O fator Drussyla

A torcida do Sesc RJ teve bons motivos para se desesperar durante a temporada. Sinceramente não me lembro de ver o Rio fora das duas primeiras colocações nos últimos anos, mas terminou em terceiro - e foi por pouco. Nunca dá para desprezar um time treinado por Bernardinho e sabíamos que chegando na reta final o time cresceria. Principalmente com o retorno dela, a ponteira Drussyla Costa.

Drussyla sofreu lesão na canela e só retornou ao Sesc RJ no segundo turno (Foto: divulgação/Sesc RJ)


Me lembro quando ela ainda se dividia entre a quadra e a areia e eu torci para que fosse quadra. Ufa, ainda bem. Drussyla é essencial para o time de Bernardinho, é sua ponteira mais completa, sem temer definir. Não vou mentir, já a subestimei e ela respondeu na bola. O jogo contra o Praia ontem, em que ela saiu como melhor da partida, é um bom exemplo. Dru recebeu 41 dos 62 saques do Praia e ainda foi a segunda maior pontuadora da partida com 13 pontos. Foi a única a marcar mais de dez pontos de ataque, fez 12, Monique e Garay vieram na sequência com 9.

Paula ataca contra duplo de Drussyla e Juciely na vitória do Sesc (Foto: divulgação/Praia Clube)


A jogadora comemorou o resultado contra o atual campeão da Superliga e também estranhou a postura do time. “Mesmo errando mais do que gostaríamos, conseguimos ser constantes na partida. Nunca desistimos de buscar essa vitória importante. Acredito que o Praia esteve um pouco abaixo, mesmo jogando em casa, mas nada que tire o nosso mérito hoje”, disse Drussyla.

Independente da vontade ou não do Praia de vencer (eu realmente não vejo porque o Praia entregaria, Barueri é um adversário muito melhor de se enfrentar do que o Rio), o retorno da jogadora ao time melhorou a recepção e contribuiu para que Roberta, que não faz boa temporada, sentisse mais confiança em trabalhar com Bia. Sem contar o alívio que Monique sente, mais liberada para atacar do que passar. O Rio, agora com Drussyla, ainda me parece atrás de Minas e Praia - mas está pronto para brigar contra eles. 


Comentários

  1. Nem parece que estava lesionada, jogando muito, mais só lamento, eles não serão campeão.

    ResponderExcluir
  2. Acredito q o Praia ñ entregou, mas se fosse pra entregar faria sentido afinal, o arqui rival da temporada, pega o time q elas mas tem dificuldade de jogar, o Barueri, fato é q se o Barueri passar pra semi-final, Minas se passar pra final, chega muito desgastado.

    ResponderExcluir
  3. Drussyla passa mais confiança que a Rosa

    ResponderExcluir
  4. Drussyla depois que tirou o cabelo de PREDADOR voltou a jogar bem. O vôlei de praia fez muito bem à Drussyla tornando-a uma jogadora completa e com vários golpes no ataque.
    O Praia não passa pelo Fluminense e, mesmo que passasse, não passaria pelo SESC de Drussyla!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu acredita que eu prestei atenção nisso, hahaha eu acho que tava pesando muito aquele cabelo.

      Excluir
  5. Pra mim ela é uma Jaqueline que ataca!! Ela defende muito, muito volume de jogo, cobertura, tudo, passe ,ataque, técnica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pode tá brincando né? Jaqueline não erra passe, já essa daí quina mais que a Amanda e basta enfrentar um time estrangeiro que leva toco atrás de toco. Esses haters da Jaqueline são irracionais.
      Mas espero que ela a cada temporada melhore mais, pois precisaremos dela na seleção, principalmente por falta de opções menos piores que ela.

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3