Confira os elencos do melhor Mundial de Clubes da história!

É cedo para dizermos que vem aí o melhor mundial da história? Porque a FIVB deve estar orgulhosa dos oito elencos que participarão do Mundial de Clubes, que começa nesta segunda-feira (02). 

As quatro ligas mais fortes do mundo enviarão dois representantes: Novara e Conegliano do Italiano, Minas e Praia Clube do Brasileiro, Vakifbank e Eczacibasi do Turco e Tianjin e Guangdong do Chinês.

Veremos nada mais, nada menos do que várias das melhores jogadoras do mundo, de um passado recente ou da atualidade, juntas em quadra. As experientes Sheilla e Brakocevic enfrentarão a potência dos fenômenos Egonu e Boskovic.

Antigas companheiras de equipe como a campeã olímpica Walewska e a campeã mundial Kosheleva se encontrarão, assim como antigas desafetas, Ognjenovic e Wolosz, que ao lado da brasileira Macris compõem o melhor trio de levantadoras do voleibol mundial. 

Teremos encontro de compatriotas que jogam em países diferentes: Courtney, Fawcett, Hooker, Gibbemeyer e Lloyd; Rabadzhieva e Vasileva. Desde jogadoras que se consagraram nos últimos anos, o fenômeno Zhu e a habilidosa Gabi, às ascendentes descobertas de Haak e Li.

A tendência é que vejamos o melhor Mundial da história. Com panteras e tigresas favoritas sim. Mas, mais do que nunca, com equipes gigantes, abrilhantadas, estreladas e dispostas a fazer desse encontro um pontos épico para o voleibol feminino mundial. Confiram os elencos!

Técnicos e capitãs posam para foto oficial: Eczacibasi, Novara, Praia Clube, Guangdong, Tianjin, Minas, Conegliano e Vakifbank tendem a fazer o melhor mundial da história (Foto: FIVB)


GRUPO A

Imoco Volley Conegliano

Técnico: Daniele Santarelli

Levantadoras:
Joanna Wolosz (POL)
Giulia Gennari

Opostas:
Paola Egonu
Terry Enweonwu

Ponteiras:
Kimberly Hill (EUA)
Miriam Sylla
Indre Sorokaite
Jennifer Geerties (ALE)

Centrais:
Robin De Kruijf (HOL)
Chiaka Ogbogu (EUA)
Raphaela Folie
Alexandra Botezat

Líberos:
Monica De Gennaro
Eleonora Fersino

Conegliano estreia no Mundial com a MVP da Champions League (Foto: ImocoVolley)

Eczacibasi Vitra Istanbul

Técnico: Marco Aurélio Motta (BRA)

Levantadoras:
Carli Lloyd (EUA)
Gamze Alikaya

Opostas :
Tijana Boskovic (SER)
Melis Durul

Ponteiras:
Natalia Perreira (BRA)
Yeonkoung Kim (COR)
Hande Baladın
Saliha Şahin

Centrais:
Lauren Gibbemeyer (EUA)
Beyza Arıcı
Yasemin Güveli
Ergül Avcı

Líberos:
Simge Aköz
Buse Melis Kara

Terceiro lugar do Mundial no ano passado, Vitra busca final com novas peças, entre elas Natália Zilio (Foto: CEV)


Guangdong Evergrande

Técnico: Yan Fang

Levantadoras:
Xiaohan Mei
Jiarui Yu
Xiaoting Xu

Opostas:
Qingqing Du
Peiyan Chen

Ponteiras:
Dobriana Rabadzieva (BUL)
Tatiana Kosheleva (RUS)
Yao Li

Centrais:
Hanyu Yang
Yixin Zheng
Fengmei Zhang
Tingting Cao

Líberos:
Li Lin
Min Wang

Após passagem no Brasil e amargar a 5ª posição com o Rio, Kosheleva assume destaque no Evergrande (Foto: reprodução)

Minas Tênis Clube

Técnico: Nicola Negro (ITA)

Levantadoras:
Macris Carneiro
Bruna Costa

Opostas:
Bruna Honório
Sheilla Castro

Ponteiras:
Roslandy Acosta (VEN)
Deja McClendon (EUA)
Lana Conceição
Kasiely Clemente

Centrais:
Caroline Gattaz
Thaísa Menezes
Vivian Pellegrino
Laura Kudiess

Líberos:
Léia Silva
Luanna Emiliano


As bicampeãs olímpicas, Sheilla Castro e Thaisa Daher, são os grandes reforços do Minas (Foto: Reprodução)

GRUPO B

Igor Gorgonzola Novara

Técnico: Massimo Barbolini

Levantadoras:
Micha Hancock (EUA)
Rachele Morello

Opostas:
Jovana Brakocevic (EUA)
Iza Mlakar (ESL)

Ponteiras:
Elitsa Vasileva (BUL)
Megan Courtney (EUA)
Chiara Di Iulio
Zuzanna Gorecka (POL)

Centrais:
Stefana Veljkovic (SER)
Cristina Chirichella
Valentina Arrighetti
Federica Piacentini

Líberos:
Stefania Sansonna
Francesca Napodano

Elitsa Vasileva comanda as vitórias do Novara e é uma das maiores pontuadoras da equipe no campeonato italiano (Luca Pietro Santi)


Praia Clube

Técnico: Paulo Coco

Levantadoras:
Cláudia Bueno
Ananda Marinho

Opostas:
Nicole Fawcett (EUA)
Monique Pavão

Ponteiras:
Brayelin Martinez (DOM)
Fernanda Garay
Priscila Daroit
Michelle Pavão

Centrais:
Ana Carolina da Silva
Walewska Oliveira
Francynne Jacintho
Angélica Malinverno

Líberos:
Suelen Pinto
Laís Vasques

Fernanda Garay, Ana Carolina e Nicole Fawcett estiveram no último mundial com o Praia (Foto: FIVB)

Tianjin Bohai Bank

Técnico: Youquan Chen

Levantadoras:
Di Yao
Xintong Chen

Opostas:
Destine Hooker (EUA)
Yi Yang

Ponteiras:
Ting Zhu
Yingying Li
Junwei Yu
Yizhu Wang

Centrais:
Xinyue Yuan
Yuanyuan Wang
Yanan Li
Yumo Yuan

Líberos:
Zixuan Meng
Liwen Liu

Ting Zhu e Destine Hooker comandam o time do técnico Youquan Chen (Foto: Reprodução)

VakifBank Istanbul

Técnico: Giovanni Guidetti (ITA)

Levantadoras
Maja Ognjenovic (SER)
Cansu Özbay

Opostas:
Isabelle Haak (SUE)
Gözde Yılmaz

Ponteiras
Gabi Guimaraes (BRA)
Ebrar Karakurt
Meliha Ismailoğlu

Centrais
Milena Rasic (SER)
Zehra Güneş
Kübra Akman
Melis Gürkaynak

Líberos
Gizem Örge

Atual vice-campeã mundial com o Minas, Gabi assume lugar de Zhu no time turco (Foto: Reprodução)

Comentários

  1. Se alguém tiver algum link para o Eczacibasi vs Conegliano, por favor postem aqui, assistia pelo livetv, mas os links ultimamente estão horríveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm assisto por esse site!

      Excluir
    2. http://www.canlisportv.com/sport-klub-2/?yayin=1&fbclid=IwAR3XSbdbFK2xHEAkj5pWrFtnxYXjQY7x2HgA20Bh4EXR5WfXByv2GbZbVzg

      Bjs quereeedas.

      Excluir
  2. Qual o rolo entre Maja e Joanna? Teve alguma coisa no PO, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade foi na Champions de 2014/2015 onde a polonesa criticou a escolha de Maja como melhor levantadora.Ta nos posts do blog só caçar

      Excluir
    2. Pior que tá mesmo kkk.

      https://www.toflyvolleyball.com/2015/04/wolosz-diz-que-ognjenovic-foi-pior.html

      https://www.toflyvolleyball.com/2015/05/depois-de-criticar-ognjenovic-joanna.html

      "Uma escolha um pouco estranha premiar a levantadora do pior time, enquanto eu acho que ela foi a pior do seu time."

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      O Gustavo tbm comentou que teve mais treta entre as duas no PO decidido entre Sérvia e Polônia em agosto, mas não entrou em detalhes.

      Excluir
  3. Vitra perdeu pelo jogo horrível da Lloyd e pelos inúmeros erros de saque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boskovic estava bem marcada, foi uma vergonha Fubámeyer fazer 4 pontos em 4 sets e Akoz misteriosamente só funciona na seleção turca.

      Excluir
    2. Concordo "plenamente" Carli "JACA" Loyd afundou o ECZACIBASI! Como pode um time com 3 atacantes como Kim, Boskovic e Natália perder por causa de erros da levantadora?

      Excluir
    3. A fase negra da Lloyd está tão ruim que perto dela a Alikaya está virando uma levantadora aceitável. Carli está péssima, principalmente nas bolas altas para as extremidades. A lesão no ombro fez decair muito o vôlei da americana.

      Excluir
  4. Jovana Brakocevic é sérvia, não?!!!

    ResponderExcluir
  5. Shaoxing fica em Zhejiang. De que maneira o Evergrande participa do Mundial de Clubes como host se o clube é baseado em Guangdong? São duas províncias chinesas diferentes.

    ResponderExcluir
  6. Estava 23 a 21 para o Praia no 1º set e o time deixou o Vakif virar para 27 a 25, pqp. Isso deu a tônica da derrota do time brasileiro por 3 a 0. Claudinha levanta com uma mão só - sem a menor necessidade - uma bola para a Martinez na saída e o juiz marca condução: 23 a 23. Martinez saca na rede um viagem horroroso que não faz nem na seleção dominicana: 26 a 25 Vakif. Suelen péssima não se entende com a Garay na recepção do saque da Haak e o time turco fechou a parcial no contra-ataque tbm da oposta sueca, aff.

    ResponderExcluir
  7. Por que a Kubra não foi relacionada para o jogo de hoje contra o Praia pelo Vakif?

    ResponderExcluir
  8. Não tem nada haver com a matéria mas vou perguntar na mesma, por onde anda a líbero Ju Pães?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.instagram.com/p/B4ivoOIl983/

      SL B.

      Excluir
  9. Grande atuação da Kosheleva! A Russa estar melhor na China do que no Brasil. Obvio que no Sesc - ano passado - ela estava em recuperação da cirurgia e no club chines ela estar bem melhor fisicamente. Não sei como foi sua recepção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela jogou livre da recepção.

      Excluir
    2. O passe dela continua ridículo, continua uma grande Merd... Porém, o técnico chinês não deixou ela passar! Kosheleva jogou como ponteira que não passa!

      Excluir
    3. A coitada da Rabadzhieva é que foi caçada no saque! E se o Minas não tivesse errado tantos saques e insistisse mais e sobrecarregar a Rabadzhieva no saque, poderia ter vencido tranquilamente esse jogo. Bruna Honório e Sheilla jogaram muito!

      Excluir
    4. É isso, Unknown.

      Excluir
  10. Kosheleva avassaladora e vivíssima!!! Rabadzhieva segue mandando beijos hahahah AMOOOOOO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver contra um time bem montado como o Tianjin.

      Excluir
    2. Choraaaaaa mineirooo KKKKKKKKK

      Excluir
    3. Que porra de mineiro. Falei pelas ponteiras e não pelo Minas ter previsivelmente perdido.

      Excluir
    4. Quem tem que tá chorando não é o mineiro e, sim, o resto todo do país que nem competência pra mandar time pro mundial tem!!!

      Excluir
  11. "Deus o live" ver a CONErol Gattaz em Tokyo, a criatura joga 4 sets contra um time cheio de atacantes toqueiras (Dobriana não me deixa mentir) e não faz um mísero ponto de bloqueio, o pior é que ela tem a audácia em dizer que só volta para seleção apenas nos Jogos Olímpicos. Kkkkkk

    Minhas Sheilla e Thaísa vivíssimas, vai ser hilário ver a nº 13 colocando a Tandara no banco ano que vem em terras nipônicas, e olha que gosto da Tandara, mas se acha muito.

    Morto com as 2 bolas derrubadas das 16 bolas atacadas pela Garay, os haters ainda têm a petulância de chamar a fada Jaque de toqueira. É muito recalque, mesmo. Morto também com o piti da Rivotril naqueles dois toques dados por ela nesse mesmo jogo. Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Gattaz fica devendo no bloqueio há tempos.

      Nem sabemos se a Sheilla vai mesmo para Tóquio, pelo amor de Deus kkk.

      Maja é um purgante rsss.

      Excluir
  12. Minas muito mal montado, pqp. O mistério que fica é como a diretoria do clube permitiu a contratação do técnico e das ponteiras estrangeiras atuais depois de uma temporada quase perfeita. Não faz sentido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não achei o Minas mal montado não, acho sim que não teve tempo suficiente pra ganhar entrosamento com ponteiras novas no time. Gosto do Nicola Negro, ele vem fazendo um bom trabalho e não tem culpa de nada. Quem viu o jogo, percebeu que o Minas poderia sim ter ganhado o jogo, inclusive se a árbitra oriental não tivesse roubado para o time da casa no final do quarto set quando Carol Gattaz explorou o bloqueio da chinesa e ele deu ponto pra China... Esse negócio de beneficiar o time da casa é muito feio! Acosta fez uma ótima partida... E Deja deixou um pouca a Desejar... Mas Kasiely segurou bem o passe. As opostas Sheila e Bruna Honório são excelentes e fizeram uma ótima partida. Léia é espetacular. Thaísa dispensa comentários e Gattaz,se repetir as boas atuações da temporada passada, vai ser ótimo.

      Excluir
    2. Acho o técnico novo fraco. Parece que naquele ponto a jogadora chinesa tocou primeiro na bola. Só assim para a árbitra ter dado o ponto para o Ever, mas foi bem confuso mesmo. Independente disso, o Minas errou muitos saques, inclusive no 4º set. Acosta demorou muito para engrenar no jogo. Deja é inconstante e Kasiely péssima no ataque, mas tem um fundo de quadra razoável. Senti falta da Gattaz mais agressiva no block.

      Excluir
    3. A chinesa tocou primeiro na bola sim, mas a Gattaz atacou explorando o braço dela depois, basta rever o lance! No primeiro momento a chinesa só encosta na bola, a Gattaz vem como um foguete e ataca de lado explorando o braço dela. Minas foi garfado!

      Excluir
    4. Pois é. Tenho que rever o lance, mas só depois de Tianjin x Novara.

      Excluir
    5. Concordo! Não dá pra perder o monstro Brakocevic jogando! Ela está destruindo dentro de quadra!

      Excluir
    6. Maravilhosa, Courtney jogando demais também!!!!

      Excluir
  13. Pra quem acha que Garay deve ir as Olimpiadas, só ver novamente o jogo contra o Vakif. O negócio tá complicado... a nossa atuação em tóquio vai ser floop total, que tristeza...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos duas boas ponteiras titulares, mas tá difícil definir as reservas.

      Excluir
    2. E um jogo ruim não tira a Garay das Olimpíadas, até pq temos pouquíssimas opções de ponteiras visando Tóquio.

      Excluir
    3. Gabi Guimarães é,de longe, a melhor ponteira do Brasil disparado! Gabi, eleita a melhor ponteira do Mundial 2018 jogando pelo Minas, fez um partidaço pelo Vakifbank, jogadora completíssima, domina bem todos os fundamentos! Sou mais Jaqueline do que Fernanda Garay pelo o que estão jogando hoje!

      Excluir
    4. No mundial a desculpa do mal rendimento da Garay foi não estar totalmente em forma, ok... E agora? que eu saiba a lesao da temporada passada ja estar curada. A realidade que em nivel internacional ela ja não rende faz tempo. Fazer 3 pontos para uma ponteira de definição é muito ruim...

      Excluir
    5. Acho que a definição das ponteiras reservas deveria ser na Liga das Nações do ano que vem. Jaque, Garay, Amanda, Drussyla.... quem for melhor em nível internacional vai para as Olimpíadas

      Excluir
  14. Hooker raspou as laterais da cabeça? kkk

    ResponderExcluir
  15. O quê? Não acredito que diva Hooker fez essa loucura no cabelo!!! mas como foi o jogo dela? ela arrasou? junto com a Li Ying e a Zhu. Acho que a final será as 2 equipes da China.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Genten respeitem a Hooker, qualquer uma tem o direito de pegar piolho, foi por isso que ela raspou a cabeça. já tinha acontecido até com a Desejar McLedon, aquela faixa que a Hooker está usando está com NEOCID pra matar as lêndeas que sobraram.

      Excluir
    2. Difícil hein, a equipe da Koshee não vai nem pra semi, com Cone e Vitra no mesmo grupo fica muito difícil

      Excluir
    3. Que ridículo e preconceituoso seu comentário. Ainda bem que o blog não tolera isso

      Excluir
    4. Comentário preconceituosos por quê? Cadê o senso de humor? Agora fazer uma piadinha ou brincadeira como pegar piolho é preconceito? Eu mesma já peguei piolho mais de uma vez quando era mais nova na escola, e minha mãe primeiro amarrou uma fralda com Neocid na minha cabeça, mas como o Neocid me incomodava muito e eu ficava espirrando, ela resolveu passar máquina zero na minha cabeça e eu comecei a andar de lenço na cabeça até o cabelo crescer de novo? Qual é o preconceito nisso, minha filha? Cadê o senso de humor? Ai que gente chata que vê precocneito em tudo! Parece um monte de sequelados.

      Excluir
    5. Zhu jogou bem como sempre... Hooker e Li não corresponderam

      Excluir
  16. Ai gente por favor. Como faço para assistir esses jogos passados. E os próximos. Me ajudem por favorrrrr. Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro passo: compre um óculos fundo de garrafa no camelô mais próximo, depois vc volta e a gente conversa, tá legal?

      Excluir
    2. kkkkk - lembrei daquele povo que antigamente usavam e ainda usam esses óculos estrambólicos!!! Hj a moda é fazer sexo por "ajudinhas"- com a palavra as donas de casa e os caras secretos.

      Excluir
    3. Again? Google it bjs.

      Excluir
    4. Tal qual Miss Britney Spears... Oops, I did it again...

      Excluir
    5. You better work, BITCH!

      Excluir
  17. Só mesmo o time do Tianjin pra dar moral pra fubá da Courtney deixando ela pontuar tanto ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senta lá Cláudia! No campeonato italiano ela vem jogando bem, apesar da função de atacante definidora ser da Vasileva.
      Aceitaaa fofa, as americanas estão detonando mundo afora. E continuam sendo muito procuradas pelas grandes equipes.

      Excluir
    2. bla bla bla ela é um jogadora mediana sim, se fosse tao boa atacante o Kiraly não colocaria ela jogando de libero aliás nem como libero é boa

      Excluir
    3. Que feio seu comentário..... Ela fez uma ótima partida, é uma atacante promissora, pena ter se lesionada logo no início da carreira pós universidade, mas está indo muito bem, ao ponto da Vasileva ser substituída pela Iulio no jogo de hoje e ela permanecer em quadra, celebre as boas jogadoras, para que criticar?

      Excluir
    4. Não critiquei, só comentei a minha opinião quem não concorda ignora pronto

      Excluir
  18. Jovana Brakocevic e Stefana Veljkovic, monstros do voleibol, divas, deusas, super stars, super pop's. A Sérvia é um celeiro de opostas e centrais de altíssimo nível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo e raçudas né? Imagina Brako nas inversões pela Sérvia, seria demais!!!!

      Excluir
    2. As servias estão cada dia mais riquissimas, elas são poderosíssimas.

      Excluir
    3. Menos a Bosko, que hoje não jogou bem...

      Excluir
  19. Todo mundo achando que o Tiajin já estava com o título na mão, mas parece que Zhu não dará conta sozinha, Hooker muito mal, mas é pouco utilizada pela levantadora who chinesa. Conegliano favoritíssimo ao título, é foda pois aquela sem sal polonesa, Sylla e Erronu sem acham pra caralho. Eczacibasi é o único que pode fazer frente, mas Lloyd está numa fase horrorosa (sem contar as centrais inúteis), Fabíola num time com essas três super atacantes de extrema faria a festa no Eczacibasi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim o favorito é o Cone mesmo, gosto muito do Novara, tomara que engrenem jogando juntos e na formação ideal, pena que os brasileiros nesse ano talvez não cheguem nem na semi....

      Excluir
    2. Times brasileiros e chineses são as mer*** desse campeonato. Itália e Turquia maiores e melhores. Wolosh mvp. Pq choras Maja bolada na cara?

      Excluir
    3. A Hooker e Li foram muito mal hoje, só quem segurou a marimba foi a Zhu... a Hooker foi pouco acionada pq simplesmente não tava virando nada, só virou 4 de 23 recebidas, tem que ver tb a qualidade dos levantamentos, se pode ter comprometido...

      Excluir
  20. Times chineses não tem fundo de quadra, por isso atacantes fubás como Courtney, Larson e Rabadhizieva fazem a festa. Até Sheilla (jogadora que amo, mas ainda está longe do seu potencial) ressuscitou hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem você mesmo acredita nesse papinho, conta outra.
      Larson é uma das únicas ponteiras que fazem um excelente fundo de quadra, e na temporada passada ela pontuou bastante nos ataques, sendo mais efetiva que a própria Kim em alguns jogos.
      Rabadzhieva é uma boa passadora e não compromete no ataque, ajudou muito a Kosheleva no Galatasaray,e continua ajudando agora no Guangdong.
      Essa jogadoras fizeram o nome delas ao longo dos anos, por isso são supervalorizadas.
      Talvez o seu rancor seja porque as jogadoras brasileiras que se destacam aqui na Superliga não são procuradas lá fora.
      A verdade é que elas, bem ou mal, estão na China ganhando seus milhões. Quanto a você resta aceitar.

      Excluir
    2. Brasileiras não jogam fora porque não querem, ô retardado!
      Fubarson cansada de ser pisada pela Zhu foi tentar se fazer lá na China, ops mais quem voltou para China esta temporada?
      Fubarson foi pisada até pela Flopinson na temporada passada, sem contar que chegou a auge de bancar pra quinadeira Hodge em uma final olímpica. Fubarson pode ganhar milhões, mas ouro olímpico jamais. #deboche

      Excluir
    3. Gustavo peço por favor que reveja a participação desta pessoa, pois não cansa de ofender as jogadoras e trazer sempre um tom de discussão às conversas de quem realmente gosta do esporte. Grato e parabéns pelo blog, entro diariamente!

      Excluir
    4. Morta com a POC polida!!! Kkkkkkkk

      Excluir
    5. Verdade último anônimo! Tem que ser muito POC mesmo pra ficar enchendo o saco do Gustavo com esses pedidos cheios de frescura! Sai fora POC de uma figa!

      Excluir
    6. Larson, linda, loira, campeã mundial, MVP, rica e desejada por grandes clubes. Põe o seu requalque na secretária eletrônica fofa e aceita o requinte da musa.

      Excluir
    7. Linda? Com aquela cara de sapo e cabelo cortado com facão? Kkkk Lindas são a ubermodel Jaqueline Endres (zero botox), a rainha dos brincos de diamantes Olesia Rykhliuk, a playmate búlgara Elitsa Vasileva, a beleza grunge Ai Kurogo e a botocada da boca de coringa Natalia Goncharova. Até a menininho Kim é linda. Larson não!

      Excluir
    8. Larson é linda e você é uma hater frustrada kkkkkkkkkk Bjuss

      Excluir
    9. Frustrada é a TocoLarson bebê. Nas duas últimas olimpíadas estava com o ouro nas mãos e foi tombada pela rainha do passe A Jaqueline Carvalho Endres em Londres 2012 e pela especialista em pipes na rede cof cof Karsta PopcornLowe, a cara da Foluke depois desse ataque arrasador de sonhos ianques daria um meme antológico. Beijos Uberlândia, sétimo no Mundial. Rsrsrs

      Excluir
  21. Zhu nao merece esse time, essa derrota pro Novara provou que a seleção chinesa não é só Zhu e que ela sozinha não ganha jogo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gong teria feitos mais pontos de ataque hoje que a Hooker e seguraria o passe, Zhang bancaria YY Li...

      Excluir
  22. Acredito em uma vitória do Minas amanhã contra o Eczacibasi, mais pela má fase da Carli Loyd e porque Gamze Alikaya é uma levantadora "apenas" esforçada. Acho que com uma Fabíola esse time do Eczacibasi com Kim, Boskovic e Natália seria praticamente imbatível, mas a Carli Loyd não está colaborando. Já as levantadoras do Minas, Macris e Bruna Costa, estão em uma excelente fase e o minas tem um poder de ataque que pode ser muito bem explorado por elas com Taísa, Gattaz, Bruna Honório, Sheila e Acosta. A segunda ponteira que é mais de composição, seja ela a Deja ou a Kasiely, mas a Acosta é uma ponteira alta e de definição que contribui bastante no ataque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! O Minas é um time raçudo e equilibrado, já o Eczacibasi tem as melhores atacantes possíveis, mas as 2 levantadoras não acompanham o nível das atacantes. As levantadoras do Minas são melhores que as o Eczacibasi.

      Excluir
  23. A tal da Joanna Wolosz está insuportável, não é mesmo? Está se achando muito! Debochada, ficava dançando e se requebrando quando o Eczacibasi pedia o VAR(desafio)! Wolosz está se achando a "THE BEST OF THE WORLD", só porque pegou uma Carli Loyd em má fase e uma Gamze Alikaya meia boca... Mas Wolosz tem que comer muito espinafre ainda se quiser algum dia ser uma Maja Ognjenovic! Menos Wolosz, você está longe de ser a última bolacha do pacote!
    Adorei o jogo da Macris e da Bruna hoje levantando pelo Minas, porém, achei que Claudinha e Ananda poderiam ter se saído melhor pelo Praia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que a Wolosz tá melhor que a Maja

      Excluir
    2. A wolosz só se acha nos clubes, na seleção fica toda calada

      Excluir
    3. Também acho que Wolosz tá melhor. Ela consegue se adaptar ao perfil técnico das jogadoras. O Conegliano troca as jogadoras e ela levanta a bola na pinta. Parece que já joga com a Egonu há anos.

      Excluir
  24. Odeio dizer isso até porque tenho um pouco de ranço do ar de superioridade com que jogam as meninas do Cone. Mas, dificilmente perdem essa. O Vitra até faz frente, porém praticamente sem centrais e com duas levantadoras que não dão uma fica difícil. Amo minha fada Lloyd, contudo ela não tá nada nem há tempos. Incrível como ela e Malinov, duas grandes apostas no levantamento internacional, decaíram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a Wolosz está com um Narizinho muito empinado e muito metida e besta também, tirando sarro das outras. Vou torcer contra ela, acho que ela está sentindo com o Rei na Barriga e não merece esse título Mundial. Baixa a bola Wolosz, seja mais humilde!

      Excluir
    2. Songa monga polonesa pode até ser campeã mundial de clubes, mas Tokyo 2020 ela vai assistir lá na gelada Wholônia. Espero que as fubazentas laranjas levem essa vaga ou até a Whorquia, as ogras polonesas, Kokôlewska por exemplo, estão se achando demais.

      Excluir
    3. Calmaaaaa se Hooker se ajustar o Tianjin pode fazer frente, e todos os sets ontem foram disputados, com muitos erros do Vitra, o Vakif pode crescer se a Haak manter a regularidade, não está ganho ainda pro Cone.... qlqr time que tenha Sylla e Egonu vou torcer contra, pq são um poço de arrogância...

      Excluir
  25. Jogão no Mundial de Clubs Masculino hoje. O Kazan estar com a equipe completíssima e o astro russo Mikhaylov estar em Minas Gerais!! Jogam o Sokolov e o provocador francês Ngapeth. Na escala de preferencias: 1º - o bonitão Sokolov e 2º - O certinho, Mikhaylov. Esse trio irão enfrentar o algoz e rival, Cruzeiro. Neste Mundial tem o club italiano com os Super Cubanos em ação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sai fora seu fanático por russos dopados! O COI está para banir a Rússia da Olimpíada de Tokyo por mais escândalos recentes de doping patrocinados pelo governo!
      A própria Rússia ja admite ficar de fora das Olimpíadas de Tóquio de 2020. No mês passado a Agência Mundial Antidoping (WADA) afirmou que o país poderia ser banida dos principais eventos esportivos por não colaborar no processo que investiga o esquema estatal de doping russo.

      Nesta semana um comitê da WADA se reunirá com especialistas que avaliaram os dados e as explicações da Rússia sobre a manipulação dos dados entregues pela Rusada (agência antidoping do país).

      “A equipe olímpica da Rússia pode ser impedida de participar totalmente dos Jogos de Tóquio”, disse à agência de imprensa AFP o diretor da Rusada, Yuri Ganus. E foi além: “Eu acho que isso também acontecerá nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 na China”.

      A Rússia entregou os dados de seu laboratório em Moscou em janeiro, como condição de sua reintegração de volta ao setor esportivo, após uma suspensão de três anos por ter sido descoberto um programa de doping patrocinado pelo Estado.

      Em setembro, o Wada abriu um procedimento formal de conformidade após a descoberta de “inconsistências” nos dados, dando à Rússia três semanas para explicar. Como resultado, os atletas russos permaneceram suspensos no recente Campeonato Mundial de Atletismo em Doha pelo órgão governamental do esporte, a IAAF.

      A determinação da Agência Mundial para ter acesso aos dados armazenados no laboratório russo estava entre as principais condições para o fim da suspensão da Rusada, mas as promessas não foram cumpridas.

      Excluir
    2. Um documentário exibido na televisão alemã provocou a maior crise da história do esporte. Medalhas confiscadas. Ídolos desmoralizados. Uma potência desmascarada. A corajosa delação de Yulia Stepanova (assunto da semana passada nesta seção) e do marido, o treinador de atletismo Vitaly Stepanova, estremeceu o mundo do esporte e desencadeou uma avalanche de processos judiciais. Se fôssemos pegar caso a caso, o Juri-história trataria do tema por anos. Por isso, o fundamental aqui é entender como os fatos narrados por Yulia provocaram uma investigação que trouxe consequências para o esporte e também para o mundo jurídico esportivo.

      O documentário mostrou um esquema estatal de doping. O Estado russo produzindo campeões de maneira ilícita. A partir dele, dezenas de pessoas passaram a falar. O ex-diretor do laboratório antidoping de Moscou, Grigory Rodchenkov, exilado nos Estados Unidos por motivos de segurança, revelou ao New York Times que os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014 foram manchados por um escândalo de doping em grande escala. Rodchenkov acusou inclusive o serviço secreto russo de ter trocado amostras suspeitas e afirmou que ao menos 15 medalhistas russos nesses Jogos de Inverno eram dopados.

      Trabalhei na cobertura do evento de Sochi, e muito já se falava de um esquema do governo para encobrir doping dos atletas a fim de transformar a Rússia na grande vencedora dos Jogos e alavancar a imagem pública de Vladimir Putin. Mas ninguém imaginava que, em fevereiro de 2015, um ano depois, o castelo de conquistas estaria completamente destruído.

      O canal alemão ARD e o jornal britânico The Sunday Times citaram, em outro documentário, alguns meses depois da delação de Yulia, uma lista de atletas suspeitos em cerca de 5 mil de 12 mil amostras colhidas em medalhistas das últimas edições dos Mundiais e das Olimpíadas. Com as acusações brotando por todos os lados, COI, Federação Internacional de Atletismo, federações internacionais e WADA passaram a agir.

      Em agosto de 2015, a agência antidoping, WADA, divulgou as primeiras conclusões da investigação, com duras acusações de “doping organizado” na Rússia, com envolvimento dos mais altos escalões do Estado, inclusive do serviço secreto. Os casos de doping “não poderiam ter existido” sem o consentimento do governo, dizia a comissão, que concluiu pedindo uma medida drástica: a suspensão do atletismo russo de todas as competições internacionais, inclusive os Jogos do Rio.

      Excluir
    3. Em julho, às vésperas dos Jogos do Rio, o relatório McLaren, divulgado a pedido da WADA, foi duro com a Rússia. Ele denunciou um “sistema de doping de Estado” que atingiu 30 esportes na Rússia, de 2011 a 2015, principalmente nos Jogos de Sochi e no Mundial de Atletismo de Moscou em 2013.

      Não só atletismo. COI em apuros. Tribunal Arbitral do Esporte analisando, dias antes da Olimpíada, dezenas de casos de atletas que tentavam conseguir na Justiça o direito de competir. Em início de julho de 2016, eram 68 atletas russos com pedidos no TAS para derrubar a suspensão da IAAF.

      Assustada e apertada pelos prazos, a comissão executiva do COI anunciou que iria “explorar todas as opções jurídicas”, entre exclusão coletiva de todos os esportistas russos e “direito à justiça individual”. Concretamente, o COI explicou que “a admissão de cada atleta russo terá de ser decidida pela federação internacional do seu esporte, com base na análise individual dos exames antidoping aos quais foi submetido em nível interno.

      Excluir
    4. Com a Rusada (agência antidoping russa) boicotando o trabalho de investigação da WADA mais uma vez, a situação da Rússia volta a ficar muito complicada. Por mais que entenda a força econômica e esportiva do país, não punir quem insistentemente joga contra a lisura do esporte seria um problema gigante para o movimento esportivo.

      “A situação é muito séria”, disse o presidente do Comitê Olímpico Russo, Stanislav Pozdnyakov, em comunicado. Ele acrescentou que, se a Rússia não puder refutar a alegação ou identificar possíveis suspeitos, “as perspectivas da equipe olímpica russa de participar dos Jogos em Tóquio no próximo ano poderão estar ameaçadas”.

      O esquema estatal de doping foi desmascarado e provocou vítimas em todos os lados. Tirou a lisura das conquistas, feriu o espírito olímpico e provocou uma avalanche de processos. A história do maior escândalo de doping no esporte ainda está longe do fim.

      Excluir
    5. Fora Rússia ridícula! A medalha de ouro no masculino em Londres 2012 deveria ser do Brasil e não da Rússia, pois mesmo dopados, os russos só conseguiram vencer do Brasil no tie break! Vários atletas foram impedidos de vir a Rio 2016 para evitar polêmicas de doping e a Rússia acabou flopando tanto no volei amsculino quanto no feminino.
      Na segunda partida das semifinais da Champions League de 2016,ano olímpico, Gamova e Startseva estranhamente não foram relacionadas para jogar pelo Dínamo Kazan contra o Casalmaggiore. As duas eram as estrelas do Kazan!!!
      A princípio foi dada uma desculpa pra lá de esfarrapada de intoxicação alimentar às vésperas da semifinal. Ninguém da comissão técnica confirmou a tal intoxicação "fake", e ainda disseram sequer saber onde estavam as jogadoras...
      Porém, ao serem convocadas para a seleção de Yuri Marichev, GAMOVA e STARTSEVA temeram pelo exame antidoping. Deveriam estar entupidas de MELDONIUN dos pés à cabeça que era doping da moda na época patrocinado pelo governo russo, já que o MELDONIUM aumenta a capacidade de OXIGENAÇÃO e CIRCULAÇÃO do sangue no corpo e segundo a WADA, melhora a capacidade física e diminui a fadiga dos atletas durante uma partida.
      Normal entre atletas russos, o Meldonium já flagrado centenas de altetas russos no antidoping.
      Dentre os dopados estavam: a tenista Maria Sharapova, os voleibolistas Alexander Markin, Alexey Obmochaev, por exemplo. Os rumores se intensificaram depois que o jornal La Gazzetta Dello Sport divulgou uma matéria em seu site dizendo que o exame do antidoping nas finais seria feito pela coleta de sangue e não de urina como habitualmente - meldonium só é detectado pelo sangue.

      Excluir
    6. Muito blá blá blá pra pouca bosta. Vão cagar...

      Excluir
    7. Empresta pra mim o papel higiênico, por favor! É que está chegando o Natal e aqui onde estou, próximo da Venezuela, só tem jornal, please!
      Manda por SEDEX 10 que chega mais rápido, valeu?

      Excluir
    8. Verdade anônimo! Pouca bosta mesmo! Se bem que pra fazer o anti-doping não precisa de muita bosta, precisa-se de urina ou sangue, sabia?

      Excluir
    9. Uhé - porque esse leigo quer só incriminar a poderosa Rússia???? olha os Estados Unidos!!! Vc ainda tem duvidas do desempenho USA!!!

      Excluir
  26. Esse mundial vai provar que Macris é uma levantadora mediana que foi carregada por Gabi e Natália temporada passada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre achei isso, mas mesmo assim quero a Majacris em Tokyo como reserva da fada europeia Josefa Fabíola.

      Excluir
    2. Que mentira mais ridícula!!! Macris foi eleita Melhor Levantadora da Superliga em 2016, 2015, 2014 e 2013 jogando pelos times do Pinheiros e do Brasília, comendo o pão que o diabo amaçou, sem chances de título, mas sempre ganhando prêmios de melhor levantadora, sem nunca ter jogado com Gabi Guimarães ou Natália Zilio em clubes!!!
      Quando Natália e Gabi foram ter o prazer de jogar com Macris, ela já tinha ganhado vários prêmios de Melhor Levantadora!!!
      Baseando-se pelo jogo de hoje, basta perguntar à Natália quem levanta melhor: Macris ou Carli Loyd ou Gamze Alikaya?
      Carli Loyd e Gamze Aikaya afundaram o Eczacibasi hoje!
      Se até a Mara virou atacante decisiva jogando com Macris... O que Macris não faria jogando com Kim, Boskovic e Natália no Eczacibasi?
      E outra, Gibbmeyer só fez 4 pontos hoje porque Loyd e Alikaya esqueceram que ela existia, elas puseram a Gibbmeyer na geladeira, pois se Macris fosse a levantadora do Eczacibasi, com certeza ela poria a Gibbmeyer pra jogar!!!
      Macris fez milagres com Mara, ela iria encher a Gibbmeyer de bolas em condições perfeitas para atacar! E Gibbmeyer sairia do jogo muito bem na fita!
      Graças à Macris, Mara chegou até a ser titular da seleção no Pré-Olímpico, coisa impensável anos atrás!!!

      Excluir
    3. Qual é a dificuldade de aceitar a opinião dos outros? Nem todos têm que achar a Macris espetacular ou a melhor levantadora como vocês dizem, pra mim ela é mediana e só foi campeã com o Minas por causa da dupla Gabi e Natália.

      Excluir
    4. Exato, penúltimo anônimo, você disse muito bem, Majacris é a melhor levantadora de Superliga, já em nível Mundial...

      Excluir
    5. Concordo plenamente com o Anônimo das 16:10h, Macris já era uma grande levantadora muito antes de jogar com Natália ou Gabi. Ela nunca dependeu de Natália ou Gabi para ser uma grande levantadora. Em nenhum momento li ninguém escrever aqui que Macris é a melhor das melhores, mas que ela nunca dependeu de Natália ou Gabi pra ser a talentosa levantadora que é, isso é fato!

      Excluir
  27. Acho uma palhaçada quando as pessoas dizem que a Gabi assumiu o lugar da Zhu, a Gabi foi contratada para substituir a Kelsey não a Zhu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Até porque a Zhu é insubstituível.

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)