Jogos Olímpicos de Tóquio 2020: Seleções & Elencos

No próximo dia 25, as 12 seleções femininas de vôlei que participarão da Olimpíada de Tóquio entrarão em quadra. Classificado como sede, o Japão recebe China, Estados Unidos, Brasil, Sérvia, Itália e Comitê Olímpico da Rússia pelo Qualificatório Mundial e Turquia, Argentina, República Dominicana, Coreia do Sul e Quênia como campeões dos Qualificatórios Continentais.

12 seleções compõem grupo olímpico que brigará por medalha em Tóquio (Foto: edição própria)


Confira abaixo o que cada seleção definiu para os Jogos:


China 

Participações Olímpicas: 9

Melhor resultado: 1º (84, 04 e 16)

Técnica: Lang Ping

Liderada por Ting Zhu, China é completamente favorita ao título em Tóquio (Foto: FIVB)


Levantadoras: Xia Ding e Di Yao

Opostas: Xiangyu Gong e Yanhan Liu

Ponteiras: Ting Zhu, Changning Zhang, Yingying Li e Xiaotong Liu

Centrais: Xinyue Yuan, Ni Yan e Yuanyuan Wang

Líbero: Mengjie Wang


Estados Unidos

Participações Olímpicas: 11

Melhor resultado: 2º (84, 08 e 12)

Técnico: Karch Kiraly

Jogo coletivo e acelerado dos EUA é o grande trunfo da seleção de Kiraly (Foto: FIVB) 


Levantadoras: Micha Hancock e Jordyn Poulter

Opostas: Andrea Drews e Jordan Thompson

Ponteiras: Jordan Larson, Michelle Bartsch, Kelsey Robinson e Kimberly Hill

Centrais: Foluke Akinradewo, Haleigh Washington e Chiaka Ogbogu

Líbero: Justine Wong-Orantes


Brasil

Participações Olímpicas: 11

Melhor resultado: 1º (08 e 12)

Técnico: José Roberto Guimarães

Reestruturado, Brasil promete brigar por medalha no Japão (Foto: FIVB)


Levantadoras: Macris Carneiro e Roberta Ratzke

Opostas: Tandara Caixeta e Rosamaria Montibeller

Ponteiras: Fernanda Garay, Gabriela Guimarães, Natália Pereira e Ana Cristina Souza

Centrais: Ana Carolina Silva, Caroline Gattaz e Ana Beatriz Corrêa

Líbero: Camila Brait


Argentina

Participações Olímpicas: 1

Melhor resultado: 9º (16)

Técnico: Hernan Ferraro

Argentina chega a sua segunda participação olímpica da história (Foto: FIVB)


Levantadoras: Victoria Mayer e Sabrina Germanier

Opostas: Eugenia Nosach e Erika Mercado

Ponteiras: Yamila Nizetich, Elina Rodriguez, Daniela Bulaich e Antonela Fortuna

Centrais: Julieta Lazcano, Bianca Farriol e Candelaria Herrera

Líbero: Tatiana Rizzo


Quênia

Participações Olímpicas: 2

Melhor resultado: 11º (00 e 04)

Técnico: Luizomar de Moura (Brasil)

Quênia conseguiu derrubar algozes e voltar aos Jogos depois de 12 anos de ausência (Foto: FIVB)


Levantadoras: Jane Wacu e Joy Lusenaka

Opostas: Sharon Kiprono e Emmaculate Chemtai

Ponteiras: Mercy Moim, Noel Murambi, Leonida Kasaya e Pamela Jepkirui

Centrais: Gladys Emaniman, Lorine Chebet e Edith Mukuvilani

Líbero: Agripina Kundu


República Dominicana

Participações Olímpicas: 2

Melhor resultado: 5º (12)

Técnico: Marcos Kwiek (Brasil)

Dominicanas chegam a Tóquio em seu melhor momento do ciclo (Foto: FIVB)


Levantadoras: Niverka Marte e Camil Dominguez

Opostas: Brayelin Martinez e Gaila Gonzalez

Ponteiras: Bethania De La Cruz, Prisilla Rivera e Yonkaira Peña

Centrais: Jineiry Martinez, Annerys Vargas e Lisvel Eve

Líberos: Brenda Castillo e Larysmer Martinez


Itália

Participações Olímpicas: 5

Melhor resultado: 5º (04, 08 e 12)

Técnico: Davide Mazzanti

Com holofotes em Egonu, Itália sonha com inédita chegada à semifinal olímpica (Foto: FIVB)


Levantadoras: Ofelia Malinov e Alessia Orro

Oposta: Paola Egonu e Indre Sorokaite

Ponteiras: Caterina Bosetti, Miriam Sylla e Elena Pietrini 

Centrais: Raphaela Folie, Cristina Chirichella, Anna Danesi e Sarah Fahr

Líbero: Monica De Gennaro


Japão

Participações Olímpicas: 12

Melhor resultado: 1º (64 e 76)

Técnica: Kumi Nakada

Ciclo confuso das anfitriãs impõe pouco medo, mas é sempre bom respeitar o Japão (Foto: FIVB)


Levantadoras: Kanami Tashiro e Akii Momi 

Opostas: Ai Kurogo

Ponteiras: Mayu Ishikawa, Sarina Koga, Yuki Ishii e Kotona Hayashi

Centrais: Erika Araki, Mai Okumura, Haruyo Shimamura e Nichika Yamada

Líbero: Mako Kobata


Rússia (Comitê Olímpico)

Participações Olímpicas: 5

Melhor resultado: 2º (00 e 04)

Técnico: Sergio Busato (Itália)

Rússia foi uma das seleções que mais enfrentou problemas no ciclo, a maioria criados por ela mesma (Foto: FIVB)


Levantadoras: Evgeniya Startseva e Polina Matveeva

Opostas: Nataliya Goncharova e Anna Lazareva

Ponteiras: Irina Voronkova, Arina Fedorovtseva e Kseniia Smirnova

Centrais: Irina Zaryazhko, Irina Fetisova e Ekaterina Enina

Líberos: Anna Malova e Daria Pilipenko


Sérvia

Participações Olímpicas: 3

Melhor resultado: 2º (16)

Técnico: Zoran Terzic 

Campeã do Mundial, Sérvia vem sem nenhuma surpresa positiva para Tóquio (Foto: FIVB)


Levantadoras: Maja Ognjenovic e Sladjana Mirkovic

Opostas: Tijana Boskovic e Ana Bjelica

Ponteiras: Brankica Mihajlovic, Bojana Milenkovic, Bianka Busa e Jelena Blagojevic

Centrais: Milena Rasic, Mina Popovic e Maja Aleksic

Líbero: Silvija Popovic


Coreia do Sul

Participações Olímpicas: 11

Melhor resultado: 3º (76)

Técnico: Stefano Lavarini (Itália)

Coreia junta pedaços para se despedir de Kim, sua maior estrela da história (Foto: FIVB)


Levantadoras: Hyejin An e Hyeseon Yeum

Opostas: Heejin Kim e Jiyun Jeong

Ponteiras: Yeonkoung Kim, Jeongah Park, Hyohee Lee e Seungju Pyo

Centrais: Hyojin Yang, Eujin Park e Suji Kim

Líbero: Jiyoung Oh


Turquia

Participações Olímpicas: 1

Melhor resultado: 9º (12)

Técnico: Giovanni Guidetti (Itália)

Guidetti tenta repetir sucesso olímpico holandês com a Turquia em 2021 (Foto: FIVB)


Levantadoras: Naz Akyol e Cansu Ozbay

Opostas: Ebrar Karakurt e Meryem Boz

Ponteiras: Hande Baladin, Meliha Ismailoglu, Tugba Senoglu e Seyma Ercan

Centrais: Eda Erdem, Zehra Gunes e Kubra Akman

Líbero: Simge Akoz

Comentários

  1. Post maravilhoso!!! Deixei de acompanhar vôlei há algum tempo e precisava me atualizar!!! Muito obrigada!!!

    ResponderExcluir
  2. Vc colocou como melhores resultados da Rússia o terceiro lugar em 00 e 04, mas elas foram vices em ambas as ocasiões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou do post, seja bem-vinda de volta ^^

      Obrigado por avisar sobre a Rússia, já editei =]

      Excluir
    2. A Rússia é a herdeira legitima de todos as conquistas da ex URSS. A FIVB considera os inúmeros títulos da URSS como sendo da Rússia. A jogadora Artamanova e tantas outras, como foi a Kirilova, assim como o lendário técnico Karpol são exemplos de personalidades que viveram e ganharam campeonatos sob a denominação URSS, mas que seguiram nas disputas como Rússia. É na Rússia que se localizam os Museus, a Federação, os centros desportivos, as estatuas de heróis do vôlei, com a Gamova etc A Liga da URSS sempre foi sediada na Rússia etc Rússia, portanto é a maior detentora de títulos mundiais e olímpicos.

      Excluir
    3. Tudo isso com um esquema super sofisticado de dopagem tbm desde a época da URSS. A atual punição que a Whossia levou merecidamente da WADA não é à toa e reflete o comportamento sujo e antidesportivo desse país que persiste há décadas.

      Excluir
    4. O último anônimo, das 00:24, foi cirurgico! Comentário perfeito que resume a história da Rússia no esporte! Tomara que se f*** em todas as modalidades esportivas que participarem, principalmente no vôlei feminino e masculino, indoor e de praia.

      Excluir
    5. O karma/fundo do poço das whossas será ficarem fora das quartas em Tóquio, se Deus quiser.

      Excluir
  3. Lá vamos nós... Haja coração...

    ResponderExcluir
  4. A Rússia foi vice campeã olímpica em 00 e 04.

    ResponderExcluir
  5. Tem alguma seleção no qual vocês, se pudessem, fariam alguma alteração quanto a escalação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Várias. Tô escrevendo sobre isso, mas ainda não achei o melhor jeito de relacionar essas mudanças ^^"

      Excluir
  6. Única coisa chata nessas Olímpiadas será a falta de público. Lamentei bastante.

    Coisa boa é que começam em julho... por mim toda Olímpiada começaria em julho pq é o mês que dá para eu melhor acompanhar, pois estou de férias. Agosto é complicado demais, tive que me desdobrar para acompanhar a Rio 2016.

    ResponderExcluir
  7. Sharon Kiprono é a chumba?

    Se fosse apostar, eu colocaria

    1º China
    2º Estados Unidos
    3º Brasil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A própria. Chepchumba é o nome do meio da Sharon, mas ela usava Kiprono e posteriormente passou a usar Chumba.

      Também vejo assim. Até então, minha aposta era China, EUA, Itália e Sérvia nas semi, mas vendo a Itália jogar, acho que mesmo se o Brasil passar em segundo, consegue vencê-las.

      Um Brasil x EUA nas quartas quebraria isso né, já que 2º e 3º é por sorteio.

      Excluir
    2. Gustavo Aguiar, depois de ver os amistosos entre Servia x Itália, me deu esperanças. Acho que o Brasil t time pra brigar, China realmente está acima dos demais, até pelo tempo de preparação. Se não ocorrer zebras, China pode ser campeã atropelando todo mundo igual o Brasil em 2008 e igual em 2019 na Copa do Mundo, mas ... Eu torço pra zebras acontecerem e o Brasil entrar no páreo. Uma final entre Brasil x China é real.

      Excluir
    3. Muito mais interessante seria uma final entre EUA e China, que são as que estão jogando mais bola no momento! Nível altíssimo, embora um jogo bonito de ser ver seria EUA e Itália na final, ainda mais que são duas das seleções que nunca obtiveram um ouro olímpico e iriam brigar até o limite do impossível para consegui-lo!

      Excluir
    4. E irão continuar sem ouro olímpico lol.

      Excluir
  8. Solo a esperar ese gran dia suerte a todas.

    ResponderExcluir
  9. O grupo de sérvia foi mal montado. Não acredito que fiquem entre os quatro primeiros.

    ResponderExcluir
  10. Brasil se jogar o seu máximo, sem erros bobos, pode sim brigar pela medalha de bronze e tem condições de ficar com essa medalha!!
    Não quero que as Sapas Arrogantes Turcas e as Petulantes Italianas ganhem, muito menos as Servias Caminhoneiras e Chicleteiras Malucas kkkkkk
    Boa Sorte Meninas!!!
    Boa Sorte Zé Roberto!!!
    Boa Sorte Brasil!!!
    Vamos......
    Chorem Pocs Bernadetes Solitárias

    ResponderExcluir
  11. Sylla irá jogar Tóquio com uma peruca azul q. Egonu está com uma lace super lisa. Boz continua pintando apenas parte do cabelo tbm de azul qq.

    ResponderExcluir
  12. i really want to win one the the european team. i prefer serbia and italy. specially italy. i love paola egonu. she is the best attacker in the world. but i believe that the decision of their coaches to not play in vnl is the thing wich they destroys them. i saw their matches and they dont play good volleyball. i hope to play better in the olympics

    ResponderExcluir
  13. Gentem, acabei de encontrar alguns jogos da Rio 2016 no Youtube com a narração do surtado do Rômulo Mendonça (que narrador show!!!), nunca vou superar: "Uma deusa, uma louca, uma Fetisova..." kkkkk e reassisti o 4º set contra as chinesas (pois não me atrevo jamais a assistir o tie break, tô chorando aqui) e que JOGAÇO, assim como Brasil vs Rússia foi a final antecipada de Londres 2012, essa partida contra as chinesas foi a final antecipada de 2016.

    E pensar que era só ter tirado a Sheilla e colocado Jaque pra passar e deixar Nating FOOOOOORA do passe, era apenas isso. Sheilla virou uma única bola e ainda no truque nesse set, quer dizer, as ponteiras ficaram sobrecarregadas, pois além de passar ainda tinham que fazer o serviço da oposta, Zé Panela é teimoso demais, PQP!!! Até a Gabi era melhor opção que a Sheilla. Que ódio da PRR do Zé Panela e finalizando CefaLeia estava maravilhosa no passe, mas uma peneira rasgada na defesa. Aff!!!

    Mais tarde vou reassistir, Brasil vs França, outro jogaço e na narração do Rômulo deve ter sido o auge da zoação e do deboche. Tô bem em dúvida de onde assistir os Jogos de Tokyo, pois gosto das narrações tradicionais do Sportv, mas o Rômulo é um show a parte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, aquele 4 set foi teeeeenso demais. Realmente um grande jogo.
      Não podemos esquecer também que o Brasil estava praticamente com o 2 set ganho e perdeu por bobeira. Se tivesse ganho aquele 2 set, as coisas teriam ocorrido de outra maneira... :/

      Excluir
    2. Me passa o link de Brasil vs França, também quero reassistir

      Excluir
    3. https://youtu.be/yzOMNLK0mfA

      Excluir
  14. A renovação russa será finalizada após as Olimpíadas. O processo ja começou. Há novatas que irão estrear pela seleção e entre elas tem a jogadora Fedorovtseva. E, pós jogos será definido um treinador de verdade!! A RUS já tem o material. E no Mundial Sub 20, foi revelado ao mundo, uma excelente oposta, que já apresentou suas credenciais ao longo do campeonato!! As russas eliminaram o Brasil da semifinal em uma surra por 3 x 0, sob o comando de 2 revelações: Akimova e Chernova e hoje a KIMova arrebentou com 35 pts!!! A AKIMOVA é uma jogadora ao estilo Gamova!! com afrontes e gritos no ataque!! Imagina a dupla Arina Fedoretseva e Akimova em breve!!! Há outros nomes. Quanto a atual seleção, elas irão jogar a vida nas quartas de finais!!!

    ResponderExcluir
  15. Akimova é a principal pontuadora do Mundial Sub 20 e a principal atacante. Estar obtendo as mesmas conquistas da selecionável Arina nas categorias de base. A jogadora ainda em plena evolução!! A Rússia virá repleta de jogadoras tops!! Nas Olimpíadas, a atual composição já definida, provavelmente encontrarão o Brasil nas quartas de finais. Se n for contra as russas, as brazucas irão ter que enfrentar as italianas e quem sabe ate a CHINA ( Ping pode provocar esse encontro, se ela quiser) e as russa querem pegar as brazucas!!! Goncharova, nelas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boatos que as novas revelações russas tem tudo para trazer de volta a hegemonia russa, posto esse que foi usurpado pelas sortudas de Londres em 2012, citarei o nome e a altura dessas jogadoras.

      CUmova, levantadora de 2,12m

      MELDONIUMNova, oposta de 3,45m

      QUINAmova, ponteira de 2,57m

      PANTUFAmova, ponteira de preparação com 2,23m

      CONEnova, central da rede de 2, com 4m

      EMBUSTEmova, central na rede de 3, com 3,99m

      E a libero, PIROKAnova de 2m de altura.

      Comandadas pela técnicas Kosheleva, especialista no passe e Sheshenina especialista no levantamento e defesa.

      Fonte: surtos do russo que não fala russo e mal fala português. Kkkkkk

      Excluir
    2. GOLD Rússia 202118 de julho de 2021 16:05

      Goncharova vai pegar elas!!!! Quartas de finais vem ai

      Excluir
    3. Isso se a Rússia conseguir passar para as quartas .....

      Excluir
  16. Ainda existem por aqui as Viúvas da Bernadete enlouquecida....
    Chorem suas Pocs Solitárias....
    Zé Roberto é Teimoso e muitas vezes fica "cego" em alguns jogos....mas é o único Tri Campeão Olímpico que o Brasil possui!!
    As Bernadetes não conseguem admitir as viradas Cubanas em 96 e 00 que acabaram com as Brazucas comandadas pelo "karpolzinho" kkkkkkkkkk Mireia e Torres mandam beijos até hoje!!!!
    Boa Sorte Meninas!!!
    Boa Sorte Zé Roberto!!!
    Boa Sorte Brasil!!!
    Chorem Bernadetes enlouquecidas kkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Brasil perdeu o amistoso para a Itália por 3x1.
    Eu por fora: Foi só um teste.
    Eu por dentro: Estamos ferrados.
    Kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Zé perdeu de propósito, assim como perdeu a VNL. Ele quer que as adversárias nos subestimem pra trazer o ouro pra casa.
      Estrategista que fala?

      Excluir
  18. Reassisti a final olímpica passada e é nitido com a Nating Zhu com erros medonhos, afundou a seleção assim como a SheLINHA, que fazia ataques a 10km/h.
    ZRG é teimoso ao extremo! Capaz de repetir na Toquio tudo de novo.

    ResponderExcluir
  19. Sin duda alguna claramente China es la favorita a ganar la medalla olímpica, pero hay que tener en cuenta a una selección norteamericana que tambien es muy fuerte con un armado rápido y pasadores sumamente hábiles, Espero que Brasil recupere un poco mas la confianza como lo viene haciendo, por ser dos veces sub campeones olímpicos, tambien van a dar la pelea, pero para mi criterio, la final va ser CHINA VS EE.UU

    ResponderExcluir
  20. Parabéns pelo post Gustavo.

    Pra mim, pelo que jogam atualmente, incluindo o que deu para depreender dos amistosos (foi o que deu pra ver das seleções que não levaram o time titular pra VNL), acredito que China, EUA, Brasil e Itália tem bola e time pra levar medalha. Vejo como difícil o ouro não ir pra China. Prata e bronze serão bem disputados. Mas não esqueçamos que é olimpíada e tudo é possível. Meu pódio, hoje 21/7, seria:
    1º China
    2º EUA
    3º Brasil

    ResponderExcluir
  21. Seria legal colocar a média de idade das seleções!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)