Clássicos, poucas surpresas e oposta com 36 pts: o 1º dia do Mundial

O primeiro dia do Mundial teve poucas surpresas. Camarões e Quênia foram os únicos a surpreender na estreia. No demais, se não esperado, nenhum resultado foi impossível. 

Vale o destaque para o clássico asiático entre Tailândia e Coreia. A Tailândia é mesmo uma caixinha de surpresas e teve uma oposta de 20 anos, Kokram, como a dona de 25 pontos hoje. Kokram superou inclusive a adversária Kim, com 23 pontos. 

Kokram ataca contra o duplo de Park e SJ Kim (Foto: FIVB)

Outro clássico, esse europeu, colocou duas gigantes da saída europeia frente a frente: Sloetjes x Lippmann. Mas a holandesa foi superior e bateu o recorde da pontuação no dia com 36 pontos, com a Holanda vencendo a Alemanha por 3 sets a 1 com bastante dificuldade. Negativo para a Holanda é que o restante do time foi muito mal no ataque e a Alemanha inclusive pontuou mais no fundamento.

Holandesas venceram primeira partida (Foto: FIVB)

O Brasil estreou bem, com Fernanda Garay comandando a vitória por 3 sets a 0 e Porto Rico fazendo um jogo muito ruim . Uma curiosidade é que Natália entrou em quadra pela primeira vez no ano da seleção!

Fernanda Garay ataca contra simples (Foto: FIVB)


As atuais campeãs encontraram Rahimova em chamas pelo Azerbaijão, com um poder ofensivo que as estadunidenses nem sonham em ter sem Bartsch (que ficou no banco). Mas se nos EUA faltou atitude de Murphy (um dia normal), o grupo compensou e venceu por 3 a 0.

Kulan ataca contra duplo americano (Foto: FIVB)

A China jogou com o time titular e também teve Zhang pela primeira vez no ano em quadra! E a ponteira começou como titular, mas foi poupada a partir do segundo set, fazendo bons 9 pontos. Uma curiosidade é que Yuan e Zhu dividiram as maiores pontuações com 16 pontos cada - Yuan fez 7 pontos de bloqueio. 

Nos outros jogos, 3 a 0 esperados. Com a seleção titular e sem nenhum problema, a Itália passou pela Bulgária com superioridade no ataque e um baixo índice de erros. Egonu e Sylla comandaram o ataque. Já a Rússia atropelou Trininad sem dificuldades, com destaque para Goncharova

Com Karakasheva e Ruseva na frente, Egonu escapa pela paralalela (Foto: FIVB)

Mantendo os placares sem perder sets, a Sérvia não teve muitos problemas para vencer a República Dominicana. Totalmente recuperada, Mihajlovic comandou a vitória com 22 pontos. A Turquia bateu o Canadá com Ercan como maior pontuadora, o que é raro, já que a ponteira é tipicamente de preparação. Fechando a lista, o Japão bateu a Argentina diante de mais de 8500 torcedores, alcançando sua primeira vitória em casa. 

Primeiro jogo oficial depois da volta, Ognjenovic viu a Sérvia vencer fácil (Foto: FIVB)

Mundial 2018 - Dia 1

Tailândia 3 x 2 Coreia do Sul (18-25, 25-22, 25-19, 13-25, 15-11)
MP: Kokram (25), Sittirak (18) | Kim (23), Park (18)

Holanda 3 x 1 Alemanha (25-22, 21-25, 22-25, 30-32)
MP: Sloetjes (36), Belien (13) | Lippmann (24), Brinker (18)

Brasil 3 x 0 Porto Rico (27-25, 25-12, 25-7)
MP: Garay (13), Tandara (11) | Reyes, Enright (7)

Estados Unidos 3 x 0 Azerbaijão (29-27, 25-21, 25-21)
MP: Hill (12), Larson e Murphy (11) | Rahimova (23), Kulan (13)

China 3 x 0 Cuba (25-12, 25-23, 25-14)
MP: Yuan e Zhu (16) | Ramos (13), Montalvo (12)

Itália 3 x 0 Bulgária (25-15, 25-19, 25-22)
MP: Egonu (17), Sylla (16) | Dimitrova N. (9), Dimitrova G. e Karakasheva (8)

Rússia 3 x 0 Trinidad e Tobago (25-21, 25-11, 25-12)
MP: Goncharova (13), Ilchenko (10) | Thompson (11), Esdelle (9)

Sérvia 3 x 0 R. Dominicana (25-17, 25-20, 25-22)
MP: Mihajlovic (22), Boskovic (15) | Martinez (10), De La Cruz (7)

Turquia 3 x 0 Canadá (25-18, 25-13, 25-15)
MP: Ercan (14), Erdem e Boz (13) | Van Ryk (12), Gray (9)

Japão 3 x 0 Argentina (15-25, 13-25, 12-25)
MP: Koga (15), Shinnabe e Kurogo (10) | Rodriguez (7), Sosa e Fernandez (6)

Camarões 3 x 1 México (17-25, 25-23, 25-16, 25-21)
MP: Bassoko (21), Nana (15) | Rangel (20), Bricio (18)

Quênia 3 x 0 Cazaquistão (25-23, 25-22, 25-21)
MP: Moim (28), Mukuvilani (11) | Anarkulova (13), Zhdanova (9)

Seyma Ercan foi o destaque da Turquia (Foto: FIVB)

Comentários

  1. "O Brasil estreou com Porto Rico fazendo um jogo muito ruim..." Você quis dizer bom, né Gustavo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou confuso, mas acho que ele quis dizer que Porto Rico é que fez um jogo ruim.

      Excluir
  2. Mihajlovic nem parece que voltou de lesão, está atacando muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, isso me surpreendeu muito, até parece que esta c mais potência no ataque... Gostei do jogo da Thailandia, que hoje (domingo) dificultou o jogo da Russia que pelo que tudo indica terá um triste fim nesse Mundial, time péssimo.. Goncharova parece desmotivada... Muitoo Zzzz esses jogos no Japão, além do horário, todos os jogos, com o excessao quando o time da casa joga, os estádios estao praticamente vazios.

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Obrigado por comentarem aqui, mas peço que vocês façam isso com respeito para mantermos um nível de discussão agradável. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. É um prazer voar com vocês! ;)