titulares plenos. Quem dera que essa seleção brasileira tivesse um ponteiro metade do Russel. EUA sediarão a fase final e devem querer muito o título. Essa seleção vem batendo na trave desde 2016. Uma hora vai. E a petulância é tanta do Brasil que acabou deitando pra Sérvia reserva. Quero ver Russel denovo pregando a bola na quadra tupiniquim e fazendo aquela dancinha pra todo mundo ver!

      Excluir
    12. Ser fã do Russell é o auge da síndrome de vira-lata. Acorda pra vida, anta.

      Excluir
  15. O jogo de hoje foi o melhor da Macris na seleção. É muito bom ver o block adversário sambando na rede preocupado com a bola de segunda e com as fintas da nossa levantadora.

    ResponderExcluir
  16. Boa vitória sobre a Tailândia! Amanhã não dá pra perder nenhum set contra o time C da Sérvia, né? Tem que ser um 3 a 0 rápido para descansar o máximo possível em função da próxima semana em Ankara que vai ser pesada.

    ResponderExcluir
  17. Não tem pq a Natália jogar amanhã. Deixa a mulher descansar aquele joelho bichado para estar bem em Ankara.

    ResponderExcluir
  18. A melhor parte do jogo de hoje ocorreu no segundo set quando a Mara indicou que o ataque da Ajcharaporn não tocou nela. Porém, segundos depois o replay mostra claramente que a bola toca no block da central brasileira. Problema do técnico tailandês que não pediu desafio kkk.

    ResponderExcluir
  19. A jaqueira da Carlini está jogando melhor do que a Lloyd. Que decadência pra Carli rss

    ResponderExcluir
  20. Macris não começou muito bem, mas é impressionante como ela tá roubando totalmente o espaço na seleção brasileira que velocidade e que distribuição .Bia e Mara ainda e Paula jogadoras medianas que tão rendendo bem, Brasil mesmo com esse time está me surpreendendo positivamente

    ResponderExcluir
  21. As desgraçadas turcas levaram um 3 a 0 da China sem a Zhu de titular KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  22. kkkk - vcs estão atacando mesmo as oponentes. Da para imaginar como será tenso e briguento China x ITA - CHI x BRA e USA x BRA.
    Nas finais. No masculino a RUS estar voltando ao nivel da Liga das nações do ano passado. Ainda sem a força máxima, eles estão impondo um jogo fulminte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atacar a arrogância podre do time turco é atestado de vergonha na cara.

      Excluir
  23. China,Itália ,Brasil e Eua.Turquia e Japão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Turquia e Japão kkkkkkkk piada!

      Excluir
    2. Turquia passa pra próxima fase. O Japão tem possibilidades, mas precisa torcer contra e superar a Polônia.

      Excluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Itália vs China tá parecendo Brasil vs Cuba anos atrás, uma hora vai sair no tapa

    ResponderExcluir
  26. Segundo o fofoqueiro do vôlei, Carol retorna à seleção semana que vem. Acho que a Tandara só volta mesmo para a fase final \:

    ResponderExcluir
  27. Importantíssimo o 3 a 0 contra o time C da Sérvia rumo à fase final da VNL, mas o jogo em si foi HORRÍVEL. Hoje foi mais uma prova de como é difícil jogar sem oposta. Vamos sangrar nas mãos de Paula e Lorenne por mais uma semana pelo visto. E por que o fdp do ZRG não deixa a Mayany ser titular? A Mara NÃO BLOQUEIA BEM, INFERNO! Felizmente, Carol volta semana que vem. Mas precisamos mesmo da Tandara. Volta Tands, pelo amor de Deus!!!

    ResponderExcluir
  28. Não acho uma boa ideia a Tandara e a Carol sem ritmo de jogo irem pra China pra entrar no lugar de quem está jogando. Elas são grandes jogadoras, então treinem para o pré-olímpico, a competição mais importante do ano. Se ele tem pretensão de usá-las nas finais então deveria colocar elas pra jogar um ou dois sets na semana que vem em Ankara.

    E eu não vejo razão para a Gabi ser a única jogadora a ter jogado TODOS os sets na competição até agora. Gira ela tbm, o Brasil precisa de alguém para substituí-la caso ela se machuque. A Zhu por exemplo não jogou nenhum set contra Turquia. Não é porque é a estrela do time que tem que jogar o tempo todo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão é justamente quem está jogando: Paula e Mara. Elas foram úteis para a nossa muito provável classificação pro final six. O problema é que em Nanjing começa outro campeonato do zero e muito mais pesado. Tandara e Carol voltam à seleção justamente para dar continuidade ao trabalho feito até aqui. O que adiantaria jogar a fase final sem oposta em quadra e com uma central nula no block? Todo o esforço das 5 semanas iniciais de competição iriam para o ralo fatalmente. É melhor as duas estarem 'sem ritmo de jogo' na VNL do que no Pré-Olímpico.

      Zhu saiu do banco para fechar o primeiro set contra a Turquia. E é muito fácil usar as chinesas como exemplo sendo que já estão classificadas para o final six e ainda por cima jogam 4 das 5 etapas preliminares do torneio em casa.

      Excluir
  29. Chicleteiras passaram o trator nas chinesas. Flopinson destruindo e colocando Zhuzão no bolso. Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKK Lin Li estava PÉSSIMA hoje. A linha de passe chinesa foi um desastre nesse jogo. Não sei pq a Lang Ping não escalou a Wang pra essa etapa.

      Excluir
    2. A wang foi dispensada mana.
      Lang ping deve estar muito puta
      As americanas chicletaram a yuan gavião

      Excluir
    3. Wang foi dispensada dessa etapa e não do torneio. Semana que vem deve voltar.

      Excluir
  30. Incrível como a China deita para os EUA. Passe A de arquibancada e muita dificuldade pra virar bola pelo lado chinês. Até a Robinson rendeu no ataque! rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi a mesma coisa na VNL do ano passado, aff.

      Excluir
    2. China é freguesa rs. Psicógico é algo incrivel, mesma coisa é o Brasil contra as americanas: quando jogamos colocando pressão elas ficam bem instáveis. Na Rio 2016 as chinesas tiveram sorte das americanas terem deitado para as sérvias, a história teria sido diferente (e menos mal que não foi, imagine a tragédia das chicletes ganhando o primeiro ouro olímpico no Brasil? Rsrsrs). Se a gente espera não ter a China em uma possível chave de finais em Tóquio ano que vem, com certeza as chinesas têm pesadelos com as americanas.

      Excluir
    3. Sérvia salvou a gente das farsantes chicleteiras serem campeãs olímpicas aqui, graças a Deus kkkk.

      Vou rezar pra China ficar na outra chave em relação ao Brasil em Tóquio. O trauma da Rio 2016 é real.

      Excluir
    4. China nitidamente perdeu de propósito,estavam sem vontade nenhuma de jogar, usaram o jogo para treino, já que estão classificadas pra final!

      Excluir
    5. "Perdeu de propósito" KKKKK Elas jogaram mal e perderam a partida, não tem mistério.

      Excluir
    6. Exato, o jogo americano encaixa no chinês. Sempre dão trabalho. E hoje a China fez o favor de jogar muito mal.

      Excluir
    7. Seleção americana acordou pro campeonato e o vacilão do Kiraly finalmente não colocou aquela Courtney medonha de líbero. A outra baixinha aparenta ser muito mais consistente do que ela. Mas o que se viu na CHina foi um massacre. Sinceramente, há muito não vejo a seleção americana jogando com tanta agressividade. Drews veio para ficar de vez. Se tivesse jogado assim contra o Brasil, as brasileiras não teriam nem visto a cor da bola. E ainda se deram ao luxo de manter a Larson no banco e a Hill que nem se apresentou ainda. Itália e EUA são as seleções com voleibol mais bonito e técnico para se ver jogar!!!

      Excluir
    8. Kiraly falou que a Courtney ficou fora da etapa 4 apenas por questões médicas. A outra líbero, Mary Lake, fez um bom jogo contra a China, mas contra a Turquia foi horrível. Drews jogou a mesma coisa nos jogos contra Brasil e China, foi bem nos dois. Larson no banco não foi um luxo, mas sim uma necessidade. Está péssima no ataque e irregular na recepção. Acho que Hill volta na fase final.

      Excluir
    9. Concordo plenamente, Itália e Estados Unidos possuem um vôlei técnico lindo de se assistir...

      Excluir
    10. Larson rapidinho volta para a normalidade. É uma ponteira completa e já experiente. Se eu fosse o Kiraly investia na Lake, mantinha a Robinson na ponta e deixava Lowe e Thompson brigarem até o fim pela segunda posição de oposta, pois a Drews já tá mais do que aprovada, pelo menos pra essa temporada. Uma outra que também mereceria ter mais chances no time principal é a Kingdon. Ponteira jogueira, extremamente ardilosa, consistente no fundo, braço rápido e preciso, compensando a sua baixa estatura. A central grandalhona Retke mostrou que veio pra ficar. O mesmo para Ogbogu, muito agressiva no saque e ataque, com muita impulsão. Deixa Adams, Dixon e Gibbmeyer no chinelo.

      Excluir
    11. Nenhuma dessas líberos fubás fará melhor o trabalho do que a Robinson. Acho que o Kiraly vai apelar pra Kelsey ser líbero em Tóquio 2020. Dixon e Gibbemeyer sempre foram medianas. Agora ficou pior para elas já que boas centrais mais novas estão ganhando espaço na seleção. Karch tem muitas opções de jogadoras, logo vai ser difícil fazer os cortes para a Olimpíada ano que vem.

      Excluir
    12. Realmente muito bonito o jogo das italianas, bola pra saída e priuuuuuu....

      Excluir
  31. Eu não sei se vou suportar o jogo contra a Turquia semana que vem. Guidetti é quase uma fusão do Zé e do Kiraly nas panelas com o "q" a mais de uma arrogância enorme. Karakurt é doidinha, o melhor da próxima semana será o embate entre ela e a Egonu,haja afronte e deboche! Hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos a OBRIGAÇÃO de ganhar e fazer os 3 pontos contra a Bélgica. O resto é consequência.

      Excluir
  32. Acho que Flopmary deveria ter sido convocada como oposta, Paula é esforçada e técnica, mas ainda não tem a malemolência necessária para enfrentar grandes equipes, talvez Rosa fosse uma opção mais razoável para enfrentar italianas e turcas.
    Não acho a Itália essa coca toda, a meu ver apenas China e Sérvia (completas obviously) são as seleções mais complicadas.
    Torço pra que em Tokyo sejam:
    Fabiola; Dani ou Macris.
    Tandara e a rainha Sheilla (que mesmo parada ainda é melhor que todas as outras opostas brasileiras)
    Gattaz, Thaisa (que certamente voltará ano que vem) e Carol ou Adenizia.
    Natalia, Gabi, Garay (também acho que ainda volta) e Amanda (brincadeira hehehe) outra vaga em aberto.
    Leia
    Essa é sim uma seleção forte, capaz de lutar por medalha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Rosa sabe explorar melhor o block adversário do que a Paula.

      Macris e Fabíola formam o combo perfeito para Tóquio. É a ousadia e a experiência juntas.
      Tbm acho que a Sheilla jogará a 4ª Olimpíada da carreira ano que vem. Nenhuma oposta reserva se firmou nesse ciclo.
      Thaísa e Garay são outras que não vão resistir e voltarão à seleção para Tóquio. Entre Carol e Adê, eu levaria a última por ter mais poderio de block. E espero que o ZRG convoque apenas TRÊS centrais, é o número suficiente.
      A vaga de 4ª ponteira teoricamente seria da Drussyla, mas com certeza está em aberto.
      Brait é melhor do que Léia. Depois de fazer o ZRG penar o ciclo inteiro, Camila deve finalmente representar o Brasil em uma Olímpiada.

      Excluir
    2. Você escala um Brasil cheio de veteranas, um time pouco diferente do mundial que nem no top six ficou, fala que é "uma seleção forte, capaz de lutar por medalha", e fala que a Itália vice campeã mundial, agora com meninas mais experientes e Sorokaite jogando muito, "não é essa coca toda".
      Sério, está sobrando torcida e faltando coerência no seu comentário.

      Excluir
    3. Fabiola melhor que Malinov; Dani/Macris melhores que Orro/Cambi.
      Tandara e Egonu, a segunda é melhor.
      Gattaz melhor que Chirichella, Thaisa (50% bem fisicamente) melhor que a Danesi.
      Natalia melhor que Sylla, Gabi/Garay melhores que as irmãs Bosetti.
      Leia/Brait perdem para De Gennaro.
      Itália se sobressai na oposta, líbero e no saque viagem. Mas no conjunto o Brasil é melhor querid@.

      Excluir
    4. O time do Mundial estava fisicamente quebrado. É óbvio que para a Olimpíada o ZRG terá que resguardar as atletas. E as comparações entre jogadoras de Brasil e Itália presentes no último comentário fazem sentido.

      Excluir
    5. Mas jogo de voley não é 1 contra 1 não amigo, se fosse assim a China seria uma das piores seleções porque só tem Zhu e a central.

      Excluir
  33. Lista de MVPs (Most Valuable Popcorns): Zaytsev, Lanza (fado brasileiro na final da Rio 2016), Russell (entregou a final pros italianos no tiebreak na Rio 2016 e pros poloneses também no tiebreak em 2018, chacota mundial kkkkkk), Ngapeth (adora tomar toco atrás de toco e ganhar Liga Mundial não é parâmetro pra porra nenhuma), Atanasjeflop (é tão pé frio que na única Liga Mundial conquistada pela Sérvia estava fora por lesão, Kkkkkkk), Erronu (faz um caminhão de pontos, mas na hora H ou toma toco ou sai um mata pombo), Flopmary (não precisa comentar), Chunlei Zheng (essa é fubá mesmo) e Popcorn Lowe, fada das pipes na rede. #deboche
    Menção honrosa: Tandara (o mesmo motivo da Egonu), Natalia (deusa chinesa), Bruno (tem mais vices que a Record TV), Christenson (pé frio pagarai), Adenizia (só sabe berrar, professora da Yuan) e etc.

    ResponderExcluir
  34. Nunca pensei que diria isso. Mas, que saudade das russas patroas da Europa. É bem triste ver como essa escola decaiu no feminino. E é irônico, pois no masculino além de fortes têm time A, B e uma base campeã. Será que o investimento é desigual? Enfim, espero que elas façam um bom europeu. Mesmo teoricamente atrás da Itália.

    ResponderExcluir
  35. As vezes eu acho que as Russas só jogavam bem na época do Karpol era só ele começar a gritar que elas podiam estar perdendo um jogo por 2 a 0 ou um tie break que mesmo assim elas conseguiam ganhar a partida, lembro de um jogo do Campeonato Europeu em que ele fez a Artamonova que não tava bem na partida começar a chorar em quadra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Brasil passa por um momento complicado na troca de gerações, mas felizmente não tão ruim como o da Rússia. O nosso destaque sempre foi a consistência do conjunto. Já a Rússia se sustentou durante muito tempo em jogadoras-chave como Sokolova e Gamova. Elas se aposentaram e o time russo literalmente ruiu. Pankov vem fazendo um trabalho melhor que o Marichev, mas ainda vai levar tempo para a equipe ter mais regularidade.

      Excluir
  36. A Bulgária comemorou o 3 a 1 contra a Coreia do Sul como se tivesse ganhado o campeonato kkk. Lavarini terá um trabalho hercúleo para reconstruir o time asiático até janeiro. Kim não consegue mais carregar a equipe nas costas sozinha. Ainda há a barreira linguística entre o Stefano e as atletas. Aqui no Minas foi mais fácil ele aprender português por tbm ser um idioma latino como o italiano. Lavarini tem que ganhar uma estátua em Seoul se conseguir classificar a Coreia do Sul para Tóquio 2020. O embate com a Tailândia no Classificatório Asiático vai ser interessante. Adoro a Kim, mas estou torcendo para as tailandesas que foram ROUBADAS em um dos qualificatórios para a Rio 2016.

    ResponderExcluir
  37. Se tivéssemos perdido para Japão e Estados Unidos, disputaríamos a semana 5 literalmente com a faca no pescoço como no fim da etapa classificatória do Grand Prix 2017.

    1:30 de terça terá o jogo decisivo entre Polônia e Japão em Seoul. Vamos supor que a Polônia vença por 3 a 0 ou 3 a 1. O Japão, com 21 pontos, só poderia chegar a 27 no fim da etapa. Exatamente o contrário vale se o Japão fizer os 3 pontos já que a Polônia tbm está com 21 na classificação. Como o Brasil tem 28 pontos, não poderia mais ser alcançado por um dos dois times e, consequentemente, entraria em quadra às 10 horas contra a Itália já classificado para a fase final.

    Estou torcendo para a Polônia, já que o Japão sempre está envolvido em falcatruas. As nipônicas tiveram participações super polêmicas nos qualificatórios para Londres 2012 e para Rio 2016. Fora que ano passado só avançaram ao final six do Mundial pq a Sérvia entregou o jogo contra elas, aff.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raiva daquele jogo do mundial. Não culpo a Sérvia, até porque o dever de casa era nosso. Mas também aguardo ansiosamente a boa e velha lei do retorno.

      Excluir
    2. Sim. O karma sempre volta, é só esperar o universo agir no tempo certo.

      Excluir
    3. Uma correção: Polônia x Japão acontecerá em Boryeong e não em Seoul.

      Excluir
  38. Eu pouparia a Natália essa semana se fosse o ZRG. Aquele joelho precisa estar bem para a fase final.

    ResponderExcluir
  39. Houve mudanças no Pré-Olímpico aqui do Brasil. O torneio foi antecipado em um dia, logo acontecerá entre 1 e 3 de agosto. A cidade tbm foi alterada: passou de BH para Uberlândia.

    ResponderExcluir
  40. Brasil e Turquia às 13 horas de quinta será o último jogo da fase classificatória da VNL. Os times entrarão em quadra com a tabela já definida, podendo assim basicamente escolher os adversários para a fase final. Acho que se mantém o esquema do final six de em um grupo ficar o 1º, o 2º e o 5º e no outro o 3º, o 4º e a anfitriã China.

    ResponderExcluir
  41. A Russia FULL no masculino. Com novo técnico empolgante - vibrante! O anterior conquistou o título da Liga das Nações, mas saiu para comandar a estrutura da Rússia para o próximo Mundial. Há muitos jogadores fortíssimos neste seleção atual e nem estão jogando com força máxima!! Estão em ascensão! O Astro Muserskhy só volta para o Europeu! Centrais incríveis!! De olho em Poletaev! Eles estarão no Brazil no próximo fim de semana! Tem Kurkaev ; Kliuka e o provocador Volkhov e Iakovlev estão com muitas opções!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Rússia freguesa,Só venceram em Londres pq estavam entupidos de doping

      Excluir
    2. Exatamente, Antônio. E o fã da Rússia até hoje não aprendeu que o sobrenome do Dmitry é MUSERSKIY. Desde quando o MdV ainda liberava os comentários ele escrevia esses absurdos, aff.

      Excluir
    3. Não gosto do time masculino russo. Eles e os poloneses têm a antipatia e a soberba no segundo nome. Quero muito ver esse embate de egos no europeu, Polônia ainda pode ter o reforço do León que o que tem de monstro tem de arrogante.

      Excluir
    4. É isso, último anônimo.

      Excluir
  42. O sub-20 da China e da Turquia vai enfrentar o nosso em um torneio amistoso. Até que enfim a CBV fez algo inteligente. Agora algo é bem curioso: boa parte da base turca e da chinesa já joga em equipes profissionais, a nossa (que tem muitas meninas altas, promissoras e muito interessantes) talvez nem a metade. Espero que esse ano a gente não passe apuros nos mundiais femininos de base como no último ciclo.

    ResponderExcluir
  43. Olha eu acho o seguinte, Tombara não leva mais nenhum time nas costas, não tem biotipo magro, vem idade e lesões junto com peso, daí já viu, o caso dela é igualzinho da bebezão Wang Yimei. Já a Nathing Zhulio dispnesa comentários né. Resumindo Brasil já está tombado desde já, não tem nível pra bater com uma Itália, China e Sérvia. nunca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tandara está carregando a seleção desde o começo do ciclo olímpico, fora o que fez no Osasco. Não ajudou mais o Guangdong pela lesão no tornozelo em novembro. O caso da Natália é tendinite crônica no joelho. Se ela quiser jogar a Olimpíada ano que vem, precisará ficar parada fazendo muita fisioterapia após a temporada com o Ecz. E nós vamos ver quem está tombado ou não.

      Excluir
  44. Egonu não vai jogar em Ankara. Faz sentido o Mazzanti poupá-la para a fase final. ZRG tem que fazer o mesmo com a Natália.

    https://www.federvolley.it/news/volleyball-nations-league-le-14-azzurre-convocate-ankara

    Italia's roster for week 5:

    Malinov/Orro
    Sorokaite/Nicoletti
    Chirichella/Danesi/Fahr/Alberti
    Bosetti L./Bosetti C./Sylla/Pietrini
    De Gennaro/Parrocchiale

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O saque do Brasil tem que ser obviamente forçado em cima da Sylla ou da Pietrini, dependendo de quem for a titular.

      Excluir
  45. É bem interessante ver a valentia com que o time belga joga, mas se sacar bem a equipe se perde em quadra. As sul-coreanas ganharam o único jogo até agora na VNL justamente pq forçaram o saque em cima da Bélgica.

    ResponderExcluir
  46. É ruim olhar o site da federação turca obviamente por causa do idioma, mas pelo que eu vi não liberaram ainda o roster para a semana 5.

    ResponderExcluir
  47. Com a volta da Carol e Tandara para a fase final, Lorenne, Lara e Milka devem ser cortadas da VNL. O bom é que elas já estão mais treinadas para o Pan.

    Seria ótimo se a Mayany fosse titular essa semana no lugar da Mara. Precisaremos muito de block pelo menos para amortecer as bolas para a defesa, mas duvido que o ZRG faça essa mudança já no começo das partidas ¬¬

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Júlia deve ser cortada tbm e a 4ª ponteira deve ser a Tainara para o final six.

      Excluir
  48. Não sou especialista em VÔLEI...nem comentarista que ganha uma grana para falar mais do mesmo... Sou, na verdade, torcedor....pelo vôlei de maneira geral... Principalmente, pelas seleções brasileiras...contudo, cada vez fica mais óbvio que é necessário que a CBV fica atenta e/ou invista melhor na estrutura do nosso VÔLEI.

    No feminino, parece que há uma situação bem definida... Três seleções no mundo com TRÊS fenômenos: ZHU, BOSKOVIC e EGONU. Atletas com potencial para carregar sozinhas suas respectivas seleções e/ou definir um jogo!

    No Brasil, há um momento de deficiência em várias posições...e, de fato, SERÁ necessário um jogo de conjunto...estratégia e CAPACIDADE de um treinador tirar leite de pedra....

    PS.: só não sei se o SR ZRG (ainda) tem capacidade para isto...

    Cabe a NÓS, torcedores, TORCERMOS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A principal característica do vôlei brasileiro sempre foi justamente a força do conjunto.

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)