Sem desculpas e em virada incrível, Estados Unidos é campeão da Copa Pan 2018

Quando os EUA entram em uma competição são favoritos. Independente do time que levem, estarão pelo menos brigando pelas melhores posições. E não foi diferente na Copa Pan-Americana. É verdade que duas seleções entraram prejudicadas neste torneio, EUA e Brasil tiveram pouco tempo de treino e quase que nenhum preparo com suas seleções B. Dentre as titulares, três nunca haviam vestido a camisa norte-americana: Lee, Ogbogu e Washington. Mas vamos ao jogo!

Estados Unidos comemora o título (Foto: Norceca)


A República Dominicana assumiu o status de favorita depois da derrota com autoridade sobre o Brasil por 3 a 0. A RDOM tinha certa "obrigação" no torneio mesmo, estava com sua seleção titular, reforçada por nomes como De La Cruz, Castillo, Rivera. E chegou lá, com a mesma autoridade de quem eliminou um grande rival na semi. As dominicanas aliaram um ótimo sistema defensivo a uma boa velocidade de ataque, comandada pela potência de Martinez na entrada de rede. Apesar de ter começado mal na saída com Mambru (oposta pouco eficiente há anos na RDOM, cuja insistência não me parece viável), teve uma boa entrada de Gonzalez ainda no primeiro set. Com Lee falhando do outro lado, passe muito ruim, os EUA pareciam perdidos e dispostos a tomarem um 3 a 0. Mas a reação veio e começou no meio do terceiro set.

RDOM começou melhor e abriu 2 a 0 na partida (Foto: Norceca)


Para começar, que atuação maravilhosa da oposta Aiyana Whitney. Posso afirmar sem dúvidas que esta final coloca Whitney, que começou como reserva de Rivers nesse time, de volta à briga com Murphy, Drews (essa quase fora do páreo) e Lowe por uma vaga no Mundial. A oposta fez 27 pontos - e nós sabemos como é raríssimo vermos uma oposta americana passando dos 20 pontos. Whitney foi a bola de definição, alinhada ao melhor fundamento desse time americano: o bloqueio. Que paredão incrível! Kiraly vai ter uma dor de cabeça enorme para definir suas quatro centrais, mesmo porque Ogbogu é uma das suas melhores jogadoras do momento. A central fez 21 pontos na partida, 7 deles comandando os 17 dos EUA. Washington não fica por trás, fez 5 de bloqueio, 14 no total. 

Aiyana Whitney teve aduação decisiva na vitória americana (Foto: Norceca)


Mas a vitória veio principalmente pelas mãos de uma jogadora: a levantadora Lauren Carlini. Com uma recepção mais estável, a levantadora até saiu de seu padrão, colocando as centrais no jogo. Carlini é mais nova do que a média das levantadoras americanas, está em evolução. Algo que explica a insistência americana na jogadora é a precisão de seus levantamentos: vocês já repararam? Embora não tenha um toque tão bonito, desloca com facilidade e inverte sem muitos problemas, algo muito usual para o passe B norte-americano (de Bartsch, por exemplo). Grande torneio de Lauren, aliado à duas centrais promissoras e poderosas, além de Whitney voando.

Lauren Carlini foi decisiva para a mudança do jogo americano (Foto: Norceca)


Na RDOM, alguém me explica: Rivera na saída em pleno tie-break? Poxa, Kwiek! E pior ainda, a experiente De La Cruz entrou só para cometer erros, saiu zerada, mas fez 4 pontos para as americanas, das 6 bolas que recebeu. Algo positivo para a RDOM é que há tempos elas não faziam partidas tão boas, mas muito tem que ser melhorado. Que tal uma chance para a boa levantadora Dominguez? Que tal apostar em outras centrais? É só um pedido.

Fato é que os EUA superaram o número maior de jogos, a falta de entrosamento, a ausência de "líderes" da seleção, a eufórica torcida local e sagraram-se merecidamente campeãs da Copa Pan-Americana 2018.

Carlini recebe premiação {olha papai Marte feliz, gente} (Foto: Norceca)


Na disputa do bronze, o Canadá anulou o Brasil por 3 sets a 0. Ninguém jogou bem, incluindo as olímpicas Dani Lins e Thaísa. Na disputa pelo quinto lugar, o valente Rizzola levou sua seleção ao 5º lugar, conquistando a última vaga do torneio para o Pan 2019. Assim, o Pan já tem seis confirmações: EUA, Rep. Dom., Canadá, Brasil e a sede Peru.

Copa Pan-Americana - Final 

MP: Whitney (27), Ogbogu (21) | Martinez (21), Gonzalez (16)

Classificação Final
  1. Estados Unidos
  2. República Dominicana
  3. Canadá
  4. Brasil
  5. Colômbia
  6. Porto Rico
  7. Cuba
  8. Peru
  9. Argentina
  10. México
  11. Trinidad e Tobago
  12. Costa Rica

Premiações Individuais

MVP e Melhor Levantadora: Lauren Carlini (EUA)
Melhor Oposta e Maior Pontuadora: Kristle Esdelle (TTO)
Melhor Defensora, Melhor Passadora e Melhor Líbero: Brenda Castillo (RDO)
Melhor Central: Chiaka Ogbogu (EUA)
2ª Melhor Central: Melissa Rangel (COL)
Melhor Ponteira: Brayelin Martinez (RDO)

2ª Melhor Ponteira: Elina Rodriguez (ARG)
Melhor Sacadora: Kiera Van Ryk (CAN)

Melhores do Campeonato (Foto: Norceca)

Comentários

  1. Já esperava a reação das americanas! A mesma Carlini que no italiano esqueceu as centrais do Scandicci, evoluiu e colocou Ogbogu e Washington pra jogar. Acho que Ogbogu tem condições de ameaçar a vaga de Gibmeyer na seleção! Quem brilhou mesmo foi a Whitney, do jeito que a seleção dos EUA está, eu cortaria Murphy e Drews e levava Bartsch e Whitney que fez uma excelente copa Panamericana!
    Gostei da Esdelle, algum time da SL deveria contratar, muito boa a oposta de Trinidad e Tobago.
    Colômbia vem crescendo a passos largos, Rizola tá no caminho certo pra levar as colombianas longe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gibb > Dixon e Adams

      Excluir
    2. Gibbemeyer errou ao assinar com o Ecz. Vai bancar a maior parte da próxima temporada assim como aconteceu com a Adams. O resultado disso foi a Rachael sendo reserva da Dixon na fase final da VNL hahaha.

      Excluir
  2. Kiraly deve insistir com a Murphy (como sempre e sem uma explicação plausível) e dar uma nova chance pra Lowe no Mundial. Com ele não tem essa de ficar muito tempo sem jogar, é só ver a Murphy começando as partidas como titular desde o início da VNL mesmo afastada das quadras por um ano por causa dos estudos. Whitney foi bem nesse jogo, mas a Copa Pan não serve de parâmetro pro Mundial considerando a diferença absurda entre essas duas competições. A mediana da Drews estava com a vida muito fácil na seleção do US e deve rodar em breve. E aquela Rivers não tem absolutamente nada demais, até a Bruna Honório foi melhor que ela hahaha

    Ogbogu foi muito bem e a Washington teve uma boa atuação nesse torneio, mas acho difícil o Karch se desfazer de Adams, Dixon ou Gibbemeyer neste ciclo olímpico. Eu não vejo nada demais nessas três middle blockers, mas acredito que a Ogbogu terá chances reais na seleção principal do US só depois de Tokyo 2020.

    Carlini foi bem tbm, mas no Savino deixou a desejar só empinando mil bolas pra Haak. O grande teste dela vai ser agora no Novara. Ela disputa a vaga de segunda levantadora do US com a Hancock que eu acho que continuará no Monza. Só o tempo e o desempenho de cada uma nas competições vai definir qual será a reserva da Lloyd daqui a dois anos no Japão.

    Sobre a República Dominicana não tem muito o que falar além das mesmas coisas de sempre. Em casa, com o time principal completo, vencendo a final por 2 a 0 e consegue a façanha de perder pro time B do US hahaha É muita incompetência. De la Cruz tá em fim de carreira, aquela lesão no ombro fez ela cair muito de produção. Eu colocaria a Brayelin como oposta já que não passa bem e é a melhor e mais alta atacante na equipe. Não entendo essa insistência com ela sendo ponteira. E essa equipe não vai pra frente no cenário internacional enquanto o Kwiek for o técnico.

    Sobre o Brasil, o Voloch disse hoje que o COB bancou a participação do time na Copa Pan pq a CBV tá atolada em dívidas. Até o tempo de treinamento foi prejudicado por causa disso já que as atletas estavam treinando apenas desde o mês passado. O US, por exemplo, começou os preparativos desde o começo de maio. Deveria ser assim aqui tbm já que a Superliga acabou no final de abril. Dani Lins vai ter que trabalhar demais para voltar a ter um bom ritmo de jogo se quiser ir ao Mundial. Bruna Honório e Monique não merecem ser a reserva da Tandara. Acho que o ZRG vai ter que apelar pra Rosa mesmo como segunda oposta. Levar a Thaisa pro Japão longe da forma física ideal vai ser ruim para a equipe e para a própria jogadora. E a Tássia não é jogadora de seleção.

    Após conquistar o bronze, a capitã do Canadá acha que o time pode vencer qualquer um no mundo hahaha. Mal sabe a pedreira que vai encarar já na primeira fase do Mundial ao cair no grupo B.

    Eu fiquei bem feliz pela Colômbia ter conquistado a 5ª vaga no Pan 2019. As colombianas estão se firmando como a 2ª força do vôlei feminino sul-americano e isso é bom para o Brasil que ganha mais competição nos campeonatos da CSV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkkkkk. Onde é que a mulher acha que o Canadá vai passar no Mundial? Sonhar mais um sonho impossível!

      To doido pro Mundial e a temporada de clubes começar, SL BRASILEIRA promete o equilíbrio! Mas os 8 dos play offs já estão praticamente definidos, a não ser que Clarisse e Payne faça Pinheiros voar, ou Renatinha e as centrais carreguem Brasília nas costas.

      Liga Italiana, quem promete é o Novara! Bartsch,Egonu,Plak,Piccinini,Chirichella e CIA.

      No turco, VAKIF sem chances. Eczacibasi tem O TIME! Kim + Bosko + Larson!
      Só não entendi Maja Ognjenović na Rússia!

      No Mundial favorito mesmo é EUA e Sérvia. Turquia não vai passar em seu grupo, naquele grupo não tem resultado na sorte!

      Adams e Tetori são boas, mas nunca entendi a Gibmeyer, fez aqueles bloqueios em cima da Monique e acha que já pode bloquear Bosko ou Egonu!
      Itália tbm chega muito forte, ainda mais por causa da PIETRINI, que tá prometendo colocar as italianas no topo! Brasil só leva se Natália voltar bem e Carol for titular, pq Bia não dá!

      Colômbia tá crescendo, pena conquistado a vaga na VNL!

      Kiraly tem que largar a Murphy, pq ela é mais erro de oposta do que Andreia!

      Excluir
    2. Vai no site da NORCECA e clica na matéria "Canada wins second medal ever at Pan Am Cup". Dá pra ler em inglês ou espanhol. A Megan Cyr falou isso: "I am excited after this huge victory achieved with confidence and energy. It was a team effort and I think we can beat anyone in the world. This victory is a confidence builder." KKKKKK Iludida. Disputar a 1ª fase do Mundial contra China, Itália, Turquia, Bulgária e Cuba vai trazê-la de volta pra realidade.

      E realmente tá na hora do Ecz acabar com a hegemonia de títulos do Vakif.

      A Sérvia tá com um problema grave de ponteiras, não sei nem se a Brankica volta a tempo e com bom ritmo de jogo pro Mundial.

      "mas nunca entendi a Gibmeyer, fez aqueles bloqueios em cima da Monique e acha que já pode bloquear Bosko ou Egonu!" Sim!!! Ela grita mais depois dos pontos que faz do que realmente joga. Acho ela super mediana.

      Pietrini é uma boa, jovem e promissora atleta, mas se o Mazzanti insistir nela em uma das pontas os adversários não vão ter dúvidas em caçá-la no saque. E ela ainda não tem consistência na recepção, assim como a Sylla.

      A diferença que fez a Bulgária conquistar a vaga na VNL do ano que vem contra a Colômbia foram os bloqueios. Espero que as colombianas continuem evoluindo para chegar à elite da Liga em 2020.

      E eu nunca vou entender as costas quentes que a Murphy tem com o Kiraly.

      Excluir
    3. A entrevista da canadense! kkkkkkkkkkkkkkkk. Parece que ela tomou uma pancada na cabeça e esqueceu que tem China e Italia no grupo!

      Pra mim o erro da Colômbia foi apostar na Amanda Coneo que estava enfrentando demais o bloqueio com 1,78 de altura!
      Tô doido pra ver o que Maria Marin vai aprontar na SL,
      jeito que ela levanta, incomoda muitas na premiação de levantadora! Macris,Dani,Fabiola e Claudinha que se cuidem!

      Pietrini pra jogar, só com Bosetti em quadra! Malinov das jovens é a mais promissora! O viagem dela é lindo!

      Sérvia ficava boa se a Milenkovic passasse mais! Mas a piorzinha ali é a Busa! Ponteira que não ataca e quina muito!

      Se o Kiraly leva Bartsch e Whitney, ele consegue levar Madison Kingdom e a Simone Lee. Murphy é canhota, mas sem explosão no ataque! É um caso perdido, mas Kiraly ama canhotas! kkkkkkkkkkkkkkkk vai entender!

      Excluir
    4. As mais promissas jogadoras da Colômbia são a levantadora e a oposta que, por sinal, jogarão no Sanca na próxima Superliga tbm comandadas pelo Rizola.

      As ponteiras da Itália no Mundial deverão ser Lucia Bosetti e Sylla. Caterina deve voltar só pra temporada de clubes.

      Milenkovic foi super mal do Final Six da VNL, o time sérvio parecia a seleção russa só empinando bolas altíssimas pra Bosko se virar no ataque.

      E o fetiche do Kiraly por opostas medianas e canhotas é inexplicável hahaha. Junta todas e não dá uma Tandara.

      Excluir
    5. Kiraly é meio louco mesmo kkkkkk! Se não dá Tandara, não dá nem meia Amanda!

      Depois que Março Bonitta saiu da Itália, o time cresceu e tá aí! Egonu é a 3 melhor oposta atualmente, só perde pra Bosko e Tandara, pq é um pouquinho inconstante!
      Doido pra ver Malinov no Scandicci!

      Sylla tem uma impulsão incrível! É igual a Thaisinha!

      Enquanto Colômbia cresce, Peru regride e os loucos na Live no YouTube falando que Peru ensinou Brasil jogar, Peru é potência e ficam se gabando pros argentinos daquelas medalhinhas de prata! Kkkkkkkkkkkkkkkk. É RIDICULO!

      Excluir
    6. Junta uma Amanda, uma Rosamaria e uma Drussyla e não dá uma Bartsch!

      Excluir
    7. Torcendo pra Garay voltar pro Mundial, a Amanda ser cortada e Bruna ressurgir das cinzas kkkk. Pq depender de Rosamaria é difícil!
      Se juntar uma Milenkovic,Busa e Malesevic não dá nem meia Garay.

      Esse ano Zhu tá apagada! Brasil anulou ela fácil, quero ver se Lang Ping escondedora de jogo, vai colocar a Li Yingying pra jogar só que de oposta!

      Excluir
    8. Sérvia favorita??? Piada né, é um time de pipoqueiras isso sim... Mihajlovic e Boskovic sempre cagam na hora H!

      Excluir
    9. "Esse ano Zhu tá apagada". Se ela apagada já conseguiu tirar o bronze das brasileiras, imagina ela inspirada hahahahaha

      Excluir
    10. Fato que o time brasileiro, se abalou muito depois da derrota da semifinal! Zhu? Coitada, mil bolas pra ela pq a Gong é meio lerda e a Liu vive de meia batida!
      Mihajlović pipoqueira? Aham Cláudia, senta lá!

      Excluir
    11. "Enquanto Colômbia cresce, Peru regride e os loucos na Live no YouTube falando que Peru ensinou Brasil jogar, Peru é potência e ficam se gabando pros argentinos daquelas medalhinhas de prata! Kkkkkkkkkkkkkkkk. É RIDICULO!"

      KKKKKK Sim! Os peruanos odeiam a gente pq temos dois ouros olímpicos recentes e eles têm uma prata de 1988 hahaha. Chega a dar pena dos coitados pq são iludidos demais.

      Excluir
    12. "Junta uma Amanda, uma Rosamaria e uma Drussyla e não dá uma Bartsch!"

      Junta a chicleteira da Larson, Hill, Robinson, Bartsch, Wilhite, Kingdon, Lee, Anae etc e não dá uma Garay, brasileira campeã olímpica!

      Excluir
    13. "Torcendo pra Garay voltar pro Mundial, a Amanda ser cortada e Bruna ressurgir das cinzas kkkk. Pq depender de Rosamaria é difícil!"

      Vai no insta da Garay e veja a campanha que está acontecendo para ela voltar pra seleção. Até a Fabizona e Sheilla aderiram ao #VoltaGaray <3 A Fê voltando e a Amanda cortada seria o ideal mesmo.

      Bruna e Monique são jogadoras de Superliga. Acho que o Zé vai ter que apelar pra Rosa como segunda oposta mesmo \:

      "Se juntar uma Milenkovic,Busa e Malesevic não dá nem meia Garay." Essas não dão nem 1/4 da Fê KKKKKK

      Excluir
    14. Gong é bem mediana. Não entendo até hoje pq a Lang Ping convocou ela pra Rio 2016 e cortou a Zeng que é bem melhor.

      Excluir
    15. Meu amor Larson é rainha!! Campeã Mundial beijos

      Excluir
    16. Hill MVP e Campeã Mundial beijos

      Excluir
    17. Garay com o seu ouro olímpico faz a Larson engolir o chiclete fácil fácil. E a farsante da Hill não merece nem ser comparada com a Fê bjs.

      Excluir
  3. E tem gente que ainda tem a cara de pau de defender esse "SEM NOÇÃO" do KWIEK??? Mais uma vez o Kwiek bagunçando o time da República Dominicana, da mesma forma que bagunçou o Bauru fazendo suas kgadas!
    A República Dominicana completíssima, com jogadoras rodadas e com larga experiência internacional, jogando em casa, nada, nada e morre na praia? Culpa do incompetente do Kwiek, que mais uma vez estragou o time o bagunçando taticamente! É vexame enorme o time experiente da República Dominicana perder para as Universitárias dos EUA!
    Esse Kwiek é um corta tesão do caramba, sempre joga uma ducha de água fria quando as dominicanas estão na iminência de ganhar alguma coisa, o Kwiek trata
    de estragar tudo!

    ResponderExcluir
  4. Alguns falam de renovação,mas renovar com quem se nossa seleção SUB18 tá perdendo set de 25x09 p/o PERU?O fato é q a juventude brasileira não quer mais saber de treinar vôlei!O vôlei sumiu da TV aberta e a luta é muito mais transmitida na TV do que vôlei!Depois do futebol,as lutas são muito mais exibidas do q vôlei na TV,temos até um canal só de lutas:COMBATE!Vejo no esporte comunitário e nas Vilas Olimpicas mais jovens praticando Muay Thai,Boxe,Tae Kwon do,Karatê e Judô do q vôlei,as turmas de vôlei estão c/pouca procura,e dependendo do horário,nem forma turma!Já as turmas de Lutas estão lotadas e têm até lista de espera!Ou seja,nossa BASE está ruim,a juventude não se interessa em treinar vôlei,a TV aberta não se interessa em transmitir vôlei e com isso só piora a situação de renovação no vôlei!Muitos pedem renovação,mas para haver renovação temos q ter boa qualidade de quem vem da base e isso nós não temos atualmente!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Saiu a lista do SUL AMERICANO SUB 20. Jogadoras com mais de 1,90 e 1,80, só duas anãs de 1,78 e 1,79 fora as levantadoras! E ainda tem uma que atua nos EUA e tem 1,83! Tá bom pra vc Cláudia, tá aqui a cadeira!

      Excluir
    3. Vendo os cruzamentos da segunda fase do Mundial, Brasil tem mais que obrigação em chegar no Final Six, pois cruzará com o grupo do Japão e da Holanda.

      Excluir
  5. Vendo os cruzamentos da segunda fase do Mundial, Brasil tem mais que obrigação em chegar no Final Six, pois cruzará com o grupo do Japão e da Holanda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aham, as três vagas pra fase final entre os grupos A e D ficarão com Brasil, Sérvia e Holanda ou Japão (acho que as japonesas passam pq jogarão em casa e não dá pra confiar nas holandesas comandadas pelo previsível Morrison). Entre os grupos B e C, devem avançar pro Final Six China, Itália e US.

      Excluir
    2. Grupo C, vai ser a briga de Coreia do Sul x Azerbaijão (Rússia corre por fora!)

      Kim Yeon x Polina Rahimova e Natália Mammadova!

      Holanda e Japao
      - Grupo A
      China e Italia
      - Grupo B
      EUA e ...
      - Grupo C
      Sérvia e Brasil
      - Grupo D


      Excluir
    3. Sonheeeee que a Rússia vai vir fraca tá? Pode sonhar! A Rússia terá um dos ataques mais fortes da competição: Goncharova, Voronkova, e as centrais que podem dar muito trabalho se forem acionadas. Sou mais a Rússia que a Sérvia.
      E o Brasil sempre dando sorte de pegar times previsíveis, só assim pra passar de fase.

      Excluir
    4. Kkkkkk! Goncharova vivia de ser reserva da Gamova! Se Goncharova fosse a bonzona a Rússia não estaria em declínio!
      Rahimova manda bjs pra ela!

      Excluir
    5. "EUA e ...
      - Grupo C"

      Não duvido o Azerbaijão encerrar a 1ª fase do Mundial na frente da Rússia, mas pra isso acontecer Rahimova e Mammadova têm que jogar. Coreia do Sul e Tailândia podem incomodar tbm nesse grupo C. As russas não passam pra fase final nem entupidas de meldonium hahaha. Acho é pouco.

      Excluir
    6. "Sonheeeee que a Rússia vai vir fraca tá? Pode sonhar! A Rússia terá um dos ataques mais fortes da competição: Goncharova, Voronkova, e as centrais que podem dar muito trabalho se forem acionadas."

      Antes do ataque, vc tem que se preocupar com a linha de passe horrorosa da Rússia. Voronkova vai quinar um pouco menos que a Kosheleva. Sem recepção estável, as centrais não jogam e a Goncharova não vai ganhar os jogos sozinha.
      E o Brasil sempre dando sorte de pegar times previsíveis, só assim pra passar de fase.

      "Sou mais a Rússia que a Sérvia." KKKKKKKKKKKKKK³²¹²³

      "E o Brasil sempre dando sorte de pegar times previsíveis, só assim pra passar de fase." O Brasil tbm passaria de fase se caísse no grupo B ou no C. Ficamos no D por causa do ranking e não pelo sorteio. O desafio do Mundial começa mesmo no Final Six.

      Excluir
  6. Os EUA dando aula de como ser grande nesse esporte. Time super jovem, sem liga profissional no país (mas com jogos universitários de alto nível) e sem suas principais Estrelas. Deram o nome e destruíram.
    Não se pode dizer o mesmo do Brasil né?
    #Chicletenelas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investimento dos EUA, tá melhor. CBV ATOLADA em dívidas e ainda Voloch soltou que COB bancou a viagem da seleção! Brasil tá perdido com a CBV!

      Excluir
    2. Se eu fosse técnico, sabe o que faria? Iria implorar pra base do Praia (Claudinha, Fabizona, Wal, Garay) aceitar jogar o mundial . Seria só colocar Tandara e Gabi ou Natalia e nem precisava treinar tanto, porque já tem o entrosamento do clube .já vimos antes seleções montadas com bases de times, e as vezes dá certo... No banco, pode colocar a base do Sesc, com Roberta, Monique, Mayara, mais Adenizia, Drussila e Amanda. Poderíamos beliscar uma medalha . E depois, pensar numa renovação total .

      Excluir
  7. Nenhum brasileira ganhou prêmio. Confesso que não lembro disso.

    ResponderExcluir
  8. Goncharova totalmente descansada - nem disputou a Liga. Kosheleva evoluindo muito na recuperação - já pula. Mas os jogos no Mundial são pesados! Fortes! A libero e a levantadora Startseva de volta. A RUS é muito forte em Mundiais. Deverá ir para a fase que irá disputar vaga nas semifinais. USA;SER e CHI são as favoritas. BRA;RUS estão na cola. A outra vaga?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se a Koshe volta a tempo pro Mundial.

      "A libero e a levantadora Startseva de volta." Malova não está de volta e a Startseva caiu muito de produção depois que aparentemente parou de se entupir de meldonium. A Filishtinskaya foi melhor que ela no Kazan.

      "Deverá ir para a fase que irá disputar vaga nas semifinais. USA;SER e CHI são as favoritas. BRA;RUS estão na cola. A outra vaga?"

      KKKKKKKK Achas mesmo que a Rússia deixa China, Itália ou US fora da fase final?

      Excluir
  9. Pois é....já assistimos uma equipe tricampeã olímpica, a temida CUBA, celeiro das "morenas do Caribe", declinar no cenário mundial do vôlei feminino...ah! Antes que alguém muito "inteligente" se apresse, mas a questão política do país...SEI BEM!!!
    Contudo, é notória que as peças de reposição que se proliferam desde os anos 90, na seleção brasileira, estão escassas...
    Provavelmente, por diversas razões... inclusive, penso eu, que até mesmo o pouco valor que foi dado pela CBV aos triunfos dessas vitoriosas...
    Agora, temos uma base que não tem se destacado no cenarce internacional...continuamos com a mentalidade de que jogadoras já para lá dos "22/23" ainda são muito jovem... Enquanto vemos por aí, por exemplo, Boskovic, Zhu, Egonu, Malinov, dentre outras... assumindo lugar de decisão mundo afora!
    A questão de mentalidade, pois ver isto no esporte brasileiro como um todo...tipo NEYMAR 26 anos ("ele é jovem", "é imaturo") x MBAPPE 19 anos (campeão do mundo, gol na decisão da copa, eleito jogador revelação da copa)...
    Até quando precisaremos assistir determinados "amadorismos" e cultura "imaturidade" aos nossos atletas?!
    É jogando que se ganha experiência.... "Vai expor o atleta". Será?! Ou irá oportunizar viver experiências para amadurecer e ganhar responsabilidade?!

    Espero, sinceramente, que repensem o caminho do nosso voleibol... enquanto torcedor, continuarei o meu papel de torcer...mas, tá ficando difícil!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3