A atuação histórica de Tandara e os erros táticos do Praia: Sesc é campeão da Copa do Brasil

Mais uma vez, eu digo: o Rio é o favorito da temporada, não só para a Copa do Brasil, como para a Superliga. Não é torcida, é histórico: a gente alia o histórico de Bernadinho e dessa comissão técnica à melhor atacante brasileira de todo o ciclo 17-20 e finalmente uma das levantadoras mais habilidosas do Brasil. O Rio tem uma fórmula difícil de ser batida.

Ninguém consegue derrubar táticas melhor do que o Praia e ontem pareceu que seria um desses times. As mineiras ganharam o primeiro set e tiveram vantagem em pelo menos outros dois, mas não conseguiram segurar. O jogo do Rio nem foi tão tático, mas individual: o passe sai e Fabíola procura Tandara. 40 pontos em 4 sets, recorde brasileiro e uma atuação individual impecável da oposta. 

Tandara marcou 40 pontos na vitória sobre o Praia Clube (Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV)


Mas as perguntas que ainda estou me fazendo sobre essa final são das táticas do Praia. Bernardinho percebeu que Peña não estava bem e sacou a dominicana do jogo, colocando Drussyla no sacrifício. Infelizmente a CBV não disponibilizou estatísticas da Copa para que eu dê os números exatos, mas o Praia bombardeou Amanda no saque. Qual é o sentido? Em qualquer situação neste time, Amanda é a ponteira de composição, a jogadora que vai ter mais obrigação de passar do que atacar. É assim no clube, é assim na seleção.

E olha que Natinha já havia sofrido no passe no terceiro set contra Bauru, mas o Praia deveria ter pensado em sacar em Drussyla, sem ritmo, voltando de lesão, sendo que já não é especialista no assunto. Isso sem contar que a ponteira não chegou sequer a 5 pontos nos quatro sets em que jogou. Mas Amanda foi caçada no saque e correspondeu, passando muito bem. Parece que só Carol percebeu que Drussyla era o melhor alvo, enquanto o resto do time continuou sacando em Amanda, que continuou entregando na mão. 

Mesmo com bom aproveitamento no passe, Amanda foi o alvo do saque praiano durante todo o jogo (Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV)


Do outro lado, Bernardinho caçou Laís. Adoro ela, cresceu muito, melhorou muito, mas não acho que ela é melhor do que a Suellen em nenhum ponto. Talvez Laís defenda melhor, mas não passa tão bem (sofreu e estourou vários saques cariocas ontem) e também não tem agilidade para fazer um bom levantamento. Não conseguiu encarar Tandara ali na paralela também. Sinceramente, eu prefiro Suellen.

E o Rio nem fez um jogo tão burocrático, nem um pouco heterogêneo. Repito: passe, levantamento, Tandara. Se eu tivesse uma jogadora de dois metros, eu colocaria ela na frente da oposta carioca. Um jogo fraco nas pontas, dos dois lados. Minha preocupação fica com Fernanda Garay, que vem jogando muito abaixo do seu potencial. Acho que faltou uma atacante que colaborasse com a atuação maravilhosa de Martinez e eu também teria arriscado mais tempo com Ananda... 

Tandara mira mãos de Garay na tentativa de explorar bloqueio da rival (Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV)


Por fim, percebi que o Praia respeitou muito o Rio. Era perceptível nas comemorações, a vibração carioca e as expressões sérias do Praia, que pareciam de concentração, mas eram tensão mesmo. O Rio não é um multi-campeão porque tem sempre os melhores elencos, mas porque sabe trabalhar contra os melhores elencos. E mais uma vez, fez isso. 

Comentários

  1. Graças a Deus podemos ver este show de Tandara e Fabíola. Parecia que ela estava com sangue nos olhos, ainda mais do buzz após a boa partida de Sheilla e novamente um fantasma de voltar pra seleção. Não que Tandara precise provar nada, a vaga é dela, o ciclo dela é muito bom e tá cravada na titularidade (só espero que não chegue cansada após a desgastante superliga).
    Fabíola outro show a parte, acredito que a regularidade dela é o que convence, jogos muito bons e colabora bastante para o esquema de qualquer grupo (mas não posso esconder minha preferência pela ousada e menos burocrática Macris! Pra mim ela é vaga certa, se não for pra Olimpíada, será o a 'nova' injustiça do ciclo).

    No mais, Amanda faz um feijão com arroz esperado e ouso dizer que se o Rio não tivesse Tandara seria um 3-0 pro Praia.

    Agora é esperar os playoffs da SL e torcer pra que MG e Praia se encontrem em quadra, senão será mais um título merecido de Bernardo, o rei do Brasil.

    ResponderExcluir
  2. É impressionante como Pri Daroit sempre pipoca nas finais, é uma jogadora de fase classificatória, uma pena, pois é a jogadora brasileira com braço mais quente, inclusive, em minha opinião com maior potência no ataque de todas.

    Só eu acho estranho a china da Carol? Estranho o deslocamento dela. Jogadora esforçada, mas nem de longe lembra a sua época do Rio, a bicha bloqueava demais naquela época. Claudinha ainda não está jogando o máximo que pode ainda e mesmo no seu melhor não faria frente à pastora, que nem é tão espetacular assim. Não temos no Brasil hoje nenhuma levantadora espetacular.

    Pode ser uma visão somente minha, mas nunca vi uma jogadora jogar com tanta preguiça ontem como a Fernanda Garay, estava com cara de 06 horas de uma segunda-feira. O que acontece? Não deve querer ou estar disposta a mais uma olimpíada.

    Acho que Laís sentiu a pressão, e a Suellen, tão habilidosa, me pergunto até hoje como não consegue ficar em forma. Difícil cobrar da Waleska, joga bem pra quem tem 40 anos, mas para uma equipe com as ambições do Praia não serve mais, pra dizer a verdade não entendi o Praia ter contratado a mesma novamente. Quanto a Martinez maravilhosa. E Tandara provando que é a melhor oposta brasileira da atualidade, Bernadinho precisa agradecer muito ela, sem Tandara tenho dúvidas se daria Rio.

    No mais, parabéns Gu, você é um fofo.

    ResponderExcluir
  3. Só espero que não seleção ela consiga pontuar assim

    ResponderExcluir
  4. Não entendi o motivo de Ananda não ter sido utilizada.

    ResponderExcluir
  5. Assim como Boskovic tem uma melhora absurda nas mãos da Maja, Tandara com Fabíola idem. Povo achando que a briga da Amanda pela vaga olímpica seria com a fada Jaque, mas parece que Garay é quem corre o risco de ficar fora. Desde a temporada passada Garay passa longe de merecer o altíssimo salário, boatos que era o mais alto da Superliga.

    ResponderExcluir
  6. Rio como sempre jogou como um time, não vem com essa de que Tandara jogou sozinha pq é mentira, o que a Drussyla, Amanda e Natinha defenderam não foi brincadeira.
    Mesmo a Drussyla no sacrifício entrou e fez mais que a Pena, ajudou muito no fundo de quadra e em relação a Fabiola, não há o que dizer, no momento de decisão da bola pra quem vira, não tem o que inventar.
    Milka e Juciely foram regulares como sempre, amei o tocasso que a Milka deu na Garay no 3 set.

    ResponderExcluir
  7. Tenho curiosidade de como ficaria a combinação Nicole + Martinez + Garay em uma decisão. O poder de ataque do Dentil, na teoria é o melhor da superliga, mas essas jogadoras ainda não atuaram juntas em nenhum dos jogos de decisão. Em 2018, o vôlei Nestlé em Gramado, foi campeão justamente com as ótimas atuações de Fabíola e Tandara. Espero que para o restante da SL o SESC continue na crescente, porque se for depender só de Tandara, vai ser presa fácil para os outros times.

    ResponderExcluir
  8. O RJ cozinhou o Praia com Amanda, Drussyla e Natinha. A Tandara fez a festa.

    ResponderExcluir
  9. Juciely bem efetiva ontem também!

    ResponderExcluir
  10. Acho muito injusto dizermos que o Rio sem Tandara não teria vencido. O Praia sem Martinez também seria presa fácil pra qualquer um. A questão é que as 7 atletas do Rio jogaram mais que as 7 do Praia.

    Tandara > Martinez
    Amanda > Daroit
    Drussyla > Fe Garay
    Natinha > Suelen
    Fabíola > Claudinha
    Milka > Walewska
    Juciely > Carol

    Embora o time do Praia seja mais qualificado e tenha mais opções, o Bernardinho consegue tirar o máximo de suas jogadoras, especialmente nas decisões, e elas não pipocam.
    Na minha visão, portanto, é irrefutável dizer que o título passa pelas mãos de Tandara, mas as contribuições de uma Fabíola precisa, de duas centrais consistentes e de um fundo de quadra que passou e defendeu muito ajudaram e muito nessa conquista.

    Para a Superliga, sinto que o Rio é o carrasco da Praia, que é carrasco do Minas, que é carrasco do Rio. A primeira posição vale muito, pois o Minas vai se fortalecer e parece ter a fórmula para derrotar o Sesc.

    ResponderExcluir
  11. Claudinha como sempre foi o calcanhar de Aquiles do Praia nos momentos de decisão, como o próprio Zé disse: Deixa de ser burra”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A culpa não foi da Claudinha, é bem verdade que a Fabíola trabalho melhor com as meios, mas o segundo lugar do Praia não passa pela conta da Claudinha.

      E sobre a Ananda, enquanto a Claudinha estava de recuperação da lesão, ela foi titular em vários jogos, e os levantamentos estavam mais previsíveis e mais lentos também. E se o Paulo Coco não colocar a Claudinha desde já para pegar ritmo, ela não chegará bem aos play-offs que é onde realmente o time precisará dela no seu melhor.

      Excluir
  12. E ainda tinha gente duvidando da titularidade da Tandara em Tóquio, pelo amor de Deus. A dúvida na saída é quem será a reserva e só. Lorenne, Rosa e Sheilla que lutem kkk.

    ResponderExcluir
  13. As bolas da pastora para a Tandara no ponto! ZRG não tem para onde correr: é Fabíola e Macris em Tóquio. Dani Lins já é campeã olímpica e Roberta fica para o próximo ciclo, se for o caso.

    ResponderExcluir
  14. Tandara fez um grande jogo, mas o mérito da vitória é da Drussyla! Se a Pena permanecesse, iria ser um 3x0 para o praia. Ela mudou o jogo, tudo fluiu melhor após sua entrada. Vamos dá a Cesar o que é de César.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns à Tandara pela atuação, vem sendo uma das principais jogadoras da superliga mais uma vez, mas ainda assim, não sei se vai conseguir carregar a seleção nas costas na Olimpíada. Ainda não vimos nenhuma atuação espetacular dela pela seleção, contra uma seleção forte como EUA, Itália, Sérvia ou China. Espero que ela consiga, pois vamos precisar dela. Gabi sofre com bloqueios altos e não sabemos se poderemos contar com Natália em condições. O Brasil vai precisar da Jaque (ou Amanda) pra fazer passagens de fundo de quadra no lugar da Natália. O Brasil só terá chances se tiver passe na mão pra usar a Thaísa e não sobrecarregar a Tandara. Os times da superliga têm dificuldade pra marcar a Tandara, mas algumas seleções estrangeiras têm bloqueio/defesa pra isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. What? Tandara jogou muito no GP 2017, principalmente nas semi contra a Sérvia e na final dividiu a responsabilidade com Natalia que por essa partida foi escolhida injustamente como MVP, Tandara mereceu muito mais, até Bia que teve uma temporada espetacular mereceria mais que a nossa promessa.

      E na VNL 2018, com ela vencemos duas vezes a China completa, uma por 3x2 na fase classificatória e um sonoro 3x0 no final six, onde nas duas partidas ela disparado nossa melhor jogadora, mas as chinesas devolveram o 3x0 na disputa do bronze. Sem contar que por pouco não teríamos virado aquele jogo na Copa dos Campeões.

      Realmente contra as chicleteiras, Tandara tem mais dificuldade, mas tem que ser muito hater ou idiota pra afirmar que Tandara nunca joga bem contra as seleções do topo.

      Excluir
    2. Vdd. Tandara fez grandes jogos pela seleção, inclusive teve sua melhor fase da vida em 2017. Também não me conformei em Natália ser a MVP naquele ano, creio que ela só ganhou o prêmio pq tinha rodagem internacional, pq ainda que o Brasil não tivesse sido campeão, por justiça o prêmio seria da Tandara.

      Excluir
    3. Não sou hater nem idiota. Ofender é coisa de quem não tem argumentos. Nesses jogos que você mencionou, China e Sérvia não estavam completas. Lang Ping e Zoran Terzic nunca escalam força máxima em Grand Prix. E Tandara não carregou o piano sozinha.

      Excluir
    4. Tá sabendo legal! Servia estava sem a Maja e China sem Zhang, assim como também não estávamos completos, ninguém carrega um piano sozinho no voleibol, bebê. E você tem toda razão, realmente você não é um hater.

      Excluir
    5. Concordo com o anônimo das 18:25. Aquele jogo da Tandara no final six contra a China com Zhu e tudo em 2018 não me sai da cabeça. Poucas vezes eu vi a seleção fluir tão bem após 2014 como vi naquele jogo. A final do GP 2017 contra a Itália também foi um jogo espetacular da seleção, mais uma vez com a Tandara arrebentando. Então eu também vejo que ela joga sim contra as grandes seleções.

      Excluir
  16. Pessoal, palavras do Zé pra mim ontem. Não se trata de trocar uma velha por uma nova e sim levar a melhor do que a pior. Jogadoras que ao meu ver estão descartadas Dani Lins, Roberta, Mara, Bia, Carol,Adenizia, Suelen, Lorenne, Drussyla, Amanda e Rosamaria.
    As 12... Macris e Fabíola, Juma será chamada e preparada pro próximo ciclo. Fabiana, Thaisa, Juciely ou Carol Gattaz. Natália, Gabi, Garay e Jaque. Brait.
    Natinha será preparada pro próximo ciclo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juciely fora de Tóquio seria uma injustiça tremenda, pois está, ao lado de Thaísa, muito acima de Bia, Mara, Fabiana, Adenizia e Carol

      Excluir
    2. Na bola, Jucy e Thaisa titulares. As outras que lutem...

      Excluir
  17. Do jeito queno Zé panela é do contra , é capaz que ele leve as ruins e deixe as boas, fiquem vendo

    ResponderExcluir
  18. https://www.youtube.com/watch?v=lM9WwtYVhNA

    Coloquem em 7:35. A bola vem girando mais do que os dois toques da Roberta depois da ótima defesa da Amanda e a Fabíola levanta maravilhosamente bem do fundo para a Tandara no outro lado da quadra. Pastora é a melhor do Brasil nos levantamentos altos e longos e Macris nas bolas rápidas. As duas precisam ir para Tóquio. Quando uma flopar, a outra tem plena capacidade de mudar realmente o jogo, pois ambas possuem qualidades bem diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, o engraçado é que sempre vejo má vontade de narradores e comentaristas do SporTV com a Fabíola, se fosse o surtado do Sérgio Maurício teria elogiado bastante essa jogada da pastora, mas os modinhas de rede sociais só sabem encher a bola do Bruno Souza e suas frases de POC, para mim Sérgio Maurício, Luis Carlos Jr e Jader são os melhores narradores de voleibol do SporTV.

      Fabi comentando desperta vergonha alheia, ela já soltou essa pérola: "tal jogadora (não lembro quem) é minha amiga pessoal". Kkkkkkk

      Carlão de longe, o melhor comentarista, Marco Freitas é ótimo, mas fala pra CRL, sem contar o clubismo descarado e babação com certos jogadores, com o Bruno, por exemplo.

      Excluir
    2. Por mim não teria narradores. O som natural do jogo já basta. Marco Freitas é um clubista nojento.

      Fabíola vai ser recompensada pelo corte horroroso de 2012 agora em 2020, tenho fé!

      Excluir
  19. Garay vem bem abaixo há algum tempo. Acho que Amanda não tá morta na disputa olímpica como muitos pensam, hein? Jaque obviamente voltou para o páreo e Drussyla é uma incógnita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quinassyla não consegue pontuar nem enfrentando o bloqueio morto da Walewska, imagine contra os arranha-céus chineses, sérvios, italianos e etc. Drussyla só para o próximo ciclo e olhe lá.

      Excluir
    2. Drussyla está voltando de uma cirurgia na canela.

      Excluir
    3. Segundo anônimo,

      Obviamente tbm não convocaria a Drussyla para Tóquio, mas sabemos bem como o ZRG é louco. Temos que considerar todas as possibilidades de acordo com o que pensa o técnico e não com as nossas vontades.

      Excluir
    4. E Pri Daroit não tem chances também??

      Excluir
    5. Espero que nenhuma chance. oh jogadora pipoqueira

      Excluir
  20. Eu lembro que o Gustavo já fez 2 matérias aqui eu acho falando que o Praia por 2 ocasiões já quis contratar à Fabiola, mas não deu, alguém pode me lembrar o que aconteceu ?? Já esqueci, pq na minha opinião o Praia só precisa de uma levantadora tipo Fabiola ou Macris para dar certo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São problemas políticos, entre empresas que gerenciam carreira. Fabíola é ligada a SB community, assim como tandara, bjelica, Casanova, kosheleva, brankica, carcases, etc. Pode perceber que as jogadoras que jogam no SESC, Osasco costumam já ter jogado em um mesmo clube ou mesma liga. Se eu não me engano essa empresa é a msm dona do Volero Zurich. Quem manda no Praia é Alessandra Menga - AMMA, por isso a dificuldade de movimentar Fabíola pro Dentil Praia Clube.

      Excluir
    2. Fabíola não foi contratada pelo Praia na temporada passada porque quem estava a agenciando era o Rodrigo Reis namorado da Karine Guerra. Como existe um entrave pelos processos judiciais de Tandara e Karine contra a equipe mineira, ambas empresariadas também por Rodrigo, Fabíola fechou com o Baurú.

      Excluir
    3. Se o ZRG levar realmente as melhores em atividade, o Brasil tem chance de medalha.

      Excluir
    4. Voloch também falou sobre isso, acho que as jogadoras do Praia têm todas a mesma empresária e ela ameaçou tirar todas as jogadoras de la se eles contratassem a Fabiola ou uma coisa assim

      Excluir
  21. O Praia cometeu o mesmo erro na final que o Minas cometeu nas semi: não soube sacar e não fez a marcação correta de bloqueio. O jogo do Praia é bem marcado para entrada e saída com poucas variações na pipe com a Martinez. Nos dois jogos, por causa do passe B, a bagunceira quase não usou as centrais e o jogo ficou muito previsível. Do outro lado, o Bernardo adotou a mesma estratégia de sempre: pouquíssimo erro de saque, saque direcionado (na Laís e Daroit, sentiram a pressão) e bloqueio posicionado para amortecer. Claro que a atuação magistral da Tandara contribuiu demais para o título do Rio mas deve ficar uma frustração muito grande pra comissão técnica das praianas ver o melhor elenco do país ser destruído praticamente por uma jogadora. Mérito desta, da inteligência do Bernardo, da objetividade da pastora e do comprometimento do restante pois as outras fizeram seu feijão com arroz muito bem feito pra destronar as mineiras. Vamos esperar a SL para ver se o Praia aprenderá com os erros!

    ResponderExcluir
  22. Garay sempre some em Finais, foi assim em Osasco, na Seleção, etc.. o tecnico demorou p trocar as Centrais... No Rio, da agonia ve a Milka em quadra, um peso morta que não bloqueia e nao ataca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Milka tem tudo pra ser a Ju Nogueira do meio de rede.

      Excluir
    2. Faz tempo que Garay não joga nada,sempre entrega ,foi assim em Osasco .Não vejo ela na seleção não merece ser convocada pois não joga nada ! Martinez jogou sozinha pelo praia !

      Excluir
    3. Triste ver uma queda de qualidade de uma jogadora dessa. Assim a vaga vai cair no colo da Jaque e Amanda.

      Excluir
    4. Jaque já tem vaga assegurada, apesar de não ser fã dela, melhorou muito e fundo de quadra ninguém tem feito ela. Só não vai pra Tóquio se houver alguma briga entre ela e o Zé. A vaga da Garay é ameaçada pela Amanda e ninguém mais.

      Excluir
    5. Concordo... Drussyla e outras... Carta fora do baralho.

      Excluir
  23. Seleção Brasileira para Tóquio 2020:
    Macris e Fabíola
    Tandara e Sheila
    Thaísa, Fabiana e Gattaz
    Gabi, Natália, Jaqueline e (Drussyla e Amanda)
    Camila Brait

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu acredito nessa formação:
      Fabiola e Macris
      Tandara e Sheilla
      Thaísa, Fabiana e Juciely
      Gabi, Natália, Garay e Jaque
      Brait
      So tenho dúvida entre a terceira central, que no caso aí, é a Juciely (por mérito, as titulares seriam a Thaísa e a Jucy, mas se tratando do Ze...)

      Excluir
    2. Onde que Jucy pelo jogo deveria ir? Jamais...
      Carol que nem é a minha opção aparece na frente dela nas estatísticas...
      Também não é minha opção, mas a Bia deve ir com Thaisa e Fabiana, fez o ciclo todo e a Jucy desde 2016 não joga pela seleção.

      Excluir
    3. Outro ponto, Garay no banco é melhor opção que Amanda e Drussyla.
      Natália e Gabi titulares, Jaque pra dar confiança e Garay seria opção também. Tá fechado!
      Garay só não vai se não quiser... Teremos uma mescla de 2016 com duas levantadoras ótimas (Macris e Fabíola) e uma líbero jogo o fino que a Brait. Nossas melhores opções e é isso. Vamos torcer.

      Excluir
    4. Garay?? Garay não vai mesmo pra Tóquio! Gabi, Natália e Jaqueline estão praticamente garantidas em Tóquio, a quarta vaga na ponta será decidida entre Drussyla e Amanda!! Garay está definitivamente fora!

      Excluir
    5. Centrais serão as gigantes de mais de 1,90m, Taísa, Gataz e Fabiana, as 3 Torres Gêmeas do Brasil!

      Excluir
    6. Eu respeito a opinião de geral, mas não consigo enxergar que Amanda e Drussyla são melhores opções que Garay. Não que isso faça a diferença, pq qualquer uma das três, confirmando Natália/Gabi/ Jaque só entrarão em casos de vexame total das outras três ponteiras ou num jogo mais fácil pra poupar as titulares. Neste caso sim, talvez Amanda vá pra sacar e torcer bastante pro time titular (obs: nada contra a jogadora, gosto dela, mas não é melhor opção que Garay nem aqui nem no Japão). Drussyla boa jogadora pra Paris 2024 e pro próximo mundial.

      Excluir
    7. Se Zé fosse convocar pra Olimpíadas por merecimento as liberos seriam a Natinha ou a Nyeme que no momento estão melhor que a Brait, sem mimimi são apenas fatos

      Excluir
    8. Vc dizer que Carol e Bia são mais constantes que Juciely, anônimo de cima... Tu assiste a mesma superliga que eu? Juciely só perde na bola no atual momento pra Thaisa, no demais, é bem mais completa que todas as outras. Não é sua melhor temporada, mas ainda assim, é melhor do que as demais centrais selecionáveis.

      Excluir
    9. " Eu respeito a opinião de geral, mas não consigo enxergar que Amanda e Drussyla são melhores opções que Garay"

      Você não consegue enxergar amado, porque elas realmente não são. Garay jogando 50% do que sabe é melhor que Amanda e Drussyla, essa última não consigo entender até hoje tanta bajulação em cima, é uma pipoqueira, toqueira e quinadeira.

      Excluir
    10. Pra encerrar sobre Jucy, ela é mediana para os padrões internacionais.
      Respeito a tua opinião, mas não acho que mereça a vaga.
      Gattaz, Fabiana (pela experiência) e até Adenizia estão na sua frente.

      E sobre Carol, não sou eu que digo, ela está na frente nas estatísticas. Bia não me agrada, mas fez o ciclo e Jucy não, é simples. ;)

      Excluir
    11. Entendo. Hoje, ela pode ser mediana, mas na média geral entre ataque e bloqueio, só fica abaixo da Thaísa. Quanto às estatísticas da CBV, não me iludo com isso, pois nem no auge Dani Lins, Fabiola ou Fofão, ganharam prêmio de melhores levantadoras da superliga.

      Excluir
    12. Há, tem mais: para os padrões internacionais, so tem a Thaísa, na atualidade. As demais estão abaixo, inclusive a Fabiana.

      Excluir
  24. O que eu acho mais impressionante é que em 4 anos de ciclo, um monte de jogadoras nao conseguiram se firmar na seleção.... Roberta, Bia, Mara, Amanda, Drussyla, Suelen, Rosa. Ainda bem que temos essas veteranas, que não aguetarao outro ciclo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode-se criticar as atuações de Bia, e dou até razão, mas não dá pra dizer que nesse ciclo olímpico ela não se firmou na seleção. Ela se firmou muito mais que Adenizia.... Duvido que Zé Roberto não a convoque para Tóquio.

      Excluir
    2. Bia com certeza se firmou como a nova queridinha do Zé, mas não por mérito. Nem venham com esse blá blá blá de boa bloqueadora, inadmissível uma central pingar tanto, além de ser pesada.

      Excluir
  25. Tombara e Nathing zhulio divam na liga nacional, quando vão nos campeonatos internacionais, pipocam !
    Conhecidas

    ResponderExcluir
  26. Acho que a Cláudia não está no nível do time que tem o Praia, a Martínez fazia milagre com aqueles levantamentos, o bola chegando baixa pra Garay não tem como virar com o Block do sesc, os levantamentos para as centrais estão muito ruins, o principal problema do Praia é sim levantadora (s).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A culpa é toda do Paulo coco. Ele é q insiste em Claudia! Claudia erra muito nos finais de set, após o vigésimo ponto! Quantas vezes já vi o Praia perder sets equilibrados até o vigésimo ponto por causa de erros da Dona Claudia nos finais de set!
      Repito, a culpa é do Paulo Coco, Ananda tem que ser a titular e Claudia só deveria entrar nas inversões do 5x1, e mesmo assim nunca nos finais de set!

      Excluir
    2. Lógico que o culpado é o Paulo Coco, afinal de contas é ele que teimosamente deixa a Claudinha de titular enquanto a Ananda é muito mais segura que a inconsistente Claudinha!

      Excluir
    3. Thaísa é o fenômeno dessa Superliga 2020! Melhor atacante, melhor bloqueadora e melhor sacadora da Superliga! Monstro!!!
      Paulos Coco é o tecnécio mais ridículo do Praia! Põe logo a Ananda de titular e esquece a Claudinha!

      Excluir
  27. Os síndromes de vira-lata defecando pelos dedos, dizendo que Fabiana não joga mais nada, certamente devem ser baba-ovo da Rasic, que está numa fase deplorável, ontem por exemplo, no atropelo do Vakif sobre a chacota Scandicci (Bauru italiano) ela teve uma atuação desastrosa, pelo menos de acordo com as estatísticas, só assisti uma pequena parte do jogo, Gabi com um passe primoroso, recebendo pouquíssimas bolas e a Barbie sueca derrubando tudo, muitas vezes por cima do bloqueio. Sloetjes em fim de carreira, não vira mais nada, uma pena, pois simpatizo com as pândegas holandesas.

    P.S.: Maja Rivotril está com saque rente a rede perigosíssimo, as passadoras estão com uma enorme dificuldade com esse saque, muitas vezes as centrais são as que estão passando a bola, todo cuidado é pouco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs Bauru italiano foi boa

      Excluir
    2. Verdade, Adenizia trocou um Bauru por outro kkk

      Excluir
    3. Sinceramente eu amo a Adenízia, ela é a minha favorita, ela joga com paixão pelo vôlei, é lindo de ver.
      Mas não sei o que ela foi se meter de fazer no Sesi/Bauru !!! Minhas orações não tem dado conta.

      Excluir
  28. Rasic, de fato despencou! Impressionante como foi de uma das melhores do mundo a uma central mediana e tudo isso, numa única temporada.

    ResponderExcluir
  29. Que central turca era titular ao lado da Erdem na seleção antes da chegada da Gunes ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Akman e mais antigamente Bahar Toksoy.

      Excluir
    2. coitada da Eda kkkk essas duas são um cone kkkk

      Excluir
    3. uma pena a Akman. Era uma central muito promissora. durou muito pouco na seleção turca.

      Excluir
    4. Akman sempre se destacou pelo bloqueio, parado principalmente, porque era meio "pesadona", no deslocamento não era lá essas coisas, e no ataque... Pífio! Gunes e Erdem formam uma dupla ótima de centrais, apesar de assim como a Rasic, a Erdem ter caído de rendimento.

      Excluir
  30. No quesito central, Thaísa é hoje, disparada, a melhor do mundo.

    ResponderExcluir
  31. No quesito central, Milka é hoje,disparada,a pior do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mão de alface tadinha, sempre sinto como se ela não estivesse à vontade ou com um certo "medo" em quadra, coitada também, só pega técnico asno.

      Excluir
  32. Gente, para tudoooo. Vocês viram o que a Dani Lins falou da arbitragem: "Eles tem medo do Bernardo". A bicha tem meu respeito agora. Depois dessa até a levaria pra Londres kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops, Tóquio. Empolguei tanto kkk

      Excluir
    2. ridícula como sempre, cuspindo no prato que já comeu, tudo bem que o Bernardo exagera mas ela não precisava falar assim de alguém que contribuiu muito pra carreira dela.
      Houve uma semi entre rio e osasco em que uma bola da Gabizinha foi muito dentro e o juiz deu fora, pq naquele momento a Pani Lins também não reclamou ??
      Dani ultimamente ta se achando muito, ela tem que admitir que o time dela é péssimo até pq já é a segunda vez ela temporada que elas cometem esse erro de posicionamento, sem contar que nem sequer cumprimentou a Tandara na rede, que desnecessária

      Excluir
    3. Pani Lins simplesmente ridícula, zero humildade. Esqueceu o voleibol na bagagem de Londres, teve um raro lapso na final do Grand Prix 2016 e continua se achando a única levantadora olímpica, adoro ver ela sendo pisada pela fada pastora.

      Credito a ela, Natalia e Zé Panela nossa eliminação precoce na última olimpíada.

      P.S.: Jaque e Tandara são as jogadoras que as companheiras mais tem recalque, Thaisa mesmo marrenta sempre curte as postagens das duas primeiras mencionadas.

      Excluir
    4. Vocês são doentes, primeiro anônimo certíssimo. Ninguém aqui está falando da qualidade da Dani, todos sabemos como ela anda mal faz tempo, mas sobre o Bernardo ela disse a verdade, disse o que todos tem medo de dizer, palmas pra ela.

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)