Mazzanti mostra insatisfação com apresentação de Pietrini ao Scandicci: 'soou mal'

Há 10 dias atrás a Federação Italiana (FIPAV) anunciava a dispensa de Elena Pietrini por decisão da atleta. A ponteira de 19 anos alegou estar cansada mental e fisicamente, sem condições de ajudar a Itália por completo no Campeonato Europeu. O técnico da seleção, Davide Mazzanti, até respeitou a decisão da jogadora, mas perdeu a paciência nesta semana. 

Tudo porque o Savino Del Bene Scandicci, time que Pietrini defenderá na temporada 2019/2020, postou uma foto da jogadora nos treinos com a equipe, uma semana depois do pedido de dispensa da seleção (há quem diga que no dia 19 o Scandicci postou a foto da apresentação de Elena, mas apagou o post).

O fato irritou Davide Mazzanti, que se pronunciou sobre o assunto, quando perguntado em entrevista coletiva. "Não falamos muito disso com a equipe, mesmo que o grupo estivesse disposto a ajudar Elena em um momento de dificuldade. Eu a vi em treinamento com o seu time, e ela é totalmente livre para fazer suas escolhas, mas isso soou mal para mim, porque foram apenas cinco dias (de folga). Se ela estava tão cansada, era necessário mais tempo de descanso. Isso é algo que temos que discutir com a equipe", disse o técnico.

Davide Mazzanti mostrou não estar satisfeito com dispensa de Elena Pietrini (Foto: reprodução)


A repercussão realmente não foi boa para Pietrini, que se manifestou ontem (23) por uma rede social. "Olá pessoal. Li vários comentários e postagens que não relatam a verdade sobre minha escolha de interromper as atividades com a camisa da azurra neste ano. Quero dizer que para mim foi uma escolha muito dolorosa e difícil, mas, como expliquei a Davide (Mazzanti), o cansaço físico e mental acumulados foram realmente grandes e por esse motivo, não senti vontade de disputar uma competição tão importante e prestigiada como essa", explicou Pietrini.

A jogadora também falou sobre sua apresentação ao Scandicci. "Comecei meu trabalho com o meu clube alguns dias atrás, mas, no momento, é apenas um treinamento reduzido, o que não envolve estresse", disse a jogadora. Elena ainda desejou boa sorte às companheiras.

Elena Pietrini já se apresentou ao Savino Scandicci (Foto: SDB Volley)

Comentários

  1. É direito dela escolher prioridades, cabe a ele respeitar e agir como profissional, escolher as melhores para o roster daquele campeonato seja europeu ou a olimpíada.

    ResponderExcluir
  2. Medo disso afetar a ida da Pietrini pra Tóquio viu

    ResponderExcluir
  3. Ela pode escolher prioridades claro. Mas o Davide pode escolher levar jogadoras aparentemente mais dipostas a servir a seleção.

    Se a Sorokaite realmente resolver na ponta no Europeu, a vaga de titular será dela.

    Acho que ele pode montar a equipe para Tóquio assim:

    Malinov/Orro
    Egonu/Ortolani (acho que ele ainda vai trazer ela ao invés da prima da Egonu)
    Sorokaite/L. Bosetti/Sylla/Nwkalor ou C Bosetti ou até a Guerra
    Fahr/Dannesi/Chiricchela (Mesmo sendo absoluta na lista dele, eu preferia levar a Folie ou a Lubian)
    De Gennaro

    ResponderExcluir
  4. Pietrini para tokio FORZAPIETRINI

    ResponderExcluir
  5. Imagino o nível de antipatia italiana se elas/eles ganhassem um ouro olímpico. Seria um cool. Duvido que algumas dessas seleções ganhem no ano que vem. O nível de pipoca é estratosférico.

    ResponderExcluir
  6. Pietrini tem 19anos, uns quase 20anos de carreira ainda, então, nada demais.

    ResponderExcluir
  7. Mas é bem diferente vida de clube mesmo, náo entendi qual o espanto dela se apresentar ao clube que tem contrato. Fato é que ela vai iniciar os treinamento, nao vai precisar ficar concentrada e por isso pode sair para fazer outras coisas, diferente do dia a dia da seleção

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)