Monza vence 'final antecipada' na Challenge e Busto enfrenta sensação na CEV Cup

Março começou com definições de finalistas na CEV Cup e na Challenge Cup, competições da Confederação Europeia (CEV) que são "irmãs mais novas" da Champions League. A CEV Cup é como uma segunda divisão do Europeu e a Challenge como uma terceira. 

Com três vagas dadas na Champions a quatro ligas europeias (Turca, italiana, russa e polonesa) vários gigantes ficam de fora do torneio. Isso dá chance para times de ligas menores crescerem ou mesmo para reabilitar aqueles que falharam na liga passada (todo gigante quer a Champions).

Mas nos últimos anos o título raramente tem escapado das mãos de turcos, italianos e russos. O atual campeão da Cup é o Eczacibasi, que hoje joga a Champions, enquanto o campeão da Challenge de 2018 foi uma exceção: o grego Olympiacos, que se vingou do extinto Bursa na reedição da final de 2017, quando saiu derrotado. Mas neste, se me permitem a aposta. Dificilmente o título sairá das mãos italianas.

Está nas mãos do Monza!

Normalmente os italianos nem gostam de disputar esse torneio, talvez devido ao valor da premiação (é um chute). Mas, a meu ver, nesta edição a Challenge já teve sua final antecipada, no confronto entre Saugella Monza e Volero Le Cannet. Eu sinceramente não esperava que o Volero fizesse um jogo tão bom, fazendo o italiano passar sufoco e perder em casa! Em casa o Volero perdeu por 3 sets a 2, mas devolveu o placar jogando na Candy Arena em Monza. Mas no golden set, deu as italianas. 

Dimitrova marca ataque de Adams; Monza sofreu contra o Volero (Foto: CEV)


Vale um destaque especial: Nancy Carrillo, cubana de 33 anos que saiu do banco no primeiro set para fazer 21 pontos, maior pontuadora da partida. Também vale menção a Rachael Adams, central que teve pontuação de extrema, fazendo 17 pelo Monza.

Volero até venceu na Itália, mas perdeu o golden set (Foto: CEV)


O Volero foi o primeiro time a dar trabalho ao Monza, mas ele próprio já havia sofrido para eliminar o Olympiacos ainda na primeira fase da Challenge. E o rival do Monza na final será o Aydin, time que comprou os direitos do extinto Bursa. O Aydin é o time turco de três dominicanas, com destaque para Brayelin Martinez. Mas o time não funcionou e está longe de ter o sucesso do Bursa, que terminou o último turco em 5º. 

O Aydin é na verdade um sortudo, já que o único time razoável que enfrentou foi o compatriota Besiktas, que inacreditavelmente foi vencido no golden set. Depois vieram Hermes, Nova Gorica e Thiros, times bem menores. Podem me cobrar, mas não vejo a possibilidade do Monza não ser campeão.

Mas para o Busto...

Se o Monza aparentemente terá vida fácil na Challenge, o Busto está longe disso. Na semifinal o time atropelou o húngaro Békéscsabai por duplo 3 a 0, mas já havia sofrido contra o alemão Dresden e contra o francês Mulhouse. 

Busto Arsizio se classificou com facilidade à final (Foto: UYBA)


Piorando a vida do Busto, seu rival na final fez o mesmo nas semis. O Alba Blaj, vice-campeão da Champions em 2018 (com uma ajudinha da CEV, é verdade rs), passou com facilidade pelo rival nacional Bacau, também por duplo 3 a 0. Embora não seja uma grande atacante, tem um setor defensivo muito bom, comandado pela experiente Sonja Newcombe. E o Blaj foi o time que detonou um dos favoritos ao título, eliminando o gigante Galatasaray nas quartas de final. Boa sorte para Britt Herbots e o Busto, porque elas vão precisar.

Alba Blaj deve dar dor de cabeça ao Busto (Foto: CEV)

A primeira partida da final da CEV Cup acontecerá no dia 19, em Blaj. O título será decidido na casa do Busto Arsizio no dia 26. Já a Challenge terá o primeiro jogo na Turquia, no dia 20, e a Candy Arena consagra o campeão no dia 27.

Comentários

  1. Adams fez bem em sair do Eczzz e ir pro Monza. Não dá pra dizer a mesma coisa da Gibbemeyer.

    ResponderExcluir
  2. Alguém sabe informar se há alguma transmissão pela internet do campeonato italiano e do turco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes assisto por aqui: http://livetv.sx/pt/allupcoming/

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3