Liga das Nações de Vôlei 2019: Elencos Finais!

Confira os elencos do Final Six, semana final da Liga das Nações de Vôlei 2019:

Grupo A

China

L: Di Yao e Linyu Diao
O: Xiangyu Gong e Qingqing Du
P: Xiaotong Liu, Yanhan Liu, Fang Dua e Ye Jin
C: Hanyu Yang, Mingyuan Hu, Yixin Zheng e Yuanyuan Wang
Lb: Li Lin e Feifan Ni

Lang Ping frustra torcida chinesa, leva time B e joga pressão para Yanhan Liu (Foto: reprodução)

Itália

L: Alessia Orro e Ofelia Malinov
O: Paola Egonu e Indre Sorokaite
P: Lucia Bosetti, Elena Pietrini, Miriam Sylla e Caterina Bosetti.
C: Cristina Chirichella, Anna Danesi, Sarah Fahr e Raphaela Folie.
Lb: Monica De Gennaro e Beatrice Parrocchiale

Resultado de imagem para paola egonu
Itália quer a VNL: Paola Egonu e força total da azurra se apresenta no Final Six (Foto: reprodução)

Turquia

L: Cansu Özbay e Ezgi Dilik
O: Ebrar Karakurt e Meryem Boz
P: Meliha İsmailoğlu, Şeyma Ercan, Fatma Yıldırım e Gözde Yılmaz
C: Zehra Güneş, Kübra Akman, Asli Kalaç e Yasemin Güveli
Lb: Aylin Sarıoğlu e Simge Aköz

Resultado de imagem para ebrar karakurt
Turquia ainda mantém mistério sobre Baladin, mas confia em ascenção de Ebrar Karakurt para a fase final (Foto: TVF/reprodução)

Grupo B

Estados Unidos

L: Lauren Carlini e Jordyn Poulter
O: Annie Drews e Jordan Thompson
P: Michelle Bartsch, Jordan Larson, Kelsey Robinson e Miakela Foecke
C: Tetori Dixon, Chiaka Ogbogu, Dana Rettke e Haleigh Washington
Lb: Megan Courtney e Mary Lake

Resultado de imagem para andrea drews fivb
Com time misto, Estados Unidos tem Annie Drews em grande fase na VNL (Foto: FIVB)

Brasil

L: Macris Carneiro e Roberta Ratzke
O: Paula Borgo e Lorenne Teixeira
P: Natália Pereira, Gabriela Guimarães, Amanda Francisco e Tainara Santos
C: Ana Carolina Silva, Mara Leão, Mayany Silva e Ana Beatriz Corrêa
Lb: Léia Silva e Natália Araújo

Resultado de imagem para MACRIS FIVB
Considerada por muitos a melhor levantadora do Brasil, Macris Carneiro assume a titularidade pela primeira vez na seleção Brasileira (Foto: FIVB)

Polônia

L: Joanna Wołosz e Julia Nowicka
O: Malwina Smarzek e Martyna Łukasik
P: Martyna Grajber, Natalia Mędrzyk, Olivia Różański, Magdalena Stysiak e Natalia Murek
C: Klaudia Alagierska, Kamila Witkowska, Agnieszka Kąkolewska e Zuzanna Efimienko
Lb: Maria Stenzel

Resultado de imagem para joanna wolosz
Idolatrada na Polônia, Joanna Wolosz dispensa folga para comandar melhor momento da Polônia na década (Foto: reprodução)

Comentários

  1. Tô chocado! Lang Ping já começou os trabalhos misteriosos. Adorooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem mistério. Ela só tá poupando Zhu e cia para o Pré-Olímpico e testando atletas que possam se firmam no time principal.

      Excluir
  2. Com a China B, aposto na Itália ou na equipe americana (ano depender da equipe que o Kiraly colocar em quadra). Sem oposta, fica difícil para a gente. Estou triste pela ausência da China, porque queria uma surra na Turquia, ganharam uma semifinal no colo. Kkkkkkkkk
    Sortudas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até agora eu não me conformo no azar da Tandara ter um lesão abdominal uma semana antes da fase final da VNL, aff. Eu entro em pânico quando as bolas vão para Paula e/ou Lorenne KKKKK. É essencial explorar bem o block contra as polonesas, pq elas são muito altas. Mas as nossas duas opostas insistem em bater pra baixo na frente do bloqueio montado e acabaram sumindo em várias partidas na fase classificatória por causa disso.

      Ninguém merece Turquia na semi de novo, ódio. Itália não vai deitar obviamente, mas a China poderia fazer o favor e vencer as arrogantes logo mais, né?

      Excluir
    2. Eu acho as chinesas bem mais arrogantes que as turcas!

      Excluir
  3. Lang ping começou os trabalhos escondendo jogo e visando a Toquio 2020.
    E tá errada? Não!
    Ao contrário do paneleiro, todas as seleções estão buscando peças de reposição.
    ZRG foi obrigado, devido as dispensas, dando chance às novinhas.
    Mas próximo semestre volta a panela.
    Torcendo pros usa serem bi da vnl :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Escondendo o jogo' = poupando o time titular já conhecido rssssss.

      Excluir
    2. Esconder jogo é faça de dois gumes a própria Lang Ping já experimentou o lado muito ruim disso. Concordo sobre o Zé ser paneleiro, mas sobre não estar buscando reposição, não. Pelo contrário, creio que o Zé está buscando construir um banco forte para o ano que vem, além de aproveitar essas competições para fazer crescer quem tem lenha pra queimar ano que vem (Gabi, Macris...) e contar com o retorno da Garay, a depender da Temporada, da Thaisa, e o possível retorno da Brait. Dará certo? Não sei. Gosto disso? Acho perigosíssimo, se der certo dará muito, assim como em 2008 o mix de experiência e juventude deu muito certo, (ele usou essa estratégia com o adicional que em 2008 as "novinhas" eram todas à altura das veteranas e as veteranas vieram dar corpo e experiência à equipe) agora se der errado.... será trágico. Bem, isso só mostra que cada um tem seus dois gumes para se preocupar hahahaha
      Zé Roberto é teimoso, doido, místico, já disse teimoso? Rsrsrs paneleiro. Mas, Bobo ele não é.

      Excluir
    3. ZRG fez certo em trazer a Fabiana de volta. Vcs querem a Bia batendo china e pingando bola em Tóquio? A Gattaz é ótima na rede de dois, mas tem o problema no joelho. Fabiana em forma é mais uma opção nessa rede que nos dá problemas desde o começo do ciclo. Se as novatas não estão respondendo à altura, não vejo pq deixar de contar com a experiência das veteranas. Sheilla é um caso à parte. Primeiro temos que ver como ela volta na SL para depois considerá-la apta a disputar mais uma Olimpíada. É por isso que ela foi convidada a treinar com o grupo em Saquerema e não convocada para a seleção como Suelen e Fabiana.

      Excluir
  4. O que aconteceu com Baladin?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um problema físico, mas não sei em que lugar e nem em qual situação ela se lesionou.

      Excluir
    2. Baladin vai jogar a fase final sim. Guidetti levou uma ponteira a mais e apenas 3 centrais (Gulevi ficou de fora).

      https://www.volleyball.world/en/vnl/women/schedule/9995-China-Turkey

      Excluir
  5. Surpresa a decisão da Lang !!! Elas deveriam buscar o titulo em casa. Mas como o Kiraly também estar escondendo o jogo.....visam Japão 2020 - ha quase 1 ano!!!!! é bem ali!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Kiraly não tem o que esconder pq todos já sabemos como funciona o time dos EUA. O 'problema' é que ele tem muitas jogadoras à disposição. Logo, o técnico está testando algumas novatas promissoras na fase final da VNL para ver como elas respondem a esse desafio. A base do grupo com Hill, Akin e cia volta a jogar junta mês que vem no Pré-Olímpico.

      Excluir
  6. Eu vejo a galera idolatrando a Lang Ping e o Kiraly, mas eles estão fazendo apenas o que todo mundo já sabe que fariam, que é priorizar o pré Olímpico, e usam o final six para confirmarem alguns nomes que vão compor o time dito titular. Zé, que eu concordo ser paneleiro, está fazendo um campeonato incrível com a seleção. O time não tem oposta, o meio de rede é inconstante, o banco não tem opção para manter o nível das “titulares” e mesmo assim o time está jogando bem.

    ResponderExcluir
  7. Morto com o boicote da Lang PING'uelão com o velhote Ary Desgraça. Toma distraído!

    ResponderExcluir
  8. Ozsoy, Naz, Karakurt, Eda, Ismailoglu, Akman/Gunes, libero do Vakif (esqueci o nome) é time pra dar trabalho a China no Pré-Olímpico. Quem sabe né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ozsoy deve continuar jogando só em clubes. Orge é a líbero do Vakif, mas a Akoz tem se apresentando melhor desde o ano passado na seleção turca.

      China completa e jogando em casa mais uma vez não perde a vaga antecipada de Tóquio 2020 para a Turquia.

      Excluir
    2. Eu acho as centrais da Turquia, Kubra Akma Caliskam (1,98m) e Zehra Gunes (1,94m), uma das duplas mais fortes da atualidade.

      Excluir
  9. China sofrendo horrores no passe. E mesmo assim ainda equilibrou em muitos momentos a partida contra as turcas(que nem fizeram lá um grande jogo). Destaque para a ponteira Liu, virando tudo. Mas, é bem notório como a ZHU é necessária e vital para o jogo deles. Esse é o lado ruim das três principais equipes do mundo atualmente: China, Itália e Sérvia. São grandes elencos, mas que dependem muito do desequilíbrio individual de Zhu, Egonu e Bosko. Cuidar com muito carinho delas para o ano que vem, porque se algum imprevisto acontece, quebra praticamente o motor dessas equipes. Diferente das americanas: não têm nenhuma matadora, mas o conjunto é equilibradíssimo. Só adiciono que Sérvia titular tem um elenco um pouco mais decisivo e redondo que China e Itália. Porém, em matéria de reservas e raça para não entregar o jogo (exceto quando pega as americanas, né? Lang Ping rsrsrs) a China sobressai. O banco italiano tem algumas carências.

    ResponderExcluir
  10. Alguém sabe algo da equipe feminina que irá ao pan? O masculino já saiu, vão competir antes do pan e, olha, é um elenco muito bom. Enche os olhos a quantidade de estoque que temos. (Com adicional que é um absurdo Lóh e Eder não estarem na equipe principal). Nem aí pra Pan, ainda mais no feminino que o nível é fraquissimo. (Americanas devem levar de novo, já estão se preparando ). Mas,era a chance de fazer como o masculino e colocar peças alternativas para rodar e mostrar serviço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A equipe feminina do Pan deve contar com Juma, Lara, Milka, Tainara, Júlia, Suelen etc. O masculino vai competir antes do Pan onde? Esse ano o Brasil não joga a Copa Pan nos dois naipes. Inclusive o torneio dos homens já aconteceu mês passado no México. Lóh deveria estar na seleção principal no lugar do Maurício Borges. Éder e Evandro devem entrar novamente no radar do Renan só ano que vem para Tóquio dependendo do desempenho dos dois na SL. Esse ano o Pan bate com o Pré-Olímpico nos dois naipes. Logo, diversas equipes mandarão para Lima times B/C. Este é o time feminino dos EUA para o Pan e não tem nada demais:

      https://www.teamusa.org/USA-Volleyball/Features/2019/June/27/Youthful-Womens-Roster-to-Represent-USA-at-Pan-Am-Games

      Excluir
  11. As insuportáveis das turcas sovando as italianas, vão passar em primeiro no grupo. Temos que ganhar das americanas amanhã, elas virão descansadas para a semi. Não aguento mais tanto tombo para essas arrogantes. Akman, tapete da Juma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou chocado com o 3 a 0 das cadelas em cima da Itália. Tenho que reconhecer que as arrogantes sacaram bem - pressionaram a Sylla o jogo inteiro - e montaram um bom sistema defensivo. O time B da China jogou muito melhor ontem do que as italianas hoje. Imagina se a Itália é eliminada amanhã? :O

      E você falou tudo: as cachorras virão descansadas para a semi. Foi a mesma coisa ano passado e o próprio Guidetti falou que isso ajudou a derrotar o Brasil. Dá pra vencer os EUA novamente. A Bartsch tem que ser pressionada ao extremo no saque, pois é a ponteira que tem a pior recepção e o melhor ataque. Duvido muito que o Kiraly coloque a Foecke para jogar. No máximo ele troca Robinson pela Larson. Acho tbm que a Rettke começa como titular amanhã.

      Excluir
    2. Brasil ganha dos EUA só se as americanas vacilarem. Conjunto americano é o mais encaixado que tem. Final dessa VNL deve ser entre EUA x Turquia denovo, com as americanas levando o bi.

      Excluir
    3. Final Brasil x EUA HUE

      Excluir
  12. Aff a ditadora Lang ping sempre fazendo isso com seus soldados kkkkkkk

    ResponderExcluir
  13. Kiraly no final vai levar sua mellhor oposta para as olimpiadas, a Murphy kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Ele é louco, não duvido que isso aconteça.

      Excluir
    2. Não duvide mesmo. Kiraly é um bom técnico, mas as vezes se sabota em meio há tantas opções boas que tem. Não duvido da Dixon ir à Tóquio e de titular também, Ogbogu e Rettke são dois barris de pólvora que ainda farão muito estrago. Mas, creio que só terão chances de fato no próximo ciclo. Agora a melhor briga será de levantadora: Carlini vem ganhando espaço e pode, pelo menos de início, tomar a vaga da Hancock. Vamos ver o que falará mais alto: méritos ou panelas. Hahahaha
      Drews está jogando este ano o que a Murphy e a Lowe não jogam juntas há temporadas. Ela consegue unir a técnica que ele tanto gosta com um estilo de raça e luta que fizeram falta nas opostas que foram à Rio, por exemplo. Espero ver essa fada na superliga um dia!

      Excluir
  14. Como são insuportáveis essas criaturinhas turcas, sempre com o deboche e o desdém na cara, nunca ganharam nada de relevante e com uma arrogância tão elevada quanto o ego.
    Gostoso será ver o tombo daqui a um mês no Pré-Olímpico e em janeiro também. Boatos que o dilúvio de Istambul 2015 será uma gota no oceano comparado ao de janeiro de 2020. Kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *dilúvio de lágrimas.

      Excluir
    2. O mais irritante nessas arrogantes é que não ganharam até hoje um título sequer em uma competição internacional da FIVB e se acham as melhores do mundo KKK. Elas se acham tbm por causa do campeonato turco de 4 equipes, mas se esquecem que quem dá relevância para o torneio são as estrangeiras RSSSS.

      Espero que o Brasil consiga vencer os EUA de novo, caso contrário acontecerá exatamente o mesmo cenário do ano passado: as arrogantes virão descansadas com tudo pra cima da gente na semi. Aceito perder para as americanas, italianas e até para as chinesas B, mas não novamente para as cadelas do Erdogan.

      China vai lavar a alma daqui a um mês no Pré-Olímpico. E eu quero ver Ozbay e cia CHORANDO SANGUE ao perderem o Classificatório Europeu em janeiro e ficarem fora de mais uma Olimpíada KKK.

      Excluir
    3. Concordo, por isso que estava torcendo a contra-gosto para as chicleteiras na final da VNL passada, já pensou ter que aguentar aquelas praguinhas como campeãs. Kkkkkkk
      Minha de escala de ranço: Akman - Ozbay - Gunes - Karakurt (essa criatura é tão flopada que sinto mais pena que ranço).
      Menção honrosa: Sonsirma com aquele nariz de Pinóquio era intragável, principalmente quando jogava pelo Vakif. Adorei o tombo delas no Mundial passado, o flop foi tão grande que deu até DÓ. kkkkkkkk

      Excluir
    4. Gosto muito da Smailoglu. Além de ser uma boa ponteira. Parece ser a mais simpática delas/ mais contida. Rsrsrs

      Excluir
  15. quanto ódio pelas turcas.... sem necessidade, no fim das contas é só um jogo gente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém aqui tem sangue de barata para ter que aturar essas arrogantes, queridon rsss.

      Excluir
  16. Está meio óbvio que a Lan Ping escondeu o jogo por causa do Pré-Olímpico, já que o princiapl adversário pela vaga olímpica é justamente a Turquia. As turcas vão chegar se achando neste pre-olímpico e vão tomar um tombaço. Depois, no Europeu é só pedreira.

    ResponderExcluir
  17. Não sei como alguém tem coragem de dizer que as chinesas são arrongante e, ainda mais que as turcas. A Zhu é um amorzinho, gente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cultura influencia muito. Foi uma das partidas mais dolorosas que já vi, mas não posso negar: que postura linda em quadra da China em 2016. Calaram um ginásio inteiro, que colocou uma baita pressão, sem afronte, sem dancinha bizarra, sem jogo baixo, com suas comemorações "diferentes" (morro quando elas começam a comemorar andando em círculo kkkkkkk), mas sem excessos. No masculino por exemplo, argentinos se iludiram com a boa primeira fase e estavam destilando arrogância, o Russell até gesto obsceno fez (muito bem podado pela equipe americana). O volei asiático tem muito dessa contramão. Claro, há exceções. Quando elas se enfrentam entre elas o quadro engrossa rs (Coréia e Japão é o Cubax Brasil da Ásia kkkk).

      Excluir
    2. É isso, Unknown.

      Excluir
    3. Exatamente. Morro também quando elas comemoram em círculos. kkkkk... Mas elas não usam de jogo baixo contra o Brasil.
      As turcas, de modo contrário, são muito arrogantes, tentam desestabilizar o adversário no grito e isso vem desde antes o Guidetti. Não é que eu não curta um afronte de vez em quando, mas as turcas se excedem, o que provoca essa raiva dos brasileiros. Dá bastante raiva perder para elas.

      Excluir
    4. Não só a gente. Os italianos também reclamaram muito disso ontem por exemplo (teve turco com a cara de pau de ir afrontar na página da federação italiana kkkk). Elas têm a mesma pose das russas nos anos 2000, só que sem os títulos ! Kkkkk Eu estou muito ansioso pelo europeu, quero ver se a Turquia vai deitar de novo como deitou no mundial. Seleções como Turquia, Argentina, Irã (essas duas no masculino) têm que entender sua posição como emergentes, só assim vão crescer de fato. Argentina felizmente agora tem o Mendez, porque o outro técnico era um embuste chato pra cacete e isso contaminava os jogadores. Maior exemplo é o também emergente Canadá: sabem que têm time para bater de frente com qualquer equipe, mas também sabem que ainda têm que se firmar no cenário mundial, sempre chegam na cautela, pés no chão. Quem viu o Canadá em Curitiba em 2017 adotou a equipe como xodó! rsrsrs (eu mesmo fui um). Talvez quando as turcas entenderem um dia que ainda estão em crescimento e tem muito chão pela frente o up que precisam venha e a antipatia geral vá embora. Mas até lá..... Quero no mínimo a cabeça delas de bandeja amanhã! Hahahaha (o medo de mais um tombo é forte)

      Excluir
    5. Não estou criticando, nem falando mal, mas acho que muita gente aqui que fala de arrogancia de outros times esqueceu da postura das nossas meninas no pódio quando ganharam a medalha de ouro em londres em 2012. Eu pessoalmente não vi nada demais, porém as americanas acharam de mal gosto, e desnecessário. Sei lá.... mas parece que falamos dos outros sem nos enxergar..... Os outras seleções podem pensar que também somos bem arrogantes

      Excluir
    6. 2012? Se as americanas se incomodaram com a comemoração do pódio é porque foram mau perdedoras. Na realidade, elas já entraram em quadra achando que o jogo estava ganho, principalmente após o 1 set. E o final todos nós conhecemos...

      Os excessos nas comemorações das brasileiras naquele dia se deviam a grande pressão que sofreram do público brasileiro, a campanha horrível na fase de grupos, a imprensa... Encaro aquilo como uma forma de extravasar as emoções. Foi uma grande superação para elas vencerem aquelas olimpíadas, assim como foi para as chinesas no Rio em 2016.

      Excluir
    7. Em Londres elas apenas devolveram na mesma moeda. As americanas simplesmente desconsideraram que era final e entraram em quadra no modo "só vim pegar meu ouro". A própria mídia deles apoiando isso porque elas tinham vencido na etapa inicial. A cara de deboche da Larson no primeiro set é impagável e depois a desespero no final do quarto set é uma das cenas mais engraçadas que já vi. A questão é que é competição, o calor do momento sempre traz o afronte. Eu mesmo amo os gritos que a Maja deu pro Guidetti uma vez no turco. Mas, tudo tem um limite. Quando uma equipe passa a se comportar assim como estratégia do jogo, como as turcas, não é legal. Bem como não é legal a postura de superioridade com que a Egonu se comporta as vezes por exemplo. É tudo questão de limites. E Turquia nunca ganhou nada de relevante, há pouco tempo não era nem a terceira força do vôlei europeu. Não tem explicação entrar em quadra se sentindo uma cubana ou uma russa.

      Excluir
    8. Aquele afronte da Maja pro Guidetti é maravilhosooooo! rs. Concordo em tudo.

      Excluir
    9. "Não estou criticando, nem falando mal, mas acho que muita gente aqui que fala de arrogancia de outros times esqueceu da postura das nossas meninas no pódio quando ganharam a medalha de ouro em londres em 2012. Eu pessoalmente não vi nada demais, porém as americanas acharam de mal gosto, e desnecessário."

      Você claramente não acompanhou o ciclo olímpico 2008-2012 para falar isso. E quem não tem ouro olímpico - farsantes - não tem lugar de fala kkkkkkkk.

      Excluir
    10. O que não consegui acompanhar foi seu comentário, achei bem confuso, mas enfim... Mas vc também não deve ter entendido meu ponto de vista. Problemas do Brasil atual que ninguem suporta a opniao alheia. Cada um tem seus pontos de vista de que é um afronte, nesse sentido outras seleções tem opnioes em relação a gente sim. eu poderia muito bem achar que vc copiar e colar uma grande parte do meu post foi um afronte....rs

      Excluir
    11. Você achou confuso o meu comentário? Segue explicação abaixo:

      Analise a comemoração no pódio de 2012 por meio de todo o ciclo olímpico. Foram 4 anos basicamente não conseguindo vencer os EUA. Teve a - trágica - fase de grupos na Olimpíada em que fomos derrotados mais uma vez pelas farsantes. Houve então o melhor jogo da história do vôlei feminino mundial pela rivalidade épica entre Brasil de Sheilla e Rússia de Gamova. Então, com o primeiro set da final olímpica, os EUA estavam crentes que seriam finalmente campeões olímpicos. Como disseram anteriormente, é só ver a partida e observar a cara extremamente arrogante de "já ganhei" da chicleteira e depois o desespero com o ouro escapando mais uma vez kkk. Ou seja, a comemoração no pódio de Londres 2012 foi um desabafo não só para a trajetória no campeonato em si, mas em relação a tudo que aconteceu no ciclo olímpico inteiro. Faz muito sentido se você olhar o contexto todo.

      E é claro que há estrangeiras que acham as brasileiras arrogantes. Mas o Brasil nunca fez o jogo sujo das turcas, por exemplo. Você pode ser um pouco arrogante pelos resultados que conquista nos torneiros, mas esse definitivamente não é o caso da Turquia.

      Excluir
  18. Acordei cedo para assistir o jogo entre Brasil e USA, mas quando vi o time reserva em quadra, voltei a dormir. rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem coloquei o relógio pra despertar.... tinha o pressentimento que o Zé ia fazer isso, rsrs

      Excluir
  19. Caramba fiquei assustado agora com o afronte da Egonu nas chinesas.. Fechou o terceiro sete e gritou na cara das chinglings.. No momento 2x1 para a China... Vamos p o 3 sete

    ResponderExcluir
  20. Caramba fiquei assustado agora com o afronte da Egonu nas chinesas.. Fechou o terceiro sete e gritou na cara das chinglings.. No momento 2x1 para a China... Vamos p o 3 sete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ri pacas desse afronte. Kkkkkk
      Agora o monstrinho italiano tá querendo entregar, Pietrini é nefasta no passe e Chirichella é medonha em todos os sentidos. VSF...

      Excluir
    2. Itália vai perder. kkkkkk
      Afrontar o time B da China é fácil, quero ver ela afrontar com o time completo. Até gosto das italianas, mas o jogo está medonho. kkkkk

      Excluir
    3. Daqui mas algum tempo a Fahr vai colocar a Chirichella no bolso bonito

      Excluir
    4. Chirichella sempre foi uma farsa. Ser capitã da Itália e fazer 3 pontos em 5 sets na final do Mundial foi fim de carreira.

      Excluir
    5. Minha torcida é pra Itália mas o voley apresentado nessa VNL tá longe do apresentado no mundial ano passado. Já tô achando que a Holanda será um adversário duríssimo no pré olímpico, coisa que não seria ano passado.

      Excluir
    6. A Holanda fez uma semi bem dura contra a Sérvia no Mundial, mas levou um passeio contra a China na disputa do bronze. O problema das laranjas é esse: não há um padrão de jogo na equipe. Mas a disputa contra a Itália no Pré-Olímpico está bem aberta.

      Excluir
  21. Tomara que o misto chinês vença. Quando eu digo que a Italia é mais mídia do que vôlei kkkkk. É uma renovação que parece mais promissora que a nossa, tanto que são vice campeãs do mundo. Mas, nunca foi isso tudo que pintam.
    Egonu é um monstro mas tem que passar na escola Zhu/Bosko de humildade. Eu sou fã dela, mas utimamente tá dificil, alguém leva a mana no psicólogo. Malinov devolva o prêmio de melhor levantadora que roubaram da Maja descaradamente no mundial. Centrais titulares são dois fubás, a reserva novinha é muito mais promissora. Sylla tem duas faces: tem dia que joga pra caramba, mas quando resolve não jogar....
    Pietrini é promissora, parece a sucessora da lenda Piccinini mas com esse passe não dá né amor? rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Sylla ta de Libero reserva !!!

      Excluir
    2. Sim, citei como exemplo por ontem especialmente. Sylla é um caso à ser estudado de irregularidade.

      Excluir
    3. Sylla no passe é uma tragédia.

      Excluir
  22. Queria essa Yanhan Liu jogando no Brasil. Acho uma boa atacante. Falando nisso, alguma chinesa já jogou no Brasil?

    ResponderExcluir
  23. Respostas
    1. A única seleção grande no Final Six 100% completa era justamente a Itália KKKKKKKKKKKKKKK

      Brasil e EUA estão com times mistos e a China com a equipe B.

      Excluir
  24. Vcs tem que ter mais confiança no Brasil, hj não tem mais essa seleção super boa e que foi quase como imbativel cuba anos 90 ou Brasil entre 2008 a 2010 Brasil só perdeu (2 vezes nesse período). Só Sérvia e China matem um pouco da regularidade atualmente

    ResponderExcluir
  25. Yanhan Liu e Xiaotong Liu brigando por vaga direta de 4° ponteira. As duas foram super porradeiras nessa fase final. Se brincar, uma das duas ainda pode pegar a vaga da Zhang Changning. A China, ao lado dos EUA, tem o melhor conjunto de centrais, a maioria destruidoras.

    ResponderExcluir
  26. As chinesas tb afrontaram horrores no 4set, a Gong, a levantadora(não sei o nome) e a central girafona (não sei o nome) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A levantadora é a Yao Di e a central é a Wang Yuanyuan.

      Excluir
  27. Itália A perdendo pra equipe B da China ???? ahhahahahhahahahahahahahhahahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      EUA/Brasil: times mistos;
      China: time B;
      Itália: 100% completa HAAAAAHAHAHAHAHSHDSDNJDAUF

      Se a Sloetjes chamar a responsabilidade e o time sacar bem, a Holanda pode vencer a Itália no Pré-Olímpico. Foi injusto as laranjas não sediarem o torneio já que estão na frente das italianas no ranking da FIVB.

      Excluir
    2. Seria um sonho russas , turcas e italianas sangrando no pré-olímpico europeu ano que vem! Hahahahaha

      E sim, foi bem injusto com a Holanda. Mas é a FIVB né? Padrão

      Excluir
    3. "Seria um sonho russas , turcas e italianas sangrando no pré-olímpico europeu ano que vem! Hahahahaha"

      KKKKKKKKKKKKKKKKKK SIM!!!

      E imagina se a Polônia vence em casa a Sérvia? SOS!
      Há coisas estranhas no time das sérvias para o Pré-Olímpico.

      http://www.melhordovolei.com.br/pre-olimpico-servia-define-grupo-de-olho-em-toquio-2020/?fbclid=IwAR24iWSO9fRC2V8ImTP8KzjrY4hZIpqHQ1YKAcRrkPyUd-gezeuQizs5POE

      Maja retorna, mas Zivkovic e Antonijevic seguem de fora. Mirkovic e Antanasijevic continuam com o grupo. Malesevic, Rasic e Stevanovic não voltam para o torneio. O Terzic é louco, logo não dá pra saber se essas ausências são por questões técnicas, de lesão ou de briga das atletas com ele.

      Lavarini terá um trabalho hercúleo para fazer a Coreia do Sul vencer a Rússia na Rússia e a China não vai ter dó da Whorquia.

      Excluir
    4. O ruim das Olimpíadas é que muita seleção boa fica de fora, enquanto que times que claramente não dão trabalho passam com facilidade, vide Argentina, Porto Rico e Camarões na Rio 2016.
      Uma Olimpíada babadeira, com muita confusão e gritaria seria:
      Grupo A:
      - China
      - Estados Unidos
      - Holanda
      - Rússia
      - Polônia
      - Coréia do Sul

      Grupo B:
      - Sérvia
      - Brasil
      - Itália
      - Turquia
      - Rep. Dominicana
      - Japão

      Seria um sonhoooo! Só jogão, do início ao fim. Briga pesada a cada jogo. Nenhum favorito, até porque o chaveamento da segunda fase seria improvável.

      Excluir
    5. Esses grupos aí seriam pesados, hein? O problema é que metade das seleções viriam da Europa. Elas são melhores do que Argentina e etc? Sim, mas os participantes da Olimpíada ficariam muito concentrados em um só continente.

      Excluir
    6. Eu tiraria a Coreia e colocaria a Alemanha, que no conjunto é melhor.

      Excluir
    7. Com a Alemanha 7 das 12 seleções seriam europeias SOS

      Excluir
  28. Já estão com medo da Rússia? Um importante estudioso da equipe masculina foi recentemente integrado a comissão feminina. A seleção russa irá adotar novos critérios de treinamentos. E o novo especialista irá trabalhar no sistema de defesa e estudar estatísticas, dados e analises das jogadoras. O objetivo é reforçar o sistema de defesa e recepção. Elas vão conquistar a vaga olímpica e seguir no aperfeiçoamento para chegar as semifinais olímpica. A Rússia estará praticamente completa no pré-olímpico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estamos mais em 2012, último ano em que essa seleção colocava 'medo' em alguém.

      Excluir
    2. O problema da Rússia não é material humano, dinheiro ou gente que sabe trabalhar. É o estilo de jogo que não rende mais o que rendia antes. Antes elas dominavam por ter um físico muito maior, hoje quase todas as grandes equipes cresceram, raras exceções. Saque e bloqueio pesado (isso aqui elas ainda são boas mas não é como no masculino que eles conseguem ganhar jogo praticamente nesse sistema). Falta de uma jogadora que segure o fundo de quadra como a Sokolova fazia. Até surgem novos nomes com muito potencial no ataque mas é incrível como até as liberos russas são, na maioria, medianas até no passe.
      O problema é justamente esse: os times da base russa são dos melhores do mundo. Mas todos são o mesmo de sempre: bola alta na ponta e seja o que Deus quiser. Sobre o grupo completo, mesmo com algumas limitações não faz vergonha e estou muito curioso para vê-lo no europeu. Aqui sim teremos um indício do que espera da Rússia ano que vem. (E apesar dos pesares, das tretas, afrontes, não é legal ver nenhuma grande escola do vôlei mundial se arrastando tanto, já bastou Cuba).

      Excluir
  29. QUE JOGO FOI ESSE? OBRIGADO SENHOR, EU SEI QUE TU ME SONDAS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 25-23 / 25-15 / 25 -10

      Olhem essas parciais, demos uma sova nas arrogantes!

      Lorenne titular amanhã SOS

      Excluir
    2. Hahahaha Nating Zhu estava sem paciência para turcas. Ainda bem que não acordei cedo em vão. kkk

      Excluir
    3. KKK

      Eu rezei pela Natália e ela felizmente correspondeu em quadra. A melhor coisa que o ZRG fez foi poupar a maioria das titulares ontem no jogo contra as farsantes. Essa foi uma das grandes diferenças entre a semi do ano passado em relação à partida de hoje.

      Excluir
  30. Que jogo da seleção, hein. A Akman não jogou nada!!! Quem diria a Lorene definindo... Paula começou muito ruim......O jogo contra as americanas fez bem pra Lorene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Paula não tem força nos ataques para uma oposta, aff. E a Lorenne tá bloqueando muito bem.

      Excluir
  31. Lorene afrontosa!!! Desce karakurt... Está dado o troco!! Eu dormi muito mal no ano passado depois daquela derrota na semi... Tínhamos ganho da China com autoridade e perdemos sem lutar para as turmas... Hoje meu time mostrou que temos camisa...Eu não quero nem saber o que vai acontecer na final.. Já estou de alma lavada....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ISSO! Espero que a outra semi vá pro tie e dure duas horas e meia KKKKK

      Excluir
  32. A vingança é um prato que se come frio. Só esse jogo já valeu pelo campeonato inteiro!

    ResponderExcluir
  33. Que jogaço do Brasil contra as turcas amarelas.... e Lorene hein?! Espetacular o que ela fez hoje. Pisamos nas debochadas!

    ResponderExcluir
  34. Paula Borgo,como sempre,amarelona em jogos decisivos!!! Lorene entrou e foi o "nome do jogo"! Lorene acabou com as turcas, bloqueou muito e atacou com vontade!

    ResponderExcluir
  35. 25 x 10 ??? Em uma semifinal ??? Que surra!!! Que vexame!!! Macris pôs as turcas pra dançarem jogando rápido com as centrais !!! Macris rainha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela PRECISA levar o prêmio de melhor levantadora!

      Excluir
  36. Um dos prêmios de melhor central já é da Bia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E um dos de melhor ponteira da Gabi <3

      Excluir
  37. Peguei tanto ranço dessa equipe turca que apenas essa vitória já lavou minha alma pelo campeonato inteiro...

    ResponderExcluir
  38. Uma atuação com o selo de qualidade de uma das maiores escolas do vôlei mundial. Habilidade, conjunto, técnica e equilíbrio. Turquia? Como foi lindo dar uma verdadeira sova nelas, não puderam fazer nada a não ser "deitar" e tomar essa linda aula de vôlei. Final é ótimo, mas esse jogo já valeu a liga das nações inteira e até mesmo boa parte do ano passado. A gente e especialmente elas precisavam disso. Lorenne tem muito potencial só precisa de mais confiança, espero que esse desencanto dela hoje e ontem seja perpétuo. Fada!

    ResponderExcluir
  39. Incrível a perseguição religiosa com a Paula Borgo, a garota fez uma VNL bem razoável, era mais do que lógico que não seria ela o desafogo da nossa seleção. De acordo com suas limitações e falta de ritmo e confiança gostei bastante da atuação dela, sem contar que tem uma técnica boa, mas lhe falta força no braço, característica imprescindível para uma oposta de nível internacional. Dou-lhe nota 6.
    Adorei o tombo das turquinhas, a humilhação foi tão grande que eu que sempre detestei elas com todas as minhas forças cheguei a ficar com pena a partir da metade do terceiro set. Mas já passou. Kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JAMAIS vou sentir um pingo de pena das cadelas turcas mwhahahaha

      Excluir
  40. Sobre o jogo contra a Turquia, espetacular!

    Queria destacar que o crescimento da Bia, além do próprio mérito, passa pela excelente Macris. Quem lembra as bolas da Roberta com Bia? Só largadas defensáveis... Macris é o cérebro desse time e merece o prêmio de melhor levantadora independente do resultado amanhã.

    Parabéns também ao Zé, pelo instinto e por saber mexer no time. Muitos os criticam, mas a comissão hoje foi muito bem também.
    Lorenne entrou bem e merece ser titular, mas será preciso paciência amanhã. Dar tranquilidade para menina, que tem muito potencial sim!

    No mais, Natalia a Gabi dão uma segurança sensacional para equipe e Leia também brilhando no fundo de quadra. Base do MG, vice mundial de clubes, com certeza leva esse título amanhã para o Brasil.

    ResponderExcluir
  41. Independente de qualquer resultado amanhã. O saldo dessa competição é surpreendente e positivo. De um time super desfalcado, sem confiança, com várias estreantes vimos o surgimento de muitos nomes para as próximas competições. O saldo em vários sentidos é melhor até mesmo que quando vencemos o grand prix 2017. Hoje o nosso banco parece bem melhor que ano passado também. Sim, precisamos de uma oposta babado (e felizmente temos). Mas, com mais confiança Lorenne pode sim voltar a assustar o mundo como fez no sub20. Paula se superou e mesmo não indo bem hoje deve sim ser parabenizada por ter segurado um tranco pesadíssimo. Ela também tem muito a crescer, espero vê-lá usando o melhor dessa experiência na superliga. No mais, ganhar da Turquia já seria maravilhoso, passar o trator então..... hahahaha O melhor foi o Guidetti pistola. Macris, patroa da Ozbay, escrevendo seu nome na posição e mostrando enfim na seleção toda a genialidade de uma das melhores levantadoras da atualidade. Enfim, vencendo ou não temos muito a comemorar a médio e longo prazo. O volei respira!

    ResponderExcluir
  42. Uma pena as chinesas não terem conseguido forçar o tie hoje. Vamos ter 5 horas a mais de descanso do que as farsantes para a final de amanhã. O caminho da vitória passa muito em tirar a Bartsch do jogo. Ela é a ponteira do US com o melhor ataque e a pior recepção. Temos que MASSACRÁ-LA no saque para tirar a velocidade do jogo americano. Independente do que acontecer, a semi contra a Whorquia lavou a alma e já valeu pelo campeonato inteiro <3

    ResponderExcluir
  43. China não ganhou das americanas mas usou a fase final para encontrar outras opções para o time principal e encontrou. Centrais e pontas a China tá muito bem servida. As duas "Liu's" são muito boas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As Yanhan Liu é maravillosa alem de ser linda bem barbiezinha. Pra mim, as duas Lius tão disputando a 4a vaga de ponteira na seleção titular.
      Seleções A e B dos Usa e China é de dar inveja.

      Excluir
  44. Que bom, Brasil na final da VNL 2019... é claro, com muitas coisas a serem acertadas...mas, acima de tudo, hoje contra as turcas foi um jogo de superação...de coletividade (que aliás, sempre foi uma marca de nossas seleções). Quem gosta e assiste voleibol, é capaz de notar que precisamos, urgentemente, fazer mudanças na estrutura de nossa confederação, repensar o trabalho na base e junto aos clubes... RENOVAR!!! Isto não significa desvalorizar as atletas que já tanto fizeram por este esporte...contudo, criar uma cultura de ciclos, fomentar a renovação e amadurecimento de nossas atletas antes da casa dos 25 anos...parar com essa cultura de "ainda é uma menina"... "não pode assumir essa responsabilidade"... SÓ PARA CONSTAR: hoje temos ZHU, BOSKOVIC e EGONU... como exemplos mundiais...antes dessa idade cita.
    Mas, fica aqui a menção honrosa de quanta galardia essas jogadoras, dentro de suas limitações, estão imprimindo em tentar representar o Brasil da melhor maneira possível!!! Independentemente do resultado do jogo de amanhã!
    Em tempo, que o resultado de amanhã não seja a crucificação ou a glória...
    Somos torcedores... devemos respeitar nossas atletas, mesmo considerando que, às vezes, uma ou algumas, não deveriam estar na seleção... AGORA, é fato que algumas seleções e/ou jogadoras adversárias são intragáveis...rsrsrrs.... ainda quando tem "moral", pois são fenomenais, ainda talvez dê para relevar....contudo, tem algumas que... p#$5q%¨p@&%$ SÃO SEM NOÇÃO MESMO...kkk a seleção turca, no momento, deve ser a mais indigesta... penso que, como são jogadoras jovens e campeãs na base... estão se achando sei lá o quÊ?!! kkkkkk ALGUÉM DEVERIA AVISÁ-LAS QUE AINDA NÃO GANHARAM TÍTULO EXPRESSIVO NA CATEGORIA ADULTO/PROFISSIONAL...KKKKKKK tem valor, mas ainda falta muito!!!
    Que o Brasil possa fazer um bom jogo nesta final!!!

    ResponderExcluir
  45. Concordo com tudo mais quem veio com esta de que jogadora abaixo de "25 anos ainda é uma garota"foi o ZRG pois me lembro bem quando o Bernadinho era técnico da SVF muitas jogadoras com 15,16 e 17 anos já estavam na seleção disputando o Gran Prix.

    ResponderExcluir
  46. Smarzek já voltou para a Polônia. Logo, quem deve levar o prêmio de melhor oposta é a Drews ou a Karade(cu)rt rssss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela competição deveria ser a Smarzek. Mas a FIVB não é parâmetro de justiça em premiação. Então que fique com a Drews, ela merece.

      Excluir
    2. Exato. A FIVB é esquizo nas premiações. Tem a cota dos patrocínios - Rasic - e a das loucuras - Sheilla melhor PONTEIRA no GP 2016 KKKK. Vamos ver o que eles irão aprontar amanhã.

      Excluir
    3. Maja esquecida no baile ano passado? Uma piada de péssimo gosto! Rsrsrs a mulher foi a chave para o título da Sérvia. E sim, esses dois casos também foram bem "surpreendentes" assim como alguns MVP's que nem a própria Natália entendeu como levou (2017) hahahaha

      Excluir
    4. Sim. Malinov levou o prêmio pelas estatísticas, mas a Maja foi mais decisiva no Mundial - o que é normal pela grande diferença de experiência entre as duas. O MVP do GP 2017 foi roubado da Tandara. Natália já tinha ganhado o prêmio na edição anterior e a Tandara foi mais decisiva ao longo do torneio de 2017.

      Excluir
  47. Liu Yanan poderia ser colocada de oposta no lugar da Gong ou da Zeng.

    ResponderExcluir
  48. Oso oso oso de virada é mais gostoso!!! Larson rainhaaaaaaaaaa here we go... USA? USA!!!!!! Que vitória mais lindaaaaa. Não tinha melhor modo de acabar esse campeonato. Virada completa, reprise do ano passado contra as turcas. Adoroooooo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste é ver quem tem gente que se presta a vim aqui comemorar a derrota do Brasil. Mais decepcionante que a derrota é não destacar a trajetória de um time desacreditado, que calou muita gente com apresentações surpreendentes e revelações de jogadoras (vide Tainara e Lorenne, que tem muito potencial a mostraram isso). Ficamos em segundo sim, com muito orgulho! E agora as meninas vão voltar com mais bagagem, prontas para seguirem calando críticos sem noção, como você!

      Excluir
    2. Cara não perde teu tempo com esse fudido. Ele engana quem achando que a vovó-tapete Larson é jogadora de alto nível. Foi pisada no turco pela própria companheira fubá Robinson. Larson só será titular em Tokyo se mudar para líbero, nível Amanda no ataque. Kkkkkkkkk

      Excluir
    3. Segundo anônimo cirúrgico. É muita coragem e a famosa síndrome de vira-latas. Larson entende de virada mesmo, a de Londres e da Rio contra a Sérvia devem assombrar suas noites toda a vida. Rsrsrsrs

      Excluir
    4. Larson tapete da Jaque e agora da Gabi.... hahahahaha
      Não nego, foi fundamental para vencer hoje. Mas já anda no truque faz tempo, uma hora a conta chega.

      Excluir
  49. Brasil adoçou, não tinha banco, ZR não soube barrar o jogo americano. Que técnico estranho, começou bem e orientou as jogadoras a sacar na Michelle, mas quando ela foi substituída, o Brasil se perdeu. Será que ele não estudou com as jogadoras as possibilidades americanas? Drews fez 33 pontos, nosso meio de rede dormiu? Parabens americanas universitárias pela superação de estar perdendo de 2x0 e virar o jogo. Isso com um time B...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês têm muita neura com isso de time B. Ano passado o time "b" americano que veio para o Brasil jogou mais que o A no mundial. Eles têm uma grande gama de jogadoras que acabam tendo níveis bem parecidos (com algumas sobressaindo de fato). Sobre universitárias é relativo, Thompson coloca no bolso e dobra as "A" Lowe e Murphy por exemplo.

      Excluir
  50. Só posso sentir orgulho dessa campanha de superação do Brasil. Não vencemos por detalhes. Mas, o saldo é muito bom. Lorenne renasceu das cinzas e merece um investimento da comissão para as próximas competições: defende, bom saque, bloqueio, com mais confiança e nossa famosa "ginga" ela vai voar. Mara e Bia cresceram muito, ambas têm suas deficiências mas acabam se complementando e já mostram que assim como nos EUA,China e Sérvia (as novinhas dessa temporada são muito boas no bloqueio) a briga pelas vagas de centrais nos jogos olímpicos será muito boa. O erro aqui foi ter deixado a Carol sem ritmo deveria ter vindo na fase turca, fica a lição.
    Ainda precisamos encontrar uma ponteira que segure o tranco quando acontecer um imprevisto como hoje, infelizmente essa ponteira não é a Amanda(que cumpre bem dentro dos seus limites a sua função) ,que o Zé cuide muito bem da Tainara ela pode ser um belo desafogo para um ataque que anda sofrendo. Das veteranas meu retorno mais ansioso é Brait e Garay, ambas são os detalhes que andam faltando em jogos como o de hoje. Natinha vem com tudo para o próximo ciclo, com todo o respeito à Suelen mas hoje ela é a quarta opção considerando a volta da Brait. Minha única reclamação é a dificuldade de ousar do Zé, a partir do momento em que a Mara ficou marcada poderia ter tentando a Mayany que tem entrosamento e não é tão conhecida, Zé é um monstro tirou leite de pedra em vários momentos, mas paga pelo conservadorismo. Enfim, após um ano trágico como ano passado finalmente o sol volta a brilhar nos ares brasileiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não admiro o Zé e acho que ele comete os mesmos erros de sempre. Ele sobrecarrega um time titular até perder jogadoras por lesão e não dá reais oportunidades a muitas jogadoras que precisam de rodagem para entrar numa final e dar conta do recado caso necessário. Nos EUA, as jogadoras entram e saem e todas dão sua contribuição porque tiveram suas oportunidades na fase de classificação, já no Brasil, o Zé demora muito a mexer no time e tem jogadoras que ficam no banco o tempo todo, aí quando acontece uma lesão, elas estão sem o ritmo de jogo necessário que poderia ser explorado na fase de classificação.

      Excluir
  51. Chicleteiras malditas sortudas do CARALHO. Tiveram a sorte da promessa ter os ossos de vidro. Se não, seria um 3x0 acachapante. Pobre Gabi, obviamente seria impossível carregar o time sozinha contra as chicleteiras que mesmo sendo uma seleção longe de ser imbatível tem um time bem homogêneo, mas que está bem longe do favoritismo em Tokyo.
    Estou com mais raiva que triste, pois foi muito injusto essa saída da Natalia, que no Eczacibasi tem tudo pra encerrar sua carreira antes das Olimpíadas de Tokyo, aquele time é um açougue.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me preocupo com Gabi também. A liga turca é um açougue. Rsrsrs

      Excluir
    2. Se Natália se lesionou novamente, a culpa é toda do Zé sobrecarrega o time. Por que Zé não fez como a maioria dos técnicos, inclusive Kiraly e Lang Ping, e rodou o time na fase de classificação? Se o Zé sabe que Natália tem histórico de lesões por desgaste, por que Zé sobrecarregou tanto Natália na extensa e cansativa fase de classificação? Quem quebrou a Natália mais uma vez foi a teimosia do Zé em não rodar o time!
      E Léia também foi sobrecarregada porque o Zé não punha Natinha pra revezar com ela.

      Excluir
  52. A libero americana ganhou como melhor libero (era melhor ter feito a FIVB louca e dado para a Larson/dona do fundo de quadra americano hahahahaha) A turca merecia o prêmio ela é muito boa, ou talvez a Leia que apesar das panes fez uma boa fase final. Mas, três brasileiras na seleção do campeonato e com méritos. Drews MVP muito justo finalmente eles têm uma oposta de respeito.

    ResponderExcluir
  53. Drews acabou com o jogo! 33 pontos!!! Está aí o motivo da obsessão do Kiraly por opostos canhotas. É muito difícil marcar uma oposta canhota e Kiraly não abre de ter suas canhotas no time! Parabéns à Drews que deu show nessa final e o MVP foi mais que merecido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo! A entrada está para as destras assim como a saída está para as canhotas. Drews deu o nome nesse campeonato. Após o corte ano passado, ela veio pra ser absoluta nessa posição. Arrasou com muita velocidade e braço pesado. Amei a atuação dela, de fato a melhor.

      Excluir
  54. Se começar um jogo tomando 2x0, depois empatar esse jogo e virá-lo para 2x3 for sorte... Pelo amor de Deus! É muita falta de reconhecimento e frustração pela vitória alheia, até porque a vitória só é válida e concreta quando é o Brasil que ganha né?! Façam-me o favor.
    E outra, não é porque a pessoa é brasileira que tem que torcer pro Brasil não. A gente torce pra quem quiser e vibra mesmo quando nosso time ganha.
    Bjossss o título é das rainhas chicleteiras woooooow!!! Título merecisíssimoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A lesão da Natália foi um fator de sorte para o US sim. E vai tomar no cu.

      Excluir
    2. Vergonha no crédito ou débito? Rsrsrs

      Excluir
    3. Débil mental assim como as sem-ouro olímpico tiveram o azar de ficar sem a Foluke nas semifinais da Rio 2016, o mesmo aconteceu conosco hoje, sem Natália.
      Com a Akinradewo em quadra as chicleteiras órfãs teriam passado pelas flageladas sérvias e dificilmente teriam perdido para as Xing lings na final. Para nossa SORTE isso não aconteceu. As chicleteiras continuam sendo CHACOTA em Jogos Olímpicos. Kkkkkkk

      Excluir
    4. As cadelas vão continuar sem ouro olímpico ano que vem e a gente vai se vingar delas na Copa do Mundo em setembro.

      Excluir
    5. A saída da mancalia não determinou a derrota, até porque elas ganharam o segundo set sem ela.
      O problema foi o banco que não estava inteiro. ZR não rodou o banco e forçou um time titular só na cabeça dele.
      Kiraly tinha banco, a ponto de nos vencer com duas ponteiras de preparação. Que coisa...
      E mais, ZR não conseguiu parar a Drews e seus 33 pontos? Ruim de táticas hein...
      Michelle saiu e o Brasil ficou sem ter em quem sacar. ZR não estudou isso antes? As garotas ficaram perdidas.
      Parabéns aos Estados Unidos que colocaram as novatas para jogar.
      Enquanto isso, ZR traz de volta as harpias da breguice...

      Excluir
    6. Quem entrou no lugar da Natália? Amanda que não fez UM ponto se quer sendo titular por dois sets. Daí no desespero o ZRG bota a Tainara para jogar o tie. Logo, é muito visível que o time sentiu demais a saída da Natália. Mas não dá para negar que foi um resultado surpreendente para uma equipe toda desfigurada por pedidos de dispensa e lesões. A maior preocupação agora é a presença da Natália para o Pré-Olímpico.

      Excluir
    7. Se o Brasil não tinha um banco à altura o problema não é das americanas, que pelo contrário tinha, mas sim do ZRG. Tainara passou a maior parte da competição no banco, enquanto a Podremanda jogava no lugar da Natália, erro que foi crucial nesse jogo.
      Os Estados Unidos, diferentemente, tinha no banco ótimas opções, e opções que estavam preparadas para entrar a qualquer momento, pois já estavam jogando em partidas anteriores. Como o Kiraly teve uma excelente visão de jogo, sacou a Bartsch e a Ogbogu, que estavam extremamente marcadas, e trouxe a experiente Larson, pra reforçar a recepção, e a Dixon, que marcou muito bem as bolas de meio da Mara. Com isso, o Kiraly conseguiu derrubar o ZRG com duas ponteiras de composição e uma oposta extremamente imparável.
      Vitória do time que melhor soube respeitar a "coletividade" do esporte, e que soube preparar toda a equipe ao longo da competição para a fase final, todas chegaram inteiras. Foi, mais uma vez, um lindo campeonato das USA's.

      Excluir
    8. É muito fácil falar em 'coletividade' sobre uma equipe DESFIGURADA desde o começo do torneio por causa de inúmeros pedidos de dispensa e lesões. É fato que os EUA têm muitas opções de atletas e que o ZRG é um técnico ultrapassado, mas nessa VNL ele teve MUITOS problemas para compor o elenco. No caso da Natália, por exemplo, tínhamos Amanda e Tainara disponíveis para substituí-la. Por motivos óbvios, não dá para comparar com a Larson que entrou no lugar da Bartsch. Mas deixar estar que o Brasil sempre consegue se vingar das sem ouro olímpico.

      Excluir
  55. Como assim deram o prêmio de Melhor Oposto pra Ebrar KaradeCú??? Roubaram o prêmio de Melhor Oposto da louraça canhota Andrea Drews pra dar pra essa KaradeCú??? Como assim??? Drews foi injustiçada!!! Drews muito melhor que a KaradeCú!!!

    ResponderExcluir
  56. Nunca pensei que escreveria isso: Rosamaria fez falta nessa VNL. #envergonhado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Drussyla tbm. Ela faria um papel melhor que a Amanda ao substituir a Natália.

      Excluir
  57. O ideal seria a Natália ficar sem jogar a próxima temporada de clubes para descansar o corpo para Tóquio. Ou então ter continuado no Minas que tem um ótimo departamento médico. Mas não, ela foi se enfiar no Ecz carniceiro que quase acabou com a carreira da Thaísa. Que Deus a proteja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ideia maluca ridícula! A Natália não jogar em clube é uma ideia ridícula! Se Natália vai jogar no Eczacibasi é porque lá é que ela vai ganhar dinheiro! São os clubes que pagam os salários das jogadoras e é graças aos clubes que temos voleibol! Quem está errado não é o clube, quem está errado é o Zé Roberto que põe Natália pra jogar essa longa e cansativa fase de classficação e quebra a jogadora. Zé Roberto poderia muito bem ter rodado o time durante a longa fase de classificação e poupado algumas jogadoras para as finais. Por acaso vc não viu o trabalho de revezamento de jogadoras que Kiraly e Lang Ping fazem? A culpa pela lesão por desgaste da Natália é toda do Zé Roberto! Se o Zé Roberto tivesse usado jogadoras como Julia Bergman ou Regiane durante a fase de classificação, evitaria lesionar a Natália.

      Excluir
    2. Vou guardar esse comentário se acontecer alguma coisa grave com a Natália no Ecz. Espero obviamente que não ocorra nada, mas os times turcos são MUITO displicentes no cuidado com as atletas. Tanto que a Natália, durante a última temporada pelo Fener, teve que contratar um preparador físico de FORA do clube (marido da Sonsirma) por causa do joelho.

      Em relação à fase de classificação, a Natália jogou:

      2 sets contra a Alemanha, 1 contra a Coreia do Sul, 1 contra o US, 1 set contra o Japão, 2 contra a Tailândia, 2 contra a Sérvia, 2 contra a Itália, 3 contra a Bélgica e 3 contra a Turquia.

      ZRG é um cretino, mas não explorou a Natália ao extremo. Ontem ela jogou super bem contra a Turquia. Quem poderia prever que acabaria sentindo a PANTURRILHA e não o JOELHO hoje?

      Excluir
    3. Kiraly realmente rodou o time, mas é muito fácil de Lang Ping quando a China, mesmo automaticamente classificada para o Final Six, jogou QUATRO das cinco etapas da fase classificatória em casa.

      Excluir
    4. ...é muito fácil falar* de Lang Ping...

      Excluir
  58. Só pra ver a enorme diferença entre Kiraly e Zé Roberto. Zé decidiu não participar da Copa Pan-Americana que está acontecendo neste momento no Peru, já Kiraly não! Kiraly resolveu participar tanto da Liga das Nações quanto da Copa Pan-Americana, ambas as competições com times mistos de jogadoras profissionais e universitárias. Ontem, por exemplo, depois que o time misto do EUA venceu a China na Liga, o outro time misto dos EUA venceria mais tarde a Colômbia pela Copa Pan-Americana. Com isso as jogadoras universitárias dos EUA ganham rodagem e experiência com as profissionais tanto na Liga quanto na Pan-Americana. O time dos EUA que é favorito ao Ouro também na Pan-Americana está jogando com profissionais como Micha Hancock,Rachael Adams,Madison Kingdon,Hannah Tapp,Karsta Lowe,Danielle Cuttino,Wong-Orantes entre outras universitárias,é um time fortíssimo também,que muito bem poderia ser Campeão da Liga também e como marca do Kiraly tem sua oposto canhota que é Karsta Lowe. Com isso, Kiraly tem inúmeras opções de banco e põe todo mundo pra jogar em 2 torneios diferentes ao mesmo tempo, atitude completamente diferente do Zé Roberto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Brasil não tá jogando a Copa Pan pq o torneio é um lixo (quem acompanhou a organização da edição de 2018 sabe do que eu estou falando) e pq a CBV está FALIDA, afundada em escândalos de corrupção. A participação de ambos os naipes esteve ameaçada nas competições do ano passado justamente por falta de grana da confederação brasileira. Conseguiram o dinheiro apenas pq valia duas vagas para o Pan. Há tbm o caso da CSV tendo que intervir financeiramente na FIVB para o Brasil sediar o Pré-Olímpico pq não deu para contar com o dinheiro da CBV. A CSV fez isso para nós nos classificarmos antecipadamente para Tóquio e, com isso, abrir uma segunda vaga para outra equipe sul-americana no classificatório continental. Abra a cabeça e analise todo o contexto da situação antes de querer lacrar aqui.

      Excluir
    2. Preferível dar rodagem na Copa Pan-americana do que sediar esse Pré-Olímpico ridículo. Gastar dinheiro à toa com um Pré-Olímpico falido é a maior burrice. Nem que o Brasil quisesse estaria fora da Olimpíada, pois no Pré-Olímpico Sul-americano nunca que Peru, Argentina ou Colômbia eliminariam o Brasil. Mais vantagem seria o Brasil dar rodagem às novatas na Copa Pan-americana e na Liga das Nações para poder confiar no banco assim como o Kiraly confia no seu banco, pois ele realmente tem várias jogadoras testadas em jogo, ao contrário do Zé Roberto que não dá oportunidades pra ninguém. O que Natinha foi fazer nesse Final Six da Liga, por exemplo? Natinha foi só esquentar banco? E Mayany? Também foi só esquentar banco? Zé Roberto é retrógado e ultrapssado.

      Excluir
    3. Você realmente não tem noção ALGUMA do que está falando.

      "Ain, mas tem o classificatório continental." Você parou para pensar que precisaria INTERROMPER a SL no meio por causa dessa porra de torneio? É um desgaste muito grande e desnecessário levando em conta que existe a possibilidade de conseguir a vaga em Tóquio já mês que vem. E você quer mesmo comparar aquele lixo de Copa Pan, que nem os próprios países da NORCECA consideram direito, com a competição que pode garantir a nossa classificação antecipada para nada menos que a OLIMPÍADA? Faça-me o favor.

      Natinha jogou contra o US na fase de grupos, teve a oportunidade de mostrar o seu trabalho. Mayany realmente poderia ter sido melhor aproveitada nas duas fases da VNL.

      Excluir
  59. Lá vem ele(a) L.MESQUITA querendo a Regiane Bidias denovo na seleção so porque ela foi campeã no fortíssimo e disputadíssimo campeonato Polonês,agora deixando as ironias de lado amigo(a) vá ao youtube pesquise Regis sendo bloqueada pelas centrais nanicas do Peru no Pan de 2007.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKK Sim. E é essa mesma escória que de maneira hipócrita 'implora' por renovação.

      Excluir
    2. A questão não é renovação, a questão é dar oportunidades de novatas jogarem ao lado de veteranas e adquirirem experiência. Nos EUA, Kiraly põe univesitárias para jogarem ao lado de veteranas como Jordan Larson mesmo em uma final de campeonato. No Brasil, vemos Natinha e Mayany esquentarem banco sem ter oportunidades de entrar em uma final ou semifinal.

      Excluir
    3. Era para a Mayany ter entrado no lugar da Carol.

      Carol deveria ter jogado a etapa 5 para pegar ritmo. Foi para a fase final muito crua. Não entendi pq ela pegou férias mais longas do que as outras.

      Excluir
  60. Estamos em 2019 e não em 2007. A Regiane que foi Campeã Polonesa passando por bloqueios de mais de 1,90m e, mesmo assim, sendo a maior pontadora das finais, não é a Regiane de 2007. As jogadoras treinam e evoluem, não queira comparar 2007 com 2019. VocÊ parau 12 anos atrás. Regiane nunca seria contratada para jogar na Itália se ela não estivesse jogando muito bem e enfrentando os altíssimos bloqueios da Liga Polonesa que só tem mulher alta. É a mesma coisa que querer detonar a Julia Bergman sem querer dar reais oportunidades a ela.
    Será que a Amanda de 1,80m é melhor que a Regiane de 1,90m para estar no banco da seleção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regiane já era, vira a página. E quem deveria estar no lugar da Amanda na seleção é a Mari PB, só o paneleiro não vê isso.

      Excluir
  61. Nathing Zhulio e Tombara não carregam mais time nenhum nas costas, logo Sheila e Fabiana se juntaram a seleção mas não sei se conseguiram o mesmo desempenho de antes. Espero que consigam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é claro que sempre há os ingratos que não sabem reconhecer o que a Tandara fez pela seleção na primeira metade do ciclo olímpico.

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)