Vakifbank passa sufoco contra time estreante do turco; gigantes vencem

Começou ontem (02) a 34ª edição do Campeonato Turco, um dos três mais fortes do mundo para o voleibol feminino. E hoje, segundo dia do torneio, já teve gigante tropeçando em time menor: por pouco o Vakifbank não foi derrubado pelo Karayollari. As atuais campeãs turcas bateram o rival por 3 sets a 2 e chegaram a estar perdendo a partida por 2 a 1.

Sloetjes enfrenta marcação dupla em largada (Foto: TVF)


Guidetti optou por usar um time misto e Zhu sequer entrou na partida, só Robinson e Rasic foram escaladas como titulares. Mas vendo que Karakurt deu pane (ela errou 6 das 9 bolas que recebeu) logo o técnico percebeu que precisava de Sloejtes, sua oposta titular. Enquanto isso, a experiente bielorrussa Marina Tumas definia pelo Karayollari. Sem Zhu, Sloetjes fica sobrecarregada e a oposta fez 12 pontos só no terceiro set, também perdido pelo Vakifbank. Mas o time se reorganizou e impôs sua tradição, empatando a partida e fazendo 15 a 6 no tie-break. O Vakifbank conseguiu complicar uma estreia tranquila...

Seu rivais agradecem, pois venceram com facilidade. O Eczacibasi massacrou o Nilufer por 3 a 0 cruéis, parciais vencidas por 25-14 e duplo 25-12. Por algum motivo o Nilufer ainda não inscreveu suas estrangeiras (Collar, Lazic e Bailey) no campeonato. O Vitra sim e Kim comandou a vitória, em dia que Larson e Boskovic foram poupadas.

Eczacibasi teve a melhor vitória da rodada (Foto: TVF)


O Fenerbahçe, por sua vez, estreou ontem, abrindo o campeonato. O Besiktas ofereceu bem mais resistência, mas não o suficiente para bater os anjos. A cubana Melissa Vargas estreou com uma atuação convincente, espantando a dúvida que muitos tinham sobre o longo tempo afastada das quadras. A cubana marcou 24 pontos em um jogo muito disputado. Também com emoção, o Galatasaray teve uma grande atuação de Meryem Boz para derrubar o Çanakkale por 3 sets a 1. 

Dentre os times menores que venceram, uma surpresa: o THY, comandado pela levantadora Ozge Kirdar (irmã gêmea de Gozde) foi derrotado pelo Aydin, o time mais dominicano do campeonato, por 3 sets a 0. O Aydin teve uma atuação apagada de Brayelin Martinez, mas a oposta Gonzalez compensou - Jineiry completa o trio. Pelo THY, Enright foi muito mal e Havlickova teve que carregar o time no ataque.

Se temos um time "dominicano", temos um trio "americano", o Kameroglu Beylikduzu (vamos chamá-lo pelo segundo nome daqui pra frente, ok?) time de Drews, Lee e da levantadora Hunter, esta última estreante em competições profissionais. O Beylikduzu bateu o Halkbank por 3 sets a 1, com 20 pontos da oposta Drews. Do outro lado, uma surpresa: a estreia da recém-contratada Rosanna Giel, central cubana de 26 anos. Mas não deu para o Halkbank.

Annie Drews ataca contra duplo de Ural e Giel (Foto: TVF)

Campeonato Turco - 1ª Rodada

Fenebahçe 3 x 1 Besiktas JK (27-25, 25-20, 27-25) (est.)
MP: Vargas (24) | Rykhliuk (10)

Galatasaray 3 x 1 Çanakkale Bld. (25-21, 23-25, 25-18, 25-21) (est.)
MP: Boz (28) | Durul e Sobolska (13)

VakıfBank 3 x 2 Karayollari (23-25, 25-15, 29-31, 25-13, 15-6) (est.)
MP: Sloetjes (26) | Tumas (18)

Aydın B.Şehir Bld. 3 x 0 THY (25-22, 25-20, 25-22) (est.)
MP: Gonzalez (20) | Havlickova (19)

Halkbank 1 x 3 Kameroğlu Beylikdüzü  (25-23, 16-25, 9-25, 18-25) (est.)
MP: Ural (13) | Drews (20)

Nilüfer 0 x 3 Eczacıbaşı VitrA (14-25, 12-25, 12-25) (est.)
MP: Menekser e Tecimer (7) | Kim (16)

Classificação (+ bônus)

  1. Galatasaray - 5.34 pts
  2. Fenerbahçe - 5.32 pts
  3. Eczacibasi - 5.3 pts
  4. Vakifbank - 4.44 pts
  5. Beylikduzu - 4.06 pts
  6. Aydin - 3.3 pts
  7. Karayollari - 2.5 pts
  8. Halkbank - 2.08 pts
  9. Besiktas - 1.46 pts
  10. Nilufer - 1.46 pts
  11. Çanakkale - 0.46 pts
  12. THY - 0.3 pts

Comentários

  1. To Fly, você cita no começo que o Campeonato Turco é um dos três melhores do mundo, sei que o italiano pra vocês, assim como pra mim, é o melhor. Qual seria o terceiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha amigo, tive a mesma dúvida, creio que o brasileiro seja mais forte que o chinês e japonês, já em relação ao russo, lá tem bons nomes também...

      Excluir
    2. Pra mim, o turco seguido do italiano e do brasileiro. Gente, qual a expectativa de vocês para a Superliga feminina? Acho que teremos um campeonato incrível e com ótimos nomes do cenário mundial. Koshe, Hooker, Fawcett, Diouf...sem contar com as brasileiras.

      Excluir
    3. 1. Italiano;
      2. Turco;
      3. Brasileiro;
      4. Chinês;
      5. Russo.

      Excluir
    4. Perdão:

      1. Italiano;
      2. Turco;
      3. Brasileiro;
      4. Chinês;
      5. Japonês*;
      6. Russo.

      Excluir
    5. Hmm... É complicado.

      Eu não tenho dúvida nenhuma de que o Italiano é o melhor, uma vez que ele não só tem times poderosos a nível mundial como é muito equilibrado e você pode pegar 6, 7 times com capacidade de ser campeão.

      O Turco tem 4 timaços e pelo menos 2 capazes de bater de frente com qualquer time no mundo. Mas os demais times, salvando um ou dois, são muito fracos. O Turco se enfraqueceu muito com a desistência do Bursa e a redução brusca de investimento do Halkbank. Grandes nomes da Turquia foram para a Itália principalmente, espirrando na China (Rabadzhieva), Rússia (Maja) e até no Brasil (Kosheleva).

      O Brasileiro tem Sesc, Minas, Praia e Bauru como favoritos, Osasco vem um pouco atrás. Mas o nível dos demais times como Fluminense, Pinheiros e Barueri é muito bom!

      Então, na minha opinião são: 1. Italiano, 2. Brasileiro, 3. Turco.

      Daí em diante temos Chinês, Alemão, Polonês, Francês, Japonês...

      Excluir
    6. Esqueci do Russo! Hahahaha. Antes do chinês, talvez.

      Excluir
    7. Turco, Italiano, Chinês e Russo, na minha opinião o Brasil caiu muito de nível.

      Excluir
  2. Minha expectativa é sempre boa com relação à nossa superliga. Seria leviano comparar nossa superliga com a de países europeu considerando aspectos econômicos e sociais. E mesmo frente a essa bagunça que é nosso país conseguimos ter sempre uma superliga dentre as melhores do mundo. Poderia ser melhor, mas boto fé em uma boa superliga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hmm... Olha, vou discordar de você haha. A Alemanha é um país de primeiro mundo e não fica nem no top 3 das ligas europeias. Tudo depende do investimento e lá é bem menor. O Japão é outro exemplo, não importa o quanto invistam, o material humano é mais complicado, tem baixa estatura, menos força...

      Agora veja uma exceção: a Sérvia. O investimento em uma liga nacional é mínimo e elas ainda revelam nomes como Boskovic, Ognjenovic, Rasic e Mihajlovic que estão entre as melhores do mundo em suas posições.

      O Brasil é um país complicado, para várias modalidades inclusive. Mas o voleibol é uma das que têm maior investimento por aqui e um patrocinador fiel há anos. A Itália perdeu a Kinder, a Turquia perdeu o Vakifbank, o Banco do Brasil segue com a CBV. Então, bem, há investimento!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Banco do Brasil realmente há muitos anos com o vôlei brasileiro, tenho certeza que é um pouco de rivalidade com o Itaú que já patrocina a seleção brasileira de futebol há um bom tempo, inclusive já ouve alguns babados e comentários entre eles, e depois que a Caixa entrou como patrocinadora de quase todos os times que participaram dos brasileiros séries A, B e C, acho que faz com que o BB permaneça mais uns anos com a CBV

      Excluir
  3. Ouvi dizer que a Zhu passa por alguns problemas psicológicos desde a Liga das nações, as vezes campeonato atrás de campeonato pode deixa a pessoa coma cabeça perturbada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei que fosse por problemas físicos que ela aparentou ter no Mundial

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3