Após decisão negativa sobre Turquia, Destinee Hooker deve voltar a Osasco

A oposta norte-americana Destinee Hooker deve continuar no Brasil. Segundo o site World Of Volley, o mesmo que antecipou a contratação de Kosheleva pelo Sesc, a norte-americana reeditará a parceria campeã com o time de Osasco. O time não tem patrocínio oficializado, mas mantém-se com a nomeação Osasco Voleibol Clube.

Destinee Hooker deve reeditar parceria campeã com Osasco (Foto: divulgação)


Hooker chegou a conversar com o turco Galatasaray, mas desistiu do acordo devido a razões familiares, sendo que ficaria inviável ter um relacionamento próximo de seus filhos morando na Turquia. Em 2012, Hooker foi campeã nacional com o time de Oz.

Permanecem no clube a ponteira Mariana Costa (Paraíba) e a líbero Camila Brait. A central Natália Martins e a levantadora Carol Albuquerque também devem renovar. Dois reforços confirmados são da levantadora Claudinha, campeã com o Praia e da ponteira Domingas, ex-Sesi. Estão na lista de negociações outras duas campeãs com o Praia: as centrais Walewska e Natasha.

Após gravidez, Camila Brait permanece e deve assumir a titularidade em Osasco (Foto: João Pires / FotoJump)


Deixam o time: Fabíola (Bauru), Tássia (Bauru), Bia (Sesc), Paula (Praia) e Tandara (Evergrande).

Comentários

  1. A dona de Osasco está voltando, pena que por culpa do deprimente Ruimzomar, a outra dona (Fabíola) se foi.

    ResponderExcluir
  2. Se confirmadas essas contratações, Osasco continua com um bom time, que deve figurar entre os 4 melhores da SuperLiga e quem sabe até chegar em uma final de SL ou CB (como nesse ano que foi o campeão).
    O elenco até então deve ser:
    Líb: Camila Brait/??
    Lev: Claudinha/Carol Albuquerque.
    Centrais: Walewska/ Natasha/Nati Martins / ??.
    Ponteiras: Mari Paraíba/ ?? /?? Domingas.
    Opostas: Hooker/Lorenne.

    Ou seja, de acordo com as especulações faltam ainda 1 líbero, 2 ponteiras e 1 central.

    O time tem até então 10 jogadoras confirmadas. A 4* central e líbero reserva o time deve buscar no cenário nacional, talvez até algumas atletas da base. Agora com relação as ponteiras o time terá que ser muito competente no mercado, pois Domingas não deve ter vindo pra ser titular. Estão falando que a cubana Wilma Sallas pode ser a nova ponteira de osasco. É uma boa opção. Como toda ponta cubana, sofre no passe, mas tem muita potencia e poder de definição no ataque. Jogou muito no campeonato turco desse ano, quase que o Halkbank tira o Galatasaray nas quartas de finais. Se não me engano ela foi a maior (ou uma das 3 maiores pontuadoras da ultima Liga Turca). Falaram também na Pietersen, mas com a vinda da Hooker, só tem vaga para mais uma estrangeira. A Sallas seria excelente. Com relação a outra ponteira terá que ser uma brasileira e acho que as ponteiras nacionais melhores e até as boas pra compor/disputar posição já estão em algum clube. Talvez renovem com a Bruna Neri para compor o banco, mas vai ficar basicamente com 2 ponteiras de confiança, como na ultima temporada.
    Enfim, que bom que o Osasco continua e com um time para brigar lá em cima. O clube merece por toda a contribuição que já deu ao voleibol nacional.

    ResponderExcluir
  3. N sei não...eu apostaria numa central estrangeira p titularidade c a Wal e ponteiras nacionais.

    ResponderExcluir
  4. Osasco deverá ter mais experiência do que juventude na próxima liga. O time entrou mais tarde no mercado e tem q saber dançar a música.

    Se pararmos p pensar, sob o comando do Luizomar, com exceção à Hooker, nenhuma estrangeira jogadora de extrema que o time contratou vingou! A nossa liga n é uma liga fácil e a pressão é grande. Se n tiver “sangue”, sente o jogo mesmo.

    Quando no post acima eu apostei em uma central estrangeira ao invés de ponteira, foi levando em conta justamente o fator das jogadoras de extrema que mencionei no parágrafo anterior junto ao entendimento que no voleibol feminino de alto rendimento a posição de central é imprescindível e extremamente relevante para alcançar títulos, vide o upgrade da seleção brasileira feminina na modalidade depois que passamos a ter centrais referência no voleibol mundial.

    Segue então a minha aposta sonhadora para um Osasco campeão da Superliga 18/19 😆

    Calaidinha / Hooker
    Walewska / Yuan
    Mari P. / Paula Pequeno
    C. Brait

    PS:
    * Walewska p mim dá um banho em QUALQUER central do mundo até hoje.

    *Yuan é atualmente a melhor central selecionável do mundo e vai continuar sendo por um bom tempo.

    *Paula ainda está jogando em alto nível e tem uma identificação muito grande com Osasco. Cresce em momentos importantes e sem dúvida jogará a vida se for para o time que a projetou na busca de encerrar a carreira com um título que já não conquista há quase 15 anos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3