Menosprezada por Lang Ping, Yanhan Liu merece mais na seleção

Se existe um nome que não pode passar em branco no dream team da VNL é o de Yanhan Liu. Eu nem falo de um fenômeno como Ting Zhu ou de uma jogadora tão completa como Xiaotong Liu, mas com certeza uma atacante bem mais eficiente do que Yingying Li.

Para Lang Ping, convocação para Liu YH é só em Montreux, no time B, na seleção militar, todos esses torneios em que ela carrega a seleção chinesa. Foi assim o ciclo inteiro. Mesmo com a olímpica Xiaotong no time, foi Liu a principal atacante e principal pontuadora da fase final da VNL.

18 no jogo em que despachou a Itália, única que passou dos dez pontos contra os EUA, fazendo 17, e comandou o bronze com 23 contra a Turquia. Yingying, por sua vez, custa a chegar aos 15 pontos, tem atuações precárias, já saiu do clube com status de titular - mas ainda não mostrou o porquê. E olha que ela mal sabe passar.

Poderia ainda Liu jogar de oposta, como já fez antes, é inclusive sua posição de origem. Não seria pior do que Gong e Yang e nunca teve as mesmas oportunidades do que elas. 

A torcida chinesa não vê Lang Ping com a mesma unanimidade que alguns de nós. Isso piorou depois de abdicar da VNL neste ano. Bem, questionar as decisões de um técnico não é exclusividade brasileira e ter decisões duvidosas... Também não!

Yanhan Liu foi eleita a melhor ponteira da fase final da VNL (Foto: FIVB)

Comentários

  1. Eu fiquei chocado que ela tem 26 anos. Eu só prestei atenção nela durante essa liga e ela é muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só tinha ouvido falar que era boa, mas não tinha prestado atenção... ela é maravilhosa!

      Excluir
  2. Liu fez 23* pontos contra a Turquia na disputa do bronze.

    Outra que merece estar no time principal mais do que Hu e Yang é a Zheng.

    E eu sinto que a Zhang perdeu um pouco o poder de ataque após as lesões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente sobre a Zhang, infelizmente :/

      Excluir
    2. Sim, deu pra notar bem no Mundial. Ela teve que ser várias vezes substituída pela Li ao longo dos jogos.

      Excluir
    3. Duas que não voltaram as mesmas após as lesões foram a Caterina Bosetti e a Folie.

      Excluir
    4. Algumas se recuperam com o tempo, como o caso da Van Hecke.

      Outro exemplo é a Vasileva. A Folie caiu muito depois da segunda lesão :/

      Excluir
    5. Uma que voltou bem após sucessivas lesões foi a De Kruijf. A Holanda poderia ter ido mais longe no Mundial se tivesse contado com ela na rede de dois. Essa mulher bloqueia bem e tem uma ótima china.

      Vasileva foi PÉSSIMA no Scandicci após a lesão no ombro e ainda conseguiu um contrato com o Novara para a próxima temporada kkkkkk.

      Dependendo do desempenho no próximo campeonato italiano, Folie pode não jogar Tóquio 2020.

      Excluir
  3. Não concordo, acho a Li bem mais interessante que a Xiaotong que é bem mediana, Li é jovem e das vezes que a vi na seleção jogou bem, a segunda só se destaca pelo saque viagem, apenas isso. Já a Yanhan é realmente uma boa "revelação" chinesa, mas como não sou fã da seleção chinesa, não me importo. #sotorcoprachinacontraaschicleteiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente comentário! Tbm acho a Li melhor do que a Xiaotong. E amei muito o #sotorcoprachinacontraaschicleteiras KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Nós conseguimos nos vingar das arrogantes várias vezes nos últimos anos. A virada de ontem vai ter volta.

      Excluir
    2. Não acho as chicleteiras órfãs arrogantes, mas sim debochadas. Aquela dancinha irritantes dela é de matar. Ontem como estava deprimido pela nossa derrota, assisti o nosso 3x0 em cima delas na última Copa das Campeões.
      Hoje assistirei pela enéssima vez aquela virada holandesa no último Mundial. Sloetjes fez pedacinho delas, uma pena que a câmera não focaliza muito a cara delas no final da partida. So unfair. Mas vi que elas mesmo derrotadas não tiraram o chiclete da boca. #deboche

      Excluir
    3. *órfãs: porque nem em casa a torcida é pra elas. Kkkkkkkk

      Excluir
    4. Eu acho elas arrogantes E debochadas rssssssssss. Aquele 3 a 0 na Copa dos Campeões que valeu a medalha de prata foi lindo. Sloetjes lavou a alma contra as chicleteiras no Mundial. E eu quero ver as porcas dançando bastante no chiqueirinho quando o nosso troco chegar mwhhahahah.

      Excluir
    5. Americanas são o grupo de pessoas que a gente fala e se dá bem quando separados. Mas quando estão juntos.... eca! Também não acho elas tão arrogantes, mas debochadas MUITO! Sheilla já falou quase isso mesmo. Hahahaha
      Mas é incrível como elas deitam para o Brasil quando a gente joga colocando pressão. Aquele erro da Carol no quinto set foi um pecado. Poderia ter sido um final mais emocionante de VNL, no mínimo! rsrsrs Porém eu tenho certeza que o troco virá. De preferência com a equipe delae "completa" para alguns "brasileiros" pararem com o mimimi.

      Excluir
    6. Sim. Espero que a vingança aconteça já na Copa do Mundo. Jogos da seleção nesse torneio:

      14/09 - Brasil x Sérvia;
      15/09 - Brasil x Argentina;
      16/09 - Brasil x Holanda;
      18/09 - Brasil x Quênia;
      19/09 - Brasil x EUA;
      22/09 - Brasil x China;
      23/09 - Brasil x República Dominicana;
      24/09 - Brasil x Japão;
      27/09 - Brasil x Camarões;
      28/09 - Brasil x Coreia do Sul;
      29/09 - Brasil x Rússia.

      Excluir
    7. Eu amei os chineses torcendo para as brasileiras na final da VNL! Hahahaha
      Eu tenho dó dos americanos jogando em casa. Fica bem claro como o volei,infelizmente, não é tão popular lá. Ano passado o masculino jogou em Chicago contra a Polônia e foi constrangedor ver 90% da torcida sendo polonesa (ainda que o Illinois seja um reduto polaco). Mesma coisa dias antes contra o Irã. Tive até pena deles porque foi nítido o desconforto.

      Excluir
    8. Precisaremos de um bom banco para a Copa do Mundo, pois serão 11 jogos em 15 dias. Não vai adiantar desgastar as titulares em partidas contra Quênia e Camarões, por exemplo. O físico das atletas conta demais nesse tipo de competição intensa e de tiro curto.

      Excluir
    9. A seleção masculina tem plenas condições de ser campeã da VNL daqui a alguns dias. A renovação de atletas nesse naipe é muito bem feita há anos.

      Excluir
    10. Também fiquei com pena (MENTIRA!) dos americanos jogando em casa na VNL passada, foi hilário ver/ouvir os torcedores iranianos e poloneses mostrando quem é que mandava naquela porra! Kkkkkkkkkk

      Excluir
    11. Foi constrangedor! E era nítida a vergonha que eles ficaram
      Hahahaha
      Tive dó porque gosto do atual elenco americano. Exceto o eleitor do Trump e o Russell pipoqueiro.

      Excluir
    12. Quem é o eleitor do Trump? E o Russell é pipoqueiro demais, entregou na tiebreak das semifinais olímpica e Mundial vergonhosamente.

      Excluir
    13. Quem é o eleitor do Trump? (2)

      E o Russell é um cretino.

      Excluir
    14. O central que veio do time B e esteve na equipe A nas etapas da VNL esse ano. Até pouco tempo atrás tinham umas coisas bem "estranhas" (para não dizer outra coisa) nas redes dele, típica de um eleitor do Trump por lá. Bem estilo Wallace/ Maurício Souza versão americana! rsrsrsrs

      Excluir
    15. Mitch Stahl? George Huhmann?

      Excluir
    16. Stahl. Só corrigindo ali que comparei ele com o Souza, é exagero, porque difícil achar alguém mais bizarro! Rsrs Mas quando seguia o americano nas redes sociais e vez ou outra ele postava algo bem "Trump-fã". Depois vi que ele seguia várias páginas pró-Trump! Hahahaha

      Excluir
    17. Ele ficou fora da fase final em Chicago. Speraw decidiu levar só o E. Shoji de líbero e vai contar com três levantadores (Christenson, K. Shoji e Ma'a). O central novato e bem alto Huhmann entrou tbm para o roster final.

      Excluir
    18. Sim. E essa nova geração americana é muito boa. Brasil, USA, Polônia e Rússia com muitos nomes bons para o próximo ciclo. (Já a Italia o negocio tá tenso, eles vão ter dor de cabeça para repor algumas posições no pós-Tóquio, a mesma dificuldade que estamos passando na renovação do feminino eles estão no masculino - até pior).

      Excluir
    19. Exato. A situação da Itália no masculino está bem tensa. O Blengini só continuou no cargo após o mico em casa no Mundial pq a federação italiana exigiu que ele renovasse a equipe na marra. Juantorena teve que anunciar a disposição em participar de mais uma Olimpíada. Zaytsev deve se aposentar da seleção depois de Tóquio. Eu quero que o karma deles de nunca terem conquistado um ouro olímpico continue por um looongo tempo kkk.

      Excluir
    20. Vão se informar melhor, bando de ignorantes! Tendo torcida ou não, os EUA levaram contra a França e podem levar contra qualquer um. O desempenho deles não cai, independente de torcida. E lá é bem diferente do que no Brasil ou em outros países, é bem mais regionalizado. Se a fase final fosse na Califórnia ou no Texas, por exemplo, o público seria bem maior. Anos atrás, tais estados sediaram etapas da Liga Mundial e foi sucesso de público. Tinha gente de Dallas, no Texas, cobrando porque a fase final não poderia ser lá para que a torcida pudesse ver os jogadores. O negócio é que a região em torno de Chicago vem revelando nomes importantes para o vôlei masculino, e pode ser uma estratégia para fomentar mais o esporte por lá e considerando que a prefeitura de Chicago se dispôs de forma clara a bancar o evento, trazendo benefícios para a cidade!

      Excluir
    21. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Corre que o lambe-cu dos americanos tá puto novamente hahahaha!

      Aceita que a torcida dos EUA é medíocre e que foi ofuscada em casa por apoiadores de outros países como disseram anteriormente. É só ver os jogos citados para comprovar tal fato antes de dar mais um ataque de pelanca aqui.

      Excluir
  4. Só imagino essa demônia entrando de oposta junto com a Zhu e a Li.

    ResponderExcluir
  5. Aff Gustavo as vezes você parece o mano do volei com certos posts, se a Yanan fosse substituir alguma oposta tinha que ser a Zeng (péssima). Li infimamente melhor que Xiatong, e acho ela superior a Yanan também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que substitua a Zeng, a Gong, a Yang... Eu citei a Olimpíada, onde, veja... a Zeng não esteve. Acho ela melhor atacante do que as duas (já que a Yang aposentou).

      Vc pode discordar de mim com educação (eu acho). É essa a intenção do blog, discutir. Tente!

      Excluir
    2. Desculpe Gustavo, não vou comparar você outra pessoa novamente, não quis ser sem educação, amo seu blog♥

      Excluir
    3. Não seja reclamão, te pago um sorvete. Amo vcs <3

      Excluir
    4. Yang no Rio no lugar de Zheng foi o fim da picada, concordo que Liu deva substituir Gong ou Zheng, já que as duas são instáveis no ataque...

      Excluir
    5. (Zeng*) Exato.

      Excluir
  6. A China tem muitas reservas boas nos clubes, mas a Lang Ping não chama, talvez ela seja paneleira também.

    ResponderExcluir
  7. Exato! A gente endeusa muito a Lang Ping por aqui mas a torcida chinesa (que é bem exigente) já questiona decisões dela faz tempo. O resultado "frustrante" no mundial só corroborou isso. Inclusive o resultado da próxima olimpíada será determinante para saber até onde a postura da China e dela deram certo. Na Rio, de fato, a estrela dela brilhou nas finais. Mas, ela teve sim a sorte de ter um fenômeno chamado Zhu ao seu lado, o flop americano e o desastre que foi a primeira fase deles não ter custado a eliminação. Amo a coragem, ousadia, postura e disciplina da dama de ferro do vôlei. Mas, está cada vez mais claro que panela, tendências e escolhas duvidosas são requisitos para ser um grande técnico no vôlei.

    Sobre a Liu, depois do que fez na fase final merece, no mínimo, vaga entre as reservas

    ResponderExcluir
  8. Pra mim a Copa do Mundo é um torneio importantíssimo pois vale 100 pontos no ranking mundial, que é a mesma pontuação da Olimpíada no ranking. Além disso, a Copa do Mundo é o meu torneio predileto pois é de pontos corridos e todos jogam contra todos, não tem como escapar de nenhum adversário. Como é de pontos corridos qualquer set perdido pode fazer diferente no desempate e no resultado final. Japonesas, italianas, russas e cubanas já conseguiram conquistar o dificílimo título da Copa do Mundo, porém, brasileiras, holandesas, sérvias e americanas nunca conseguiram conquistar uma título de Copa do Mundo. A Copa do Mundo é um título que falta no currículo tanto dos EUA quanto do BRASIL no feminino. A seleção masculina do BRASIL já conquistou 2 Copas do Mundo, porém a feminina sempre morreu na praia. Portanto, acho que Kiraly vai com muita vontade de conquistar esse título no comando da seleção feminina dos EUA. Na Copa do Mundo de 2015 os EUA ficaram com o bronze, a Sérvia com a Prata e a China com o Ouro, conquistando seu quarto título de Copa do Mundo. A China já tem quatro Ouros em Copa do Mundo, EUA e Brasil ainda não tem nenhum! E isso não pode ficar assim!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os 100 pontos no ranking da FIVB são muito importantes mesmo.

      Excluir
  9. Não tenho dúvidas que as yankees chicleteiras virão com tudo para a Copa do Mundo, já que é um torneio que as chicleteiras já bateram na trave várias vezes, mas nunca conseguiram conquistar. Então acho que as chicleteiras virão com a faca nos dentes e sangue nos olhos pra essa Copa do Mundo. Pra piorar a situação, as xiglings da Lang Ping já são tetra-campeãs da Copa do Mundo enquanto as chicleteiras só ficaram chupando dedo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As chicleteiras e tupiniquins chupam dedo uma das outras, já que ambas as seleções não conquistaram a copa do mundo. Pimenta nos olhos dos outros é refresco!

      Excluir
    2. Foda-se. Vergonha é não ter ouro olímpico, isso sim.

      Excluir
  10. Quando é a copa do mundo? não achei no caléndario na FIVB

    ResponderExcluir
  11. Vi em outro blog a lista das jogadoras que vão ao mundial sub 20 jogadaras com mais de 1,85 de altura não me lembro de uma geração do Brasil na base tão alta assim a jogadora mais jovem Ana tem 15 anos e 1,92.
    Só acho uma pena que o técnico seja o ultrapassado Hairlton Cabral também vi que elas venceram a Turquia e China num quadrângular mas perderam para as Argentinas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fatos! A base do Brasil felizmente vem bem alta. Em 2021 essas meninas já tem que estar trabalhando com a seleção principal, pq várias atletas vão se aposentar de vez da equipe nacional após Tóquio.

      Excluir
    2. Até que em fim né? O Brasil se Especializou em ganhar tudo na base com equipes baixas cuja maioria das atletas não rendiam quando subiam para o principal. As duas últimas gerações do sub 20 são boas. O problema é a falta de rodagem dessas meninas. Laura, uma das poucas que já joga no adulto mostra bem o efeito a diferença de ter uma base em equipes principais: bate uma China melhor que muita jogadora no adulto (Cebrrais é o nosso melhor setor da base, diga-se). Esse, atualmente, é o problema que nos deixa atrás de russas, turcas , italianas, chinesas e dominicanas na base. Um clube Brasil seria um sonho, nem que na Superliga B.

      Excluir
    3. Centrais*
      Julia Bergman tem tudo para ser uma ponteira completa. As vezes é instável no passe, porém segura bem a onda. (Passa melhor que a Pietrini rsrsrsrs) Defende muito mesmo sendo bem alta. Tem um saque muito bom e um bom ataque. Espero que evolua muito nos EUA e que a comissão técnica do Brasil não esqueça de monitorar ela.

      Excluir
    4. Júlia precisa jogar a SL. O campeonato universitário dos EUA é bem mais fraco e tem regras diferentes em relação aos grande torneios nacionais mundo afora.

      Excluir
  12. Olhem como as farsantes são forçadas:

    https://www.youtube.com/watch?v=oJdyu6Wfu1U

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, Flopinson está se achando desde o Mundial de Clubes passado quando ela e as suas companheiras foram carregadas nas costas da Zhu. Da Flopinson só tenho recordações do último ataque da Boskovic na Rio 2016 e da cara suada dela no jogo contra a Holanda no Mundial passado. #nojinho

      Excluir
    2. Sérvia e EUA foi um dos jogos mais emocionantes da minha vida. O Maracanãzinho inteiro em delírio com as sérvias. E elas se aproveitando disso, incendiando a torcida quase como se estivessem em casa. As americanas deitaram no fim, foi surreal e o final disso todo mundo já sabe: bola na rede, cabeças baixas e chicletes engolidos. Hahahahaha

      Excluir
    3. "Da Flopinson só tenho recordações do último ataque da Boskovic na Rio 2016 e da cara suada dela no jogo contra a Holanda no Mundial passado. #nojinho"

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK SIM!!! Ela vai se casar depois de Tóquio frustrada por não ter conquistado o ouro olímpico. E vai ser lindo quando a Larson se aposentar da seleção americana ano que vem sem ter conquistado uma Olimpíada, assim como aconteceu com o avatar russo.

      "As americanas deitaram no fim, foi surreal e o final disso todo mundo já sabe: bola na rede, cabeças baixas e chicletes engolidos. Hahahahaha"

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Você esteve presente nesse jogo épico? Que privilégio! Realmente foi surreal as farsantes deixarem as sérvias descontarem a diferença de 11 a 8 no tie. Iria ser muita humilhação o Brasil eliminado nas quartas e as chicleteiras ganharem o primeiro ouro olímpico justamente aqui na nossa casa. Sérvia nos salvou em 2016, mas ajudou a nos ferrar em 2018. Essa é outra equipe que precisamos acertar as contas ainda nesse ciclo olímpico.

      Excluir
    4. Gosto muito das sérvias. Mas, também guardo essa "mágoa". Até porque ficou bem claro, principalmente com os "argumentos" deles para entregar o jogo. Fica de lição para o Brasil que não de hoje já fez várias competições dependendo de resultados de outras equipes por deslizes próprios. Em Londres passou, mas no mundial a gente teve o azar de ter duas equipes (Sérvia e Japão) cujo histórico de ética na modalidade não é dos melhores. Mas, o troco sempre vem. .
      Olha a Holanda: desprezada pelo Guidetti e na frente dele em quase tudo o que disputou de importante neste ciclo, mesmo com técnico mediano, não sou grande fã das laranjas mas seria um sonho vê-las indo às Olimpíadas e a Turquia de fora. A lei do retorno é implacável.

      Excluir
    5. Exato! Sérvias e japonesas nem disfarçaram naquele jogo do Mundial, ódio. E o Guidetti vai se arrepender cada vez mais por ter deixado as holandesas na mão para treinar as arrogantes sem título relevante.

      Excluir
    6. Certamente as japonesas compraram aquela vaga pagando alguns míseros centavos pras flageladas sérvias, Polônia no masculino idem.

      Excluir
    7. KKK As japonesas SEMPRE estão metidas em falcatruas, é impressionante. O karma do Terzic vem fortíssimo ainda neste ciclo olímpico.

      O time masculino INTEIRO da Polônia - incluindo o técnico - é absolutamente nojento. A treta que eles têm com os iranianos é bem séria e a cada ano fica pior.

      Excluir
    8. Irã é a Turquia do masculino. Rsrsrsrs
      Quanto à Polônia, não gosto, ainda mais com León agora. Ele, Kubiak e Kurek será difícil de aguentar nos jogos. No mais, ainda acho uma seleção mais badalada do que de resultado, (figurantes na Rio) eles assim como a maioria das equipes atuais buscam copiar o estilo de jogo do Brasil na década passada (coisa que ironicamente o próprio Brasil se afastou um pouco) têm uma base de renovação ótima e um técnico que caiu como luva (no melhor e pior dos sentidos ).

      Excluir
    9. "Irã é a Turquia do masculino" Perfeita analogia KKKKKKK.

      É muito engraçado os iranianos no insta da FIVB falando que o time deles é o melhor do mundo KKKKKKKKKKKKKKK. Coitados, dignos de pena.

      Espero que a França dê o nome e se classifique em cima da Polônia na Polônia no Pré-Olímpico. Eu quero ver os poloneses AGONIZANDO no classificatório europeu em busca da vaga em Tóquio.

      Excluir
    10. Que ótimo que a "treta" entre Iranianos e poloneses aumenta. Cada confronto entre eles é absurdamente polêmico. Aquele Kubiak já é um tesão jogando, e nervoso e provocando os persas fica melhor ainda...

      Excluir
    11. Robinson é maravilhosa! Musa do vôlei mundial. Vem evoluindo a cada ano. Larson que não abra o olho!

      Excluir
    12. Não sei porque tanta ira contra as americanas?? Isso só pode ser uma coisa: INVEJA, pois mesmo perdendo para as brasileiras em duas finais olimpicas consecutivas, os brasileirinhos se mordem de raiva das yankees...tá na hora de crescer gente...

      Excluir
    13. Kubiak é um cretino xenofóbico.

      Inveja de equipe SEM OURO OLÍMPICO? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
  13. Essa moça poderia cair como luva em jogos em que a China está ruim de passe e sobrecarrega a Zhu. China tem um baita ataque, excelentes centrais, mas quando o passe não sai o negocio fica feio. Até a gente ganhou delas de modo categórico ano passado (no nosso ápice da temporada, infelizmente). A Li é muito nova, as vezes "some". Yuan é uma das melhores centrais do mundo na minha opinião, mas sem passe a Ding não tem o que fazer. Sapato aperta? Bola pra Zhu,que mesmo sendo genial não é um robô( ainda que chegue bem perto né hahahaha). Uma formação mais ofensiva na entrada e saida poderia ser testada com as americanas, por exemplo, que são a grande pedra no sapato chinês neste ciclo. Líbero também, a atual não vem bem este ano, tá quase a Suelen escondida no passe. Vamos ver se a técnica chinesa também curte, assim como Terzic,Zé, o Manzzanti e o Kiraly, um kit panela. Enfim, dores de cabeça para a Lang Ping resolver. Hoje eu diria que elas são favoritas à Tóquio, mas esses pequenos detalhes podem custar bem caro lá na frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A líbero titular Wang tem jogado melhor do que a campeã olímpica Lin Li.

      Excluir
    2. Sim. Ela caiu estranhamente de produção. Digo estranho porque a China não é referência em cuidado com atleta. Muitas até se aposentam relativamente cedo. Espero que cuidem bem da Zhu ao menos, quero ver essa the monia jogando por muitos anos ainda! Hahahaha S2

      Excluir
    3. Aham. Lin Li ganhou o prêmio de melhor líbero na Rio 2016 e há um tempo perdeu a titularidade para a Wang. Lin estava PODRE na recepção durante o jogo contra os EUA na fase classificatória da VNL 2019. E é engraçado: Zhu 'roubou' o nosso ouro na Rio 2016, mas eu não consigo ter ódio dela como tenho das farsantes chicleteiras, por exemplo KKK. Zhu deve jogar mais duas Olimpíadas em alto nível.

      Excluir
    4. Não tem como odiar a Zhu. Até afrontando a mulher é uma Lady (morri com ela chamando a torcida no jogo dos afrontes contra as italianas esse ano hahahaha) Devia dar um curso de humildade e postura em quadra na faculdade Lang Ping (já li que durante a carreira a dama de ferro tinha uma postura bem parecida com a Zhu) para meio mundo no vôlei. E as atletas asiáticas no geral são muito fofas. Sempre torço para as tailandesas quando não jogam contra o Brasil. Acho lindo como as coreanas jogam felizes mesmo tombadas hahahaha. Japão mesmo cheio de falcatruas sempre faz jogos muito bons de assistir. E a China tem uma raça incrível e eu acho admirável como elas venceram a gente aqui, sem jogo baixo, sem deboche, na bola. Doeu, mas verdade seja dita.

      Excluir
    5. Menos anônimo 5, as chinesas afrontam horrores, principalmente a Yan Ni, Yuan,Li YY, e Zhu tb. da Ásia elas são as que mais afrontam.

      Excluir
    6. Sim. Chinesas afrontam, mas não no nível absurdo das turcas, por exemplo.

      Tailandesas são umas fofas. Elas merecem se classificar pra Tóquio, pois foram ROUBADAS no qualificatório mundial da Rio. Sul-coreanas tbm são legais. Já do Japão eu tenho ranço por causa das falcatruas que acontecem há muitos anos na confederação do país. O time da China é uma hidra: você corta uma cabeça e surgem duas no lugar.

      Excluir
    7. Sim, as chinesas são as mais afrontosas da Ásia. Mas, nunca extrapolam. Por isso citei o jogo contra as italianas: muito afronte, grito, mas a resposta sempre na bola, sem transformar isso em estratégia baixa de vitória (Egonu levou o grito na cara de volta e ainda foi tombada pelo time sem a Zhu AMO hahahahaha). Calaram o maracanãnzinho inteiro sem deboche, sem dedinho pedindo silêncio, sem dancinha. Foi dilacerante, quero um troco olímpico, mas as the monias foram exemplares no fair play. Enfim, o que quero dizer é não deixa de ser admirável vindo de uma grande equipe, ainda mais porque desestabilizar psicológico é cartilha de jogo de muitas potências.

      Excluir
    8. Lang Ping paneleira... Yanhan Liu mostrou que merece vaga na seleção nessa fase final da liga, ataque poderossísimo fora a técnica, se saiu melhor até que a Xiatong nesse critério, mas a Xiatong parece melhor no passe... Eu levaria a 4 ponteiras de sempre e a Yanhan como oposta e deixaria Gong e Zheng brigando pela vaga reserva... no final escalaria Yanhan na saída, em uma das pontas Zhu ( essa é implacável) e alternaria Zhang, Li e Xiatong na segunda ponta, a depender de como estivesse saindo o passe, aí iria ser só choro e ranger de dentes pros adversários!!!!

      Excluir
    9. * poderosíssimo...

      Excluir
    10. Chinesas afrontam horrorres? Zhu afrontosa? Piada neh...
      Perceba q na maioria das vezes as chinesas apenas respondem as provocações... das seleções competitivas estão bem atrás de Turquia, Itália, EUA nesse quesito... Zhu deu um show de fair play em 2016 e continua dando até hoje, não tem como não amá-la, nem esquecer aquele pedido de desculpas da medalha que deu em Maja...

      Excluir
    11. Fatos.

      Eu quero uma revanche contra a China em Tóquio, mas não nas quartas nem na semi kkk. O único time que eu rezo desde já para que fique na outra chave em relação à nossa é o das chinesas. Elas têm uma capacidade de reação absurda e contam com a melhor jogadora do mundo que pode desequilibrar uma partida a qualquer momento.

      Excluir
    12. Tbm colocaria a Yanhan na saída - como oposta passadora para cobrir a Zhu - no lugar da Zeng. Lang Ping ama a Gong (kkk) e cortou a Zeng da Rio, então...

      Excluir
    13. As chinesas não são santas, mas costumam apresentar um bom fair play ao longo das competições. Às vezes, um pouco de afronte de ambos os lados tbm faz parte do jogo rsssssss.

      Excluir
    14. Certo nível de afronte é até tolerado se as duas equipes forem realmente boas e o jogo estiver quente. Mas escórias de segundo escalão como Turquia querendo se crescer pra cima de grandes equipes na base da gritaria não dá, né? Senso de proporção é tudo.

      Excluir
  14. Discordo da sua opinião em releção a YY Li, pode não ser fenomenal com Ting Zhu, mas tem feito partidas consistentes na seleção principal, além de ter um ataque bastante potente... Naquela partida contra a Itália da fase classificatória, foi mais eficiente que Zhu e Egonu no ataque, embora tenha recebido menos bolas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Egonu foi um pouquinho mais eficiente naquela partida do que a Li, mas concordo com o resto do seu comentário. Zhu teve um aproveitamento de ataque pior naquele jogo do que as duas. O saque flutuante da Li é bem interessante tbm.

      Excluir
    2. Egonu 52,6%
      Li 52,4%
      Zhu 45,8%

      Mas quem brilhou mesmo nesse jogo foi Zhuzhu, no final dos sets ela virou tudo!!!

      Excluir
    3. Exato, último anônimo. Egonu cagou em pontos decisivos, mas a pressão em cima dela é muito grande. Há tempos que a Paola vem jogando praticamente sozinha pela Itália. Uma hora ou outra ela vai acabar errando, não tem jeito. E Zhu foi brilhante mais uma vez naquele jogo pra variar um pouco.

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)