Alemanha derruba Rússia e se aproxima de liderança no Grupo D

Elas gostam de aprontar, o Brasil que o diga... E olha que estão sem Orthmann, lesionada, sua principal ponteira. Só podemos estar falando de uma seleção: a Alemanha. O time de Felix Koslowski derrubou hoje (26) a invencibilidade da poderosa Rússia por 3 sets a 2 (18-25, 25-21, 25-23, 14-25, 15-11), se recuperando em um tie-break depois de tomar um 25 a 14.

Pressionada, Goncharova ataca contra bloqueio triplo da Alemanha (Foto: CEV)


E que show da levantadora Denise Hanke! Eu nunca vi a Alemanha jogar tão coletivamente, com velocidade, sem depender tanto de sua principal pontuadora, a oposta Lippmann que hoje fez 17. A Rússia tem que se sentar e agradecer por ter caído em um grupo mais fácil no qualificatório olímpico, porque ao contrário da Alemanha, sua tendência é de queda. Goncharova hoje fez 19 pontos, pouco para a era do seu auge, mesmo número de Ilchenko (Parubets) que para mim é o principal motivo de ainda acreditar um pouco nessa seleção. Com o resultado, a Alemanha tende a assumir a liderança do Grupo D.

O Grupo A teve Sérvia e Turquia vencendo por 3 a 1, com detalhes curiosos. A Sérvia escalou seu time reserva para o terceiro set, mas a França já entrou com o time reserva a partir do segundo. Ou seja, no terceiro set, o time reserva da França bateu o time reserva da Sérvia. Curioso, não? Mas no quarto as campeãs mundiais se ajeitaram.

LightBox Active Image
Com time reserva, Sérvia chegou a perder set para França, mas ajeitou-se na quarta parcial (Foto: CEV)

A Turquia não poupou ninguém, passou foi um sufoco mesmo contra a Bulgária. Vou elogiar de novo: a Bulgária anulou a principal atacante de uma grande seleção, Karakurt saiu com 11 pontos e acabou no banco no terceiro set, aproveitamento de apenas 29% no ataque.

No Grupo B, sem surpresas, a Itália com força total fez 3 a 0 na Bélgica e a Polônia até começou perdendo, mas fez 3 a 1 na Ucrânia. No conjunto do C, Rahimova foi titular o jogo todo e não deu chances à Hungria, 3 a 0. Já a Holanda nem precisou de todo o time titular para passar com facilidade pela Croácia por 3 a 0. Fechando os resultados, a Eslováquia fez 3 a 2 na Bielorrússia.

Campeonato Europeu - Dia 4

Grupo A 
Sérvia 3 x 1 França
Turquia 3 x 1 Bulgária

Grupo B
Itália 3 x 0 Bélgica
Polônia 3 x 1 Ucrânia

Grupo C
Holanda 3 x 0 Croácia
Azerbaijão 3 x 0 Hungria

Grupo D
Alemanha 3 x 2 Rússia
Eslováquia 3 x 2 Bielorrússia

LightBox Active Image
Bulgária deu trabalho extra à Turquia (Foto: CEV)

Comentários

  1. Nossa que jogo difícil, é muito triste ver uma seleção tão gigante sofrendo com uma seleção tão decadente, o vôlei está realmente em crise mais acreditamos na sua recuperação, Força Alemanha.

    ResponderExcluir
  2. Gustavo, o placar ali do set da Rússia contra a Alemanha ta incorreto, 14 x 25*

    Não assisti os jogos da Rússia por agora mas lembro que a Voronkova era uma boa jogadora, potente, nova e alta (1,90m). Cê não acha que elas tem "mais talentos" a serem "descobertos" e proporcionar um time que bata de frente com seleções grandes não?
    Principalmente com as centrais do sub 20 que pareciam ser boas mas só precisam de rodagem e treinos..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voronkova pode ser boa no ataque, mas é péssima de recepção, Gustavo. Foi ela que quase entregou a vaga olímpica para a Coréia rsrsrs....

      Não conheço essas centrais que você citou.... Ainda não conheço as "novinhas" (rs) de 16 anos. Acho que precisam acelerar esse processo de renovação porque essa seleção não vinga mais. Goncharova passou do seu auge e parece acomodada. Parubets não joga na seleção o mesmo que no seu time.

      Essa Rússia é um time comum a qualquer outro europeu e a tradição não tá mais assustando ninguém.

      Excluir
    2. O problema da Rússia é o estilo de jogo ultrapassado e as comissões técnicas podres. A novela é a mesma há anos: a base é forte, sempre surge jogadora, mas a insistência no que não dá mais certo acaba cobrando um preço alto. Eles estão mudando algumas coisas, no último sub 20 apostaram em pontas mais baixas (e que mesmo assim tinham problema no passe). Não adianta ter um ataque, um bloqueio pesado e um bom saque, isso hoje no vôlei feminino, e aos poucos até no masculino, não são mais sozinhos sinônimos de resultados. Do sub20 russo, a libero, além de afrontosa, é promissora e vai subir logo. As centrais altas e cravando bola é uma tradição, mas se não repensarem o estilo de jogo nada vai mudar por lá, nem a curto e muito menos à longo prazo.

      Excluir
    3. Acho que nem bloqueio tem mais. Bloqueio sempre foi um diferencial e tanto na Rússia, seja para toco ou amortecer.... mas ultimamente nem isso. Tava vendo incrédulo o jogo contra a Coréia. A Kim e as baixinhas passavam que nem água, até o fim do 3o e 5o set quando a Enfeitiçova rsrs teve uma série de bloqueios.
      Quanto a recepção, pqp, como que um time não treina passe? b-a-bá do vôlei...
      Me lembro que Sokolova, que para nós era uma bruta atacante era minimizada lá á uma ótima passadora.... Agora faz sentido o porquê......

      Excluir
  3. Incrível como a rivalidade entre as seleções européias é à flor da pele. Das poucas partidas que assisti o que não faltava era arrogância e deboche de algumas seleções. Um exemplo foi o jogo Polônia x Ucrânia, onde aquela enjoada da Kakolewska deu um baita tocaço na central ucraniana ela chegou a comemorar com uma dancinha ridícula estilo Zhu, o hilário foi que minutos depois ela levou um toco idêntico da central ucraniana. Kkkkkkkk

    Outra seleção debochada é a Holanda, Sloetjes e De Kruijf são as rainhas do deboche, quero um embate de vida ou morte entre as oranges e as insuportáveis italianas e que elas tenham a vingança pela derrota no pré-olímpico.

    Tem alguns joguinhos bem chatinhos, como Belarus x Eslováquia, assisti o tiebreak, e o jogo era de doer. Itália, Holanda, Sérvia e Turquia são favoritas ao título, mas confesso que me contentaria em ver as russas ressurgirem das cinzas.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Nesse link tem praticamente todos os jogos: http://livetv.sx/pt/allupcomingsports/5/

      Excluir
  5. Bem que eu queria pro Brasil uma oposta como a Goncharova, que fora da melhor forma física, voltando de lesão e fora do "auge" como disse o blogueiro ainda fizesse 19 pontos rsrs. Na sua pior fase pontua mais que Sheilla na sua melhor kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brother, sou fã da Goncha, mas ela está fora do auge sim. 19 pontos é pouco para ela até em 3 sets. Hoje foi em 5. Voltando de lesão é natural que ela tenha um queda, ainda mais depois de tantos anos jogando sempre num bruta nível.

      Excluir
    2. Sheilla não tem que provar mais nada a ninguém, ô retardado. Gonchatoco teve a chance de eliminar a nossa seleção em 2012 e foi defendida pela rainha Jaqueline com Sheilla derrubando a bola em seguida. Quem é Gonchatoco botox diante da espetacular Sheilla? Goncharova faz um caminhão de pontos, mas na hora do "vamo ver" pipoca legal, assim como muitas.

      Excluir
    3. Sheilla doce mabé. Out off.

      Excluir
    4. Mais um desempenho baixo da Goncha hoje....

      Rússia 3 x 0 Espanha (25-15, 25-19, 25-22).

      RUS - Koroleva 15, Goncharova 12, Parubets 9, Voronkova 9, Kurilo 5, Efimova 4, Startseva 1, Romanova 1.

      Excluir
  6. Incontestável a queda e como a seleção russa se tornou deprimente após a era da Sokolova e Gamova. E digo mais, Sokolova foi bem mais importante. Entre as badaladas opostas atuais, como Boskovic e Egonu, no entanto elenco Goncharova como uma das melhores opostas da história. Podem me crucificar. Após aposentadoria de Gamova e Sokolova nenhuma jogadora russa dividiu a responsabilidade com Goncharova. E há muitos anos todos adversários e seleções sabem que a única jogadora que devem se preocupar é a Goncha, uma jogadora que conseguiu sempre se destacar, mesmo em uma seleção pífia, mesmo em uma seleção sem padrão de jogo e sem ponteiras com passe ao menos razoável que sempre deixa a leitura do jogo fácil, se destacou sofrendo com levantadoras podres como a Kosiaenko e por anos. Tudo jogando contra Goncha ainda assim se destaca e pontua muito. Não está em uma seleção como a Itália, que tem passe e líbero, e nem está em uma seleção como a Sérvia que tem a melhor levantadora. Todos já sabem e é óbvio. Contra a Rússia a preocupação é somente ela: Goncharova. Longe dos olofotes e das grandes ligas, diga-se de passagem, por opção, faz com que a maioria do público a ache mediana e a esqueça frente as outras recheadas de títulos. Todos esquecem que voleibol é jogo coletivo, Zhu por exemplo não ganhava nem o chinês, porque estava em uma equipe chinesa podre. Goncharova: umas das melhores atacantes da história.

    ResponderExcluir
  7. Ótimo analise sobre a excelente Goncharova. O foco das russas são as Olimpíadas de Tóquio. Japão é pais próximo da Rússia e elas pretendem voltar ao pódio nos jogos do próximo ano. Kosheleva só volta para as Olimpíadas e segue treinando passe/recepção. A derrota para Alemanha n muda muito. Russas seguem na disputa. Nos bastidores há movimentações na busca de peças para aumentar o poderio de ataque da seleção. A central Fetisova fez falta no duelo contra a Alemanha. A jogadora, por lesão, estar fora do campeonato. Ela se machucou durante os jogos. Algumas jogadoras, na verdade, seguem em observação. A Rússia pode mostrar muito mais. Realmente as russas Campeãs Mundiais em 2006 e 2010 tinham uma seleção muito forte!! O trio Godina! Gamova e Sokolova chegavam matando! Depois disso os técnicos se perderam - muita trocas no comando e os péssimos técnicos confiavam só na camisa e tradição. No Mundial Goncharova se machucou e ainda assim - sem ela - quase eliminaram uma favorita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quantos delírios desse pobre russinho de Russas/CE. Kkkkkkkkkkkkk
      Я буду молиться за тебя, дорогая.

      Excluir
  8. Como será as próximas fases do Europeu? Grupo D cruza com o B e Grupo A com C. Mas os jogos na Euro não tem o formato das fases como nos Mundias. Projetando os confrontos no campeonato Europeu, não temos ideia de quem as atuais campeãs europeias e Mundiais - Sérvia - irão enfrentar. No ultimo Mundial teve o confronto:SER x HOL na semifinal. E a final foi SER x ITA. Tem acertos de contas na parada! e no Ultimo Campeonato continental a final foi entre Sérvia x Holanda. Com Rússia, Alemanha e Itália fora das semifinais. Ainda temos as seleções da Turquia e Azerbaijão. EuroVolley começa a esquentar!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)