Lanterna do Italiano, Chieri bate Praia Clube por 3 a 2 em amistoso

O Dentil/Praia Clube segue para Shaoxing, na China, onde disputará o Mundial de Clubes de Vôlei Feminino. Antes fez uma parada na Itália, buscando aclimatação e treino para os confrontos da competição. O Praia foi recebido pelo Renea Mutua Fenera Chieri, time que folga esta semana na rodada do Italiano (o nacional delas tem 13 times e uma equipe folga por rodada). 

O confronto colocou o líder e o lanterna dos dois maiores campeonatos do mundo (na minha opinião) frente a frente. O Praia Clube lidera o Brasileiro com 14 pontos e 5 vitórias em 5 jogos na temporada. O Chieri está no sentido oposto, tem 7 jogos e 7 derrotas, 0 pontos e é o lanterna do campeonato. Mesmo assim, o resultado surpreendeu. 

Bayramova ataca contra duplo de Fran e Ellen (Foto: Antonio De Salvo Lupo)


O Chieri bateu o Praia Clube por 3 sets a 2 (22-25, 26-24, 25-18, 20-25 e 15-12), vencendo o confronto internacional. O destaque do jogo foi a oposta cubana Giselle Silva, dona de 24 pontos na partida. Grande jogo também da azeri Odina Bayramova com 21 pontos. O Praia Clube teve dois desfalques: a central Carol, poupada após uma contratura nas costas, e a ponteira Fernanda Garay. As maiores pontuadoras do time brasileiro foram a ponteira Michelle e a central Fabiana, ambas com 14 pontos.

Claro, o fuso horário e o desgaste com a viagem prejudicam o Praia, que enfrentou o Chieri em casa. Em uma atitude de solidariedade, o Chieri doou toda a renda adquirida na partida para o hospital da cidade.

Reale Mutua Fenera Chieri 3 x 2 Dentil Praia Clube (22-25; 26-24; 25-18; 20-25; 15-12)

CHI: De Lellis 3, Silva 23, Akrari 10, Barysevich 10, Bayramova 21, Perinelli 14; Bresciani (L). Entraram: Scacchetti, Dapic 2, Angelina, Tonello. 

PRA: Lloyd 4, Fawcett 12, Fabiana 14, Fran 11, Rosamaria 6, Michelle 14, Suelen (L). Entraram: Ananda, Paula, Laís.



Agora, o Praia segue para a China, onde joga pelo Grupo B, com Eczacibasi, Chonburi e Altay. O Grupo A tem Minas, Vakifbank, Zhejiang e Volero. 

Comentários

  1. É gente, o Praia entrou na onda do italiano, todos sabem que por lá o líder joga de igual pra igual porque é o campeonato mais equilibrado do mundo hehe, porém, isso pra mim foi uma humilhação para o voleibol brasileiro! Se é pra passar vergonha que faça igual ao Minas que foi direto para seu destino. Descanse, treine e se adapte lá, não fique fazendo tour achando que um Vakifbank da vida, uma vergonhaaaaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
  2. Sejamos realistas: a disputa pelo título ficará com os times turcos. Os times brasileiros vão brigar pelo terceiro lugar. O time do Minas está jogando um voleibol mais redondo, com uma boa linha de passe e uma levantadora que acelera o jogo. Quanto ao Praia, o entrosamento melhorou um pouco, mas falta precisão nos levantamentos. Lloyd tá oscilando muito na altura das bolas. Michelle tomou a titularidade de vez, pois contribui com o volume de jogo e não compromete no ataque. Fran tem me chamado muita atenção, por ser uma central alta e completa em todos os fundamentos. Olho nela!

    ResponderExcluir
  3. Falta muuuuuuuuito pra Superliga ser melhor que o Turco. Sem comparaçoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Síndrome de Vira-lata é foda. Campeonato turco é medonho, onde a disparidade entre os clubes é irritante, sem contar os ginásios vazios. Até o japonês consegue mais interessante q a disputa de títulos entre Vakif e Vitra.

      Excluir
    2. Eu também discordo de você, Rafael. O Turco conseguiu ficar ainda pior nesta temporada, já que o Galatasaray deu uma enfraquecida considerável, o Bursa foi extinto, Nilufer, Halkbank e Çanakkale investiram menos. Há três gigantes, Eczacibasi, Vakifbank e até o Fenerbahçe.

      No Brasil temos Praia, Sesc e Minas na linha de frente com coadjuvantes como Osasco, Barueri e Fluminense. Até o Pinheiros, na minha opinião, bateria em times turcos como Aydin, Kameroglu e, se brincar, até o Galatasaray.

      Mas é só uma opinião, claro hahaha

      Excluir
    3. Gustavo você esqueceu o Sesi Bauru, pelo amor de Deus....

      Excluir
    4. Eu sempre esqueço do Sesi Bauru D=
      Minha vida é esquecer o Sesi Bauru.
      Desculpe, Sesi Bauru <3

      Excluir
    5. Também discordo Rafael. O turco tem três grandes potências já citadas que tem investido muito há alguns anos. E só. Os outros times são risíveis e o único atrativo, quando há, é o poderio no ataque. A SL feminina desse ano está ainda mais equilibrada porque times intermediários como Fluminense, Pinheiros e Bauru (fundido) investiram mais e, por consequência, estão mais fortes do que ano passado. Até na parte de baixo da tabela a briga é grande e os times estão tirando um ponto de alguns grandes. Pra mim, a liga italiana e a brasileira são as duas melhores do mundo.

      Excluir
  4. Praia jogou sem Garay e com Flopmary de titular, traduzindo até o lanterna do Cazaquistão daria trabalho ao FloPraia q sempre monta um grande time, mas caga na escolha da segunda ponteira.

    ResponderExcluir
  5. Praia Clube vem forte pro Mundial, Fawcett tem q sacar na Larson, Garay e Michelle pfv entreguem tudo na mão da Lloyd, Fabiana coloque a Boskovic pra descer, Suellen seja a líbero da VNL, Rosamaria só entre nas inversões ou quando a Fawcett começar a tomar toco, Praia Clube tem chances se ñ vacilar! Minha aposta é vai ser 3x2 pro Praia, maior pontuadoras vão ser a Kim, pelo Eczacibasi, e Garay, pelo nosso lado, temos uma levantadora melhor q a deles, temos centrais melhores q as deles, temos uma Ponteira melhor q a deles, só ñ temos uma oposta melhor, embora quando a Fawcett começa jogar ninguém segura, e a outra ponteira pois Garay e mil vezes melhor q Larson, mais a Michelle é bem inferior a Kim...Mas estou confiante, pois jogo se ganha jogando!

    ResponderExcluir
  6. Meu bem, vamos olhar por funções:
    Larson é melhor que Michelle;
    Kim é melhor que Garay;
    Boskovic é melhor que Fawcett;
    Aköz é melhor que Suellen;
    Alikaya tá melhor que Lloyd;

    A única jogadora melhor do Praia é a Fabiana, mas ainda assim a Gibbemeyer tem um bom bloqueio.

    Se iludir é uma coisa, mas tem que se iludir com senso, convenhamos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus, Alikaya melhor que Lloyd, morro kkk.

      Excluir
    2. Aprende a ler Bruno. Falei que a Alikaya *TÁ* melhor que a Lloyd. A americana ainda está se adaptando às suas atacantes e ao tipo de bola de cada uma, justamente por isso que a Alikaya *TÁ* melhor no momento.

      Excluir
  7. Sonha; quanto maior o sonho, maior a queda! Engole o choro!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3