Confrontos definidos: Rio bate Praia, garante terceiro lugar e Minas confirma a liderança

Por Gustavo Aguiar, 23h28

Com o final do jogo entre Sesc RJ e Praia Clube nós já conhecemos os confrontos das quartas de final da Superliga 2018/2019. O Rio bateu o Praia em Uberlândia por 3 sets a 0 (25-23, 25-21, 25-20) e garantiu sua permanência em terceiro lugar. 

Kosheleva supera triplo de Michelle, Fabiana e Fawcett na vitória do Sesc (Foto: Dentil Praia Clube)


O Praia estava em segundo e não conseguiu ultrapassar o Minas, líder isolado na tabela, que venceu Curitiba por 3 sets a 0. Barueri venceu São Caetano e Osasco venceu Brasília, também por 3 a 0, confirmando suas posições. O Fluminense surpreendeu Bauru vencendo por 3 a 1, mas não mudou nada na classificação. O Pinheiros bateu Camboriú também por 3 a 1, mas ambos estão eliminados.

Confrontos definidos

(1) Minas x Curitiba (8)
(2) Praia x Fluminense (7)
(3) Sesc x Bauru (6)
(4) Barueri x Osasco (5)

Classificação Final da Fase Regular


  1. Minas - 59 pts
  2. Praia - 55 pts
  3. Sesc - 45 pts
  4. Barueri - 44 pts
  5. Osasco - 42 pts
  6. Bauru - 36 pts
  7. Fluminense - 30 pts
  8. Curitiba - 23 pts
  9. Pinheiros - 21 pts
  10. São Caetano - 18 pts
  11. Brasília - 14 pts (rebaixado à Superliga B)
  12. Camboriú - 9 pts (rebaixado à Superliga B)
As quartas de final começam na segunda-feira (18), segundo o canal Sportv.

Com a melhor campanha na fase regular, Minas confirma liderança na Superliga (Foto: Orlando Bento/MTC)

Comentários

  1. E aí bebê, O Sesc venceu. Sem enrolação, Semis serão entre Minas x Sesi e Praia x Barueri!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Impossível esse cruzamento. Os cruzamentos serão: vencedor do jogo do minas x vencedor so jogo Barbieri e vencedor do jogo do praia x vencedor do jogo do rio.

      Excluir
    2. Negativo! O Praia Club não passará pelo Fluminense!

      Excluir
    3. Fluminense não passa pelo praia! As equipes q passarão serão Minas, Praia, Rio e Osasco! Minas e Rio na Final.

      Excluir
    4. Anônimo 1, você está enganado! O Primero sempre pegará o último da classificação, e tanto Barueri quanto Osasco terminaram à frente do Sesi!

      Excluir
  2. Como é horrível esse SESI Bauru, só sinto pela minha amada Fabíola, que deveria voltar pra Europa longe dessas pândegas e desse pseudotécnico chamado Anderson, (Scandicci é o Bauru italiano). Que morte horrível do Praia, perder pras FlopRio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No início da temporada achei que esse time ia fazer algum perigo a alguém, porém faz medo nem ao Camboriú. Time horrível, técnico idem. Diouf é uma das piores opostas que vi jogar.

      Excluir
  3. Ansioso pelos jogos entre Barueri e Osasco, vão ser as quartas mais disputadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quinamanda vai reinar nas quinadas e nos tocos KKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. Barueri não tem bom histórico contra Osasco, até o Zé falou "quando é que nós vamos aprender a jogar contra esse time"... É a partida mais equilibrada das quatro ao meu ver. Tudo pode acontecer, Barueri vai continuar deitando pra osasco, ou vamos ter uma nova história.

      Excluir
  4. Ainda aposto em Minas e praia na final

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o Minas chega à final, mas o Praia deve cair para o Fluminense.

      Excluir
  5. Que diferença entre Praia e Minas, os dois times que buscavam a primeira colocação na tabela:
    -O Itambé/Minas faz uma partidaça fora de casa em Curitiba e fechou com chave de ouro a fase de classificação vencendo o próprio adversário das quartas-de-final, a revelação do Campeonato Curitiba,com isso o Minas já impõe uma pressão enorme contra o próprio Curitiba;
    -Por outro lado,o Dentil Praia Club que disputava a liderança termina a fase de classificação de forma vexatória sendo humilhado na frente da trocida em Uberlândia pelo SESC-RJ, Drussyla, Bia e Monique foram os destaques da partida e não tomaram conhecimento do Praia Club.
    -Já o adversário do Praia Club nas quartas-de-final, foi a Bauru e detonou as donas da casa numa partida espetacular de Ju Carrijo junto com suas centrais Letícia Hage e Lara Nobre.

    O Praia Club entra para as quartas-de-final desmoralizado pelo SESC-RJ e vai enfrentar um Fluminense bastante motivado depois de derrotar o Bauru na casa das adversárias. Gostei da atuação do Fluminense com Ju Carrijo de titular que distribuiu muito bem o jogo e deixou o ataque do Fluminense mais dinâmico.

    ResponderExcluir
  6. Torcendo pelo Sesc Rio com a diva Kosheleva!!! Torcendo por Hinode Barueri com a espetacular Skowronska!!!!!!! Mas tem o Osasco da Super Hooker. Quem escolher??? só um será o campeão final!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem nem o que escolher, Skowronska é, sem dúvidas, a melhor gringa desta edição da Superliga! Se as ponteiras do Barueri jogassem no mesmo nível da Skowronska... Mas não jogam!

      Excluir
    2. Né isso. Pra mim falta ponteiras em Barueri, se tivesse pelo menos uma dalí que atacasse e ajudasse a Skowronska seria mais fácil. Mas a oposta ter que jogar o tempo inteiro marcada, pq todos times sabem que ela é a única que joga naquele time e mesmo assim ela dá nome pow, 20,25 por jogo, muitas vezes jogos de 3x0, isso é um absurdo pra um esporte coletivo.

      Excluir
  7. Uma coisa já é certa: minas na final!
    Praia e Sesc jogarão a vida e a morte na semifinal pra poder enfrentar o minas.

    Campeão da SLF: indefinido ainda, se Natália não se recuperar a tempo da final.

    ResponderExcluir
  8. Deprimente, essa foi a forma como o Praia encerrou a fase de classificação. Concordo que o Praia não passa pelo Fluminense.

    ResponderExcluir
  9. Sinceramente o Praia precisa de uma levantadora e uma líbero urgente, porque não dá pra acreditar que a Carly campeã mundial de clubes em 2015 ja jogando nesse nível tosco, Ananda titular já. Ainda acredito no Praia na final, mas precisam jogar muita bola contra Fluminense e contra o Sesc Rio na semi. E Osasco contra Minas também promete. Hooker vira um demônio em play offs hahah. É a melhor SL de todos os tempos. Semifinais em aberto, difícil cravar um campeão, mas Natália vai querer sair do Brasil campeã e chegar na Turquia rainha. Boatos que ela vai ser fada no Eczacibaci Vitra <3 ansioso por esse mercado 2019/2020 onde talvez volte alguns ícones pra Superliga Brasileira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Carli Lloyd não é campeã mundial de clubes. O mais perto que ela chegou foi o vice-campeonato com o Casalmaggiore.

      Excluir
  10. A última rodada do returno no foi na sexta (15/03) e as quartas de final já serão na segunda (18/03) e na terça (19/03)? No masculino, a última rodada foi no sábado (16/03) e a fase de quartas serão no outro sábado (23/03). Acho um desrespeito com as mulheres. Por que no feminino as coisas tem que ser apressadas? Outra coisa, no jogo entre Sesi x Sada/Cruzeiro teve desafio eletrônico. Porque não teve no jogo entre Sesc/Rio e Praia Clube? Porque esse tratamento desigual?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3