Problema cardíaco obriga Ruoqi Hui a deixar as quadras aos 26 anos

Uma notícia triste foi dada pela imprensa chinesa na última semana: a ponteira Ruoqi Hui vai deixar as quadras. A informação é do portal chinês Osports. O drama de Hui começou em 2015, quando às vésperas da Copa do Mundo, foi descoberto que a jogadora tinha um problema cardíaco. Após passar por uma cirurgia, Hui recuperou-se e foi a capitã do tricampeonato olímpico chinês. Em 2017, até chegou a entrar em quadra pelo seu time, o Jiangsu, e está atualmente inscrita com o clube - mas não jogou nenhuma partida da liga.

Ruoqi Hui foi a capitã do tricampeonato olímpico da China (Foto: Jack Gruber/USA Today Sports)


Hui ainda não anunciou oficialmente sua aposentadoria e deve fazer isso em cerimônia com o seu time, após compromissos com a AVC (associação chinesa) e compromissos familiares. Hui enfrentou duas cirurgias e como precaução, foi recomendado o fim de sua carreira. A história de Hui é inspiradora e a jogadora é uma das mais próximas da gigante Lang Ping. Hui ainda não informou quando despedirá-se oficialmente das quadras.

Com dor na alma, desejamos o melhor a Qi Hui <3

Hui em cerimônia de premiação na última terça (12) (Foto: sina)

Comentários

  1. Oh meu Deus! Que pena!! Tão jovem!
    Mas quem sabe um dia ela possa continuar a jogar.
    Uma jogadora linda. Vai ser muito triste a sua despedida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é isso aí. Ela teve 10 anos de seleção como falaram aqui e agora veremos a chegada da revelação chinesa. Hui foi afastada uma vez e voltou! Houve caso parecido de um cubano que foi absolutamente desacreditado do Vôlei e depois soube superar o veridito. Ele tinha um problema grave na coluna. Sumiu e depois de alguns anos voltou a jogar: Michael Sanches. Na China sai uma jogadora,ma veremos a ascensão da nova revelação chinesa: Ying Li.

      Excluir
  2. Apesar da aposentadoria jovem, ela defendeu a camisa da seleção chinesa por 10 anos e deu o melhor de si. Nas olimpíadas ela já estava jogando no limite que o seu coração aguentava, uma pena que não vamos ver ela jogar o mundial ano que vem.

    ResponderExcluir
  3. Cara, que foto linda. Como Hui é bela!!

    ResponderExcluir
  4. Uma pena para os amantes do vôlei, Hui foi um pilar da ascenção da seleção chinesa nessa fase fantástica. Que o melhor lhe aconteça.

    ResponderExcluir
  5. Que pena! Espero que ela possa continuar trabalhando com vôlei, quem sabe não é convidada para a comissão de Lang.

    ResponderExcluir
  6. É uma pena, a gente sente muito pela atleta. Desejo toda sorte e recuperação a ela. Em termos de seleção a China perde uma ótima ponteira de preparação e também boa no ataque. Liu e Zhang vão brigar por essa vaga de segunda ponteira ou talvez as duas joguem com a Zhang na saída. Há também a possibilidade da nova joia chinesa Ying-Ying já atuar no mundial, lembro que em 2014 a Yuan em um dado período do campeonato foi titular com apenas 17 anos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)