Em jogo ruim nas pontas, Minas sofre para vencer Volero; Praia passa com facilidade por Chonburi

O Mundial de Clubes começou bem para os dois times brasileiros, tanto Minas quanto Praia venceram na estreia. O Minas, porém, com mais dificuldade. As atuais campeãs sul-americanas sofreram para bater o Volero Le Cannet por 3 sets a 2 (17-25, 25-20, 25-16, 17-25, 16-14). Uma partida cheia de altos e baixos e com nível técnico que deixou a desejar. O Minas sofreu muito no passe e teve maus momentos de todas as suas jogadoras. Partida muito ruim principalmente de Gabi, dona de 8 pontos em cinco sets, com apenas 25% de aproveitamento em ataques. Natália não ficou atrás, fez 12, 27% de aproveitamento. Bruna foi a melhor jogadora de extrema do Minas na partida com 17 pontos, 36% de aproveitamento em ataques.

Hasanova pega Natália no bloqueio (Foto: FIVB)


Todas as três atacantes de ponta sofreram principalmente com o muro pesado do Volero: foram 21 pontos contra 12 do Minas. 7 deles do paredão russo Angelina Lazarenko, que fez um grande partida hoje, justificando a aposta do Volero em sua juventude. Falando em juventude, foi a cubaninha Heidy Casanova que chamou os holofotes para si, comandando a virada de bola do Volero Le Cannet. Efetivada como oposta, escanteou Ana Bjelica para a entrada, forçando a sérvia a compor a recepção. Casanova fez 25 pontos, maior pontuadora do jogo. Ressalto o bom jogo da levantadora Eva Mori.

(Foto: FIVB)

Mas no tie-break, o Minas mostrou que era mais time - mas admito que foi por pouco. As brasileiras chegaram a abrir 14-11 no set final e em uma sucessão de falhas permitiram que o Volero empatasse a parcial, 14-14. Mas o Minas tem uma arma muito efetiva, que mesmo marcada fez 14 pontos de ataque, somando 19 no total: Carol Gattaz. A china atrás de Gattaz é tão mortal que Macris deslocou Bruna da saída para que Gattaz batesse a china e fizesse 15-14. Sim, a bola de segurança de Macris é uma central. Em um contra-ataque de Bruna, o Minas fechou o jogo.

(Foto: FIVB)

Se o Minas sofreu na estreia, o Praia Clube nadou em águas rasas... O time de Uberlândia bateu o Supreme Chonburi por 3 sets a 0 (25-22, 25-16, 25-14) sem qualquer dificuldade. Carol e Fernanda Garay foram as maiores pontuadoras do jogo com 13 pontos e Michelle manteve a titularidade no lugar de Rosamaria (mas nenhuma surpresa nisso). Pelo Chonburi, Pleumjit Thinkaow jogou como oposta nos dois primeiros sets, mas não adiantou muito. Voltou como central no terceiro e foi pior ainda, mas foi a maior pontuadora do time tailandês com 12.

O próximo adversário do Praia Clube será o frágil Altay de Mammadova, enquanto o Minas tem o desafio de enfrentar a nova formação do Zhejiang com Yanhan Liu e mais três jogadoras emprestadas.

Mundial de Clubes - 1ª Rodada

Minas Tênis Clube 3 x 2 Volero Le Cannet (17-25, 25-20, 25-16, 17-25, 16-14)
MP: Carol Gattaz (19), Bruna (17) | Casanova (25), Lazarenko (14)

Dentil Praia Clube 3 x 0 Supreme Chonburi (25-22, 25-16, 25-14) 
MP: Carol e Fernanda Garay (13) | Thinkaow (12), Apinyapong (9)

Praia passou com facilidade pelo Chonburi (Foto: FIVB)

Comentários

  1. Que sufoco! Que jogo complicado, esqueceram Gabi lá em Belo Horizonte Macris quase marcou mais ponto que ela graças a ingenuidade do Le Canet por ter muitas jogadoras jovem, qualquer outro time no mundo após levar um ou dois pontos de segunda, fica em alerta e marca cerrado a levantadora, porém Macris marcou 4 ou 5 livremente sem nenhuma não pela frente, como errou o Minas misericórdia, eu já estava em prantos pensando que não ia dá, e se houvesse uma surpresa francesa eu tinha certeza que a classificação já era. Fico pensando como os clubes do Brasil podem ser tão parados e não ir atrás desses talentos, cara Casanova uma jogadora de 1998 jogando demais, que braço pesado colocou Bruna no bolso, quem é Ângela Leyva perto de casa nova? Amei essa menina, patriota da diva Melissa Vargas que é outro fenômeno. Fiquei com pena da Bijelica deslocada para a entrada tendo que ceder sua posição, ainda bem que ela não parece ligar muito pra isso, mais creio que ela já pode substituir a Bianka Büsa na seleção, já que a a Sérvia não precisa de oposta reserva, ela consegue segurar melhor o passe e ainda é um 5% mais efetiva no ataque kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jogo muito ruim da Gabi... Na minha opinião foi mais um jogo ruim do Minas do que um bom do Volero.

      É mais fácil para o Volero e para a SB Community conseguir uma jogadora cubana novinha. Não sei pq eles tem 'portas abertas', pode ser questão financeira. Mas veja, a Matienzo, por exemplo, deixou Cuba numa semana e já estava fechando contrato na outra. Curioso...

      Bjelica melhor que a Busa hahaha

      Excluir
  2. Pra mim foi uma surpresa Ana Bjelica passando, e não é que ela passa bem melhor que a Kosheleva, por exemplo!
    Macris foi o nome do jogo, bolas de segunda e jogadas rápidas com as centrais para driblar o altíssimo bloqueio do Volero! Macris craque de bola está de parabéns e Carol Gattaz vem sendo a melhor atacante da Superliga brasileira, essa dupla é fera!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. O pessoal comenta muito sobre a grande fase que vive a Carol Gattaz, mas esquecem que parte disso é mérito da Macris!!!

      Excluir
    2. Vejo pelo menos 50% como mérito da Macris. Aliás, posso enumerar jogadoras de baixa evidência no ataque que a Macris acelerou o jogo e fez se destacarem: Andreia, Amanda, Vivian, Ellen, Gattaz e até a própria Bruna.

      Excluir
    3. Acho até que o trampolim e a decaida que Amanda teve é o fator Macris, depois que saíram do Brasília, Amanda está penando

      Excluir
  3. Bjelica parece ser um amorzinho, mas é muito fraca no ataque, deveria mudar pra ponteira, Paula Borgo também deveria mudar de posição. Incrível como sofremos com a falta de opostas e ponteiras exímias atacantes.

    ResponderExcluir
  4. Minas levou tanto toco, que parecia time nipo-tailandês. Natália e Bruno eternas promessas, reis da pipoca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biba osasquense invejosa e recalcada detected!

      Excluir
  5. Casanova é cubana? Melissa Vargas jogam pelo Volero?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As duas são cubanas e Vargas joga no Fener da Turquia.

      Excluir
  6. Alguém sabe a altura da Eva Mori? Parece uma central levantando. Muito talentosa ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incríveis 1m86. Nunca tinha atentado pra isso, mas eu sempre perco "onde ela tá". É muito difícil passar pela Mori na paralela õ_õ

      Excluir
  7. Sinceramente não sei se o Minas passa pelo Zhejiang amanhã, e olhe que a China mandou um dos clubes medianos da liga, imagine se tivesse mandado um dos clubes fortes da liga chinesa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zhejiang é fraquíssimo, fez um jogo pessimo como o Vakif hoje, quando as jogadoras não eram bloqueadas eram amortecidas, Minas estava nervoso hoje, amanhã vai ser jogo fácil

      Excluir
    2. Biba osasquense invejosa e recalcada detected!

      Excluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3