Novo ranking da CEV: justiça tardia para a Itália, queda de Polônia e Azerbaijão

A Confederação Europeia de Voleibol (CEV) divulgou na última semana o novo ranking de clubes do voleibol europeu. As posições no ranking determinam os participantes das principais competições da Europa: a Champions, a Cup e a Challenge.

Confederação Europeia de Voleibol definiu novo ranking para os torneios do Europeu (Foto: CEV)

O injusto e ultrapassado ranking

O ranking usado para a temporada 2017-2018 era arcaico e sem base da realidade. Podemos provar isso! Os quatro primeiros colocados têm direito a três vagas na Champions League - duas na fase principal e uma na fase classificatória. A Turquia liderava e isso é compreensível, justo. A Rússia vinha em segundo, o que já não era muito justo. Polônia (3º) e Azerbaijão (4º) vinham na sequência. A Polônia não conseguiu um time sequer no Final Six e o Azerbaijão desistiu de TODAS as suas três vagas.

Do 5º ao 8º colocado, eram dadas duas vagas: uma na fase principal, uma na fase classificatória. A ordem era Alemanha, Suíça, Itália e França. Em que mundo a Suíça tem clubes melhores do que a Itália??? Mesmo com as participações compradas do Volero Zurich, é injustificável a sua classificação na tabela! A Alemanha fez o mesmo que o Azerbaijão: desistiu de suas DUAS vagas.

Sendo assim, a Champions League começou com TRÊS desistências já na fase principal, dos azeris Azerrail e Lokomotiv e do alemão Schweriner. O que manda o regulamento nesse caso? Que os próximos classificados no ranking fossem convidados, ou seja, 9ª, 10º e 11º. Assim, Romênia (Alba Blaj), República Tcheca (Agel Projestov) e Sérvia (Viura Ruma) ganharam vagas. Hipoteticamente falando, eu não acredito que nem dois conseguiriam chegar à fase de grupos, passando pela fase classificatória.

Azerrail Baku desistiu de vaga na Champions para jogar a Challenge. Lomotiv recusou todos os torneios e Telekom faliu (Foto: CEV)


Para piorar a situação, o sorteio de grupos jogou os times mais fortes nos mesmos grupos, B e D, o que causou a eliminação de gigantes como Fenerbahçe e Dínamo Moscow na primeira fase. A CEV ainda deu a chance do Alba Blaj sediar o Final Four, sendo que o time nunca tinha passado da primeira fase e conseguiu isso muito por incompetência do Volero, ainda com respeito ao Alba.

Vamos voltar ao ranking e perceber que a Polônia, 3º país na classificação, não colocou NENHUM time nos playoffs. A Rússia, 2º país do ranking, teve três vagas, mas o Yenisei caiu na fase de grupos e o país teve apenas dois participantes na fase principal e só um deles chegou ao playoff. O Azerbaijão mandou seu campeão nacional para jogar a Challenge Cup, 3ª divisão do Europeu, e foi eliminado na primeira fase! A Itália, 7ª colocada, levou dois times aos playoffs, assim como a líder Turquia.

FINALMENTE, o novo ranking!

A CEV acordou, finalmente! Como ela conseguiu sustentar esse ranking por tantos anos? Uma Polônia enfraquecida, um Azerbaijão inexistente. FIPAV e LVF, órgãos máximos do voleibol italiano, discutiram por anos e até ameaçaram boicotar a CEV (já falamos disso aqui).

O novo ranking é mais justo: a Turquia lidera, a Rússia vem em segundo, a Itália em terceiro e a Alemanha em quarto. Esses quatro países terão dois representantes na fase de grupos e um representante na fase classificatória. Suíça (5º), Polônia (6º), França (7º) e Romênia (8º) terão uma vaga na fase de grupos e uma na fase classificatória. O Azerbaijão caiu de 4º a 9º colocado e só terá vaga se jogar a fase classificatória, mas mal tem time para isso.

A grande novidade é a presença da Itália com duas vagas já na fase de grupos, ainda atrás da Rússia. No próximo post sobre o assunto, explicaremos como a Itália vai lidar com essas três vagas, lembrando que apenas o Novara garantiu a sua!

Igor Volley Novara é o primeiro clube garantido dentre os 16 da fase de grupos da Champions League (Foto: CEV)


Veja o ranking da temporada:

Ranking de Clubes da CEV - Temporada 2018/2019 (Top 20)

  1. Turquia (=) 
  2. Rússia (=)
  3. Itália (+4)
  4. Alemanha (+1) 
  5. Suíça (+1)
  6. Polônia (-3)
  7. França (+1)
  8. Romênia (+1)
  9. Azerbaijão (-5)
  10. República Tcheca (=)
  11. Sérvia (=)
  12. Finlândia (+1)
  13. Grécia (+3)
  14. Bélgica (-2)
  15. Eslovênia (-1)
  16. Hungria (+3)
  17. Ucrânia (-2)
  18. Israel (-1)
  19. Bulgária (+11)
  20. Bielorrússia (=)

Comentários

  1. 1- Italia
    2- Turquia
    Sem mais...

    ResponderExcluir
  2. Esse ranking é apenas de clubes né?
    Pq se for de seleção é completamente pífio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, só de clubes! O de seleções é bem diferente.

      Excluir
  3. Até que enfim acordou a CEV! Mas ainda acho injusto Itália em 3º sendo Rússia uma Liga Fraca ''para mim''. A Liga Azerbaidjana vem decaindo cada vez mais, vi alguns jogos dessa temporada mas sem importância alguma atualmente, que pena faliram diversos times. A Liga Polonesa até hoje nunca passou de nada tbm, essa temporada até que o Chemik Police não tá reinando em tudo, perdeu nos Playoffs a Copa da Polônia, mas ainda tá em 1º na Liga Polonesa. O resto sequer assisti algum jogo. A Liga Suíça que bom que desceu pq era realmente indiscutível o nível de jogo. Queriam prejudicar a Itália com certeza, mas o destino conspira ao favor do justo, e agora veremos o que sempre desejávamos ver!

    ResponderExcluir
  4. Essa liga turca só desperta sono, tirando as grandes estrelas nada mais ali chama a atenção. É um campeonato de 3-4 times.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 4 times: GALATASARAY, FENERBACHE, ECZACIBASI e VAKIFBANK, todos da cidade: ISTAMBUL!!!

      Excluir
  5. Acho que agora o ranking está bem mais justo. Ainda que Ucrânia e Bulgária deveriam estar a frente de alguns países sem nenhuma qualidade. Agora não entendi nada ao dizerem que as participações do Volero Zurich foram compradas!?! Ele sempre foi campeão suíço então não tinha compra nenhuma para a Liga dos Campeões (mundial é outra história).

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Oi, gente!

Nós agradecemos muito por vocês comentarem aqui. Mas precisamos pedir que vocês façam isso com respeito. Ofensas pessoais à jogadoras e a outros membros não serão aceitas. Torçam à vontade, a favor e contra seleções, times e jogadoras. Mas vamos manter essa ferramenta como uma caixa apropriada e divertida para conversarmos, ok? ;)

Obrigado pela colaboração de todos, é um prazer voar com vocês! <3